segunda-feira, 27 de maio de 2019

ESPECIALMENTE






Depois de tantos dias sem aqui entrar. Vim varrer a casa. Tirar as teias aranhas e  a poeira.
Matar essa saudade de Ti. 
Hoje, especialmente hoje, foi um dia diferenciado, não por ser aniversário nosso. Este dia será sempre NOSSO! Mas porque especialmente pensei em TI. Fiz tantos planos contigo! E estou na maior expectativa de concretização dos mesmos!
Porque tu, DOM MARKA, dominador que marka minha vida, que durante todo esse tempo influenciou em minha postura de serva, me norteou em meu comportamento, levando-me a ter um amadurecimento e entendimento mais real do que realmente eu sou.
Apesar dos desencontros propostos pelos acasos da vida, ou pelos contratempos do tempo, nunca esqueça que eu, yllenah, sou e serei tua serva.
Prostro diante de ti não apenas meu corpo, mas meu eu, meu coração e minhas vontades - tudo subjugado a Ti.
E estarei  aquietando o coração do tempo para poder com alegria, resiliência e gratidão me oferecer aos teus libidinosos desejos. 
São aqueles que me deixam de cabelo arrupiados, de olhos arregalados e coração acelerado.
Porque tu tens uma química que flui de ti e me atinge de tal forma que não consigo me ver sem tu! Sem essa marka que me marka - a tua Marka, DOM MARKA!
Meu venerado senhor, meu incontestado Mestre!
Alguns alvos nessa nova data estão sendo alcançados, sim, decerto, mas tudo só faz sentido contigo! Até mesmo a matemática da vida -27; -28, cada continha é dedicada especialmente a ti e exclusivamente a nós.
Eu espero que no espaço de 20 dias tenhamos em nossa agenda um tempo para exercitar aqueles prazeres ilimitados que desejamos alcançar. Chegar aos extremos. Que tal?
Parabéns, meu Senhor adorado, meu Mestre venerado. Parabéns a nós, serva e Senhor por um dia o destino fazer cruzar nossos tão diferentes caminhos, tornando-nos tão iguais nos desejos!
Mestre, obrigada por tudo!
tua eterna serva
yllenah

terça-feira, 14 de maio de 2019

F COMME FEMME



FÊMEA QUE
FOMENTA
FELICIDADE COM  TODO
FETICHE E
FANTASIA NUMA
FODA
FORMIDÁVEL
FASCINANTE NADA
FLEUMÁTICA COM A
FUSÃO DE
FRAGMENTOS E
FRAGRÂNCIAS DE
FLUÍDOS DUMA
FONTE DE
FORNICAÇÃO
FARTA DE
FRENESI...

segunda-feira, 13 de maio de 2019

domingo, 12 de maio de 2019

D – DE...





DESAFIEI O
DESTINO  COM
DEVANEIOS CHEIOS DE
DESEJOS....
DEU
DOCE
DESCREVER A
DIMENSÃO 
DA ALEGRIA
DECORRENTE
D
DEVOÇÃO
DELICIOSA AO 
DEVOTADO MESTRE!

sábado, 11 de maio de 2019

TEMPO PARA O TEMPO

 
        Entra ano, sai ano e no mês de maio/junho é sempre a mesma correria administrativa. Falta-me tempo para o tempo. Juntando à falta do precioso tempo, aparecem as inúmeras atividades, além dos compromissos  acadêmicos.
Queria me multiplicar em algumas fêmeas. Uma para cada finalidade. Para cada momento. Para cada coisa.
Porque estou sacrificando itens importantíssimos da minha nova vida, os quais precisam de especiais cuidados. Não posso relaxar na academia, no BDSM, até no lazer – que tem ficado em segundo plano. Acabei de voltar de férias, mas já desejo novas férias! Que coisa!
E este mês, que é do meu aniversário!, queria tantas coisas. Tipo uma comemoração diferente, especial, porque também é o mês do aniversário do adorado Mestre. Ainda não sei como fazer, de repente faço algo pós niver, quando retornar da viagem do final do mês lá pro interiorzão. Serão 5 dias ‘no mato’ justamente no período do meu niver. Não gostei não. Nem um pouco. Mas há momentos em que um sacrificiozinho se faz necessário.
Eu queria mesmo era estar longe, sim, mas sob outras circunstâncias, sob outros comandos... Recebendo outros tipos de ordens...
Mas espero que até a primeira quinzena de junho tudo volte à normalidade, visto que entrarei em recesso acadêmico, pelo menos numa das faculdades. Depois vejo como tudo vai ficar. Atualizar o calendário e planejar melhor os acontecimentos.
Já imaginou se eu ganhasse na mega sena? Uauu mais de 204 milhões de reais é dinheiro pra enlouquecer e sumir do mapa. Queria tanto não. Só 20% do valor - uns 20 milhões - dava pra viver sem precisar trabalhar até ficar bem velhinha. Iria fazer muitas extravagâncias BDSM, com certeza. Participar de muitos encontros pelo Brasil e mundo afora, ver como está tudo por lá. Ir infinitas vezes ao encontro do Mestre, em qualquer parte do mundo, do país, da cidade. Fechei os olhos e viajei no desejo obscenizado pela vontade.

sábado, 4 de maio de 2019

EXTREMOS





Extremos. O que seria um extremo?  No meu entendimento seria algo forte, ativo, intenso, máximo. O máximo que se consegue chegar, alcançar. Entendo extremo como um desafio a ser percorrido e conquistado.
Meu extremo BDSM seria a concretização daquilo que meu Mestre impuser ou desafiar a mim. Obviamente que não sei tudo do mundo BDSM,  há práticas que desconheço, que nunca executei e que no entanto, de alguma forma, me deixam extremamente curiosa. Qual seria a sensação de ter uma vela próxima à pele? Sentir o calor da cera sobre a bunda no lugar de uma palmada ou cintada?
Qual seria a sensação de 2-3-4 ou 5 dedos invadindo o cu? Ou 8 dedos puxando as beiradas para os lados como se procurasse um tesouro escondido?
E um fist público, num quarto com janela aberta para o mundo, para os voyeurs de plantão, de passagem? Ou para os curiosos da vida?
E uma DP? Uma dupla penetração daria prazer ou causaria dor? E se for uma dor que fascina? Uma dor que acende o desejo de desafiá-la? E aquele extremo de chupar um cacete quanto outro está a lhe fuder o cu?
Extremo é ir a qualquer parte. Sem reversa, sem frescura. Extremo é abrir mão de ser APENAS uma mulher para ser uma SERVA, uma escrava, uma sub. Aquela que se dispôs a servir seu macho, seu dono, seu senhor, seu mestre. Seu criador. Criador de tantas e todas as fantasias bdsm. Que faz ascender tantos desejos - dos mais cálidos - calmos, aos mais abrasadores; aqueles desejos que fazem arder a pele, que fazem disparar o coração.
Extremo é ser conduzida por um Dominador que sabe o que quer e que ao mesmo tempo dar um poderio extremo a uma serva de lhe direcionar sua explosão de desejos e prazeres.
Meu extremo, será sempre tu, meu Mestre, com cada desejo latente, presente e concretizável!