<                           

























sexta-feira, 17 de agosto de 2007

Orgia de Sensações

(chinezzinha)



Numa orgia de cheiros e sabores
De abraços e olhares de toques e sensações
De odores inebriantes
Em volúpia me abro
Para te receber
Qual pétala molhada
Em manhã de orvalhada
Ansiando teu néctar
Que me banhará de prazer
E em lençóis de desejo
Largo meu véu
E me perco em pecado
Em teu corpo salgado
Que respira doce loucura
E em deleite
Recebes m’nha alma
Em pleno esplendor!

quinta-feira, 16 de agosto de 2007

Desejo

(Raiza)


Vem...
Que te espero...nua...
Não mais ha lugar para o pudor...
Vem...que te quero, nu...
Fecha-me os olhos com teus beijos,
faz-me sonhar com teus desejos...
Faça-me mulher com teu ardor...
Vem...
Que quero agora
acariciar teu corpo levemente,
beijar-te os lábios, sofregamente...
Sugar tua seiva com minha boca quente...
Deixar-me penetrar por teu furor...
Vem...

segunda-feira, 13 de agosto de 2007

Domina-me, Por Favor!

(Graça da praia das Flechas)

Domina- me,
quando abusada te mandar,
De meu corpo te servires !
Domina-me, quando eu quiser,
Sozinha somente, prazer sentir!
Mostra- me que és o meu Dono,
Quando quero contigo vadiar,
Pois não passo de uma sapeca,
Que quero de teu prazer,
Todas as vantagens tirar!
Domina-me, como um macho,
Pega-me pelos cabelos,
Aperta minhas ancas,
Faça - me sentir,
Que sou tua potranca!
Diga que queres me bater,
Até mesmo na face,
Como se a loucura, conta de ti tomasse,
Vira-me pelo avesso,
Faça - me sentir como se fosse um trapo,
Domina –me durante todo o ato!
Quero ser tua escrava,
Enquanto a fome de sexo,
Entre nós prevalecer!
No meio desta ardência,
Que me faz sentir demência,
Desperta em mim a malícia,
E todo o tesão que existe
Numa mulher que resiste,
Nos laços do amor cair ...
Como uma puta safada,
Quero sentir-me dominada,
Com você, por trás de mim!
Bata-me agora, por favor,
Não te importes se eu gritar,
Quero ao mundo clamar,
Tenho um Macho a me dominar,
Na hora de fazer Amor!
Senão, eu viro uma fera,
Não aguentarás às mazelas,
Que, entre prazeres e dores,
Eu te farei sentir ...
Então, domina-me agora,
Me agarra, me bata e exija,
Entre beijos, lambidas e carícias,
Mostra que és o meu homem,
Lambuza- me com todo teu gozo,
Por todo meu corpo de mulher...
Faça-me beber de tua seiva,
Faça- me sentir que sou amada , Mulher que dormirá,
toda de teu prazer, lambuzada
Extasiada por este Macho vibrante,
Que és tu,
Meu Amado, Amante, meu Dono!
E no torpor deste amor,
Te atacarei com furor,
Louca mulher voraz , Que somente a ti saciará,
Com todas as delícias do Amor!
Domina-me, todinha,

Por Favor !!!

**

sábado, 11 de agosto de 2007

SOU FÊMEA NO CIO

(Maria Lucilia Cardoso)


Sou fêmea no cio Somente para você...
Somente sua,
Deliro quando com seus olhos me toca,
Arrepiando minha pele nua!
Sou gemidos e sussurros,
A menção simples do seu desejo,
Entrego-me sem reservas,
No quebrar das ondas de meu anseio!
Olha-te com ternura e luxuria,
Quero-te na volúpia de um beijo,
No roçar de meu corpo em delírio,
Na luz tênue sobre meu leito.
Meu corpo quer saciar-se no seu,
Sinto a urgência dentro de mim,
Seu corpo quero inteiro e quente,
Sou fêmea no cio...
Quero seu prazer enfim!
Quando molhado de suor estiver,
Na letargia do amor feito,
Quero registrar em meu coração,
A perfeição desse momento!

hummm....


O meu querer
é apenas sentir
a suavidade da tua pele,
o teu toque,
essa boca na minha boca.
Ah, essa boca!...
esse olhar
que me faz queimar inteira...

sexta-feira, 10 de agosto de 2007

Cheiro gostoso

(Dimitri)

Te vendo assim, sinto um forte cheiro,
percebo um leve contínuo movimento,
na tua flor muito especial.
Essa tua flor roubada do jardim do Éden,
que você roubou e que no universo não há igual.
Tua flor tem um gosto e cheiro especial,
de onde vem o nome "néctar dos deuses",
que brota de dentro de você,
que desperta e aguça o desejo
Do teu corpo, de onde brota essa flôr
irradia o calor que atrai o mais sérios dos anjos,
é o calor do seu amor.

Êxtase com Arte


(Antonio Kleber Mathias)

Quero sentir teus pelos eriçados

quando beijar tua nuca perfumada

tomando-te por trás numa emboscada

sob a luz de um erotismo enfeitiçado...

quinta-feira, 9 de agosto de 2007

Um Só Olhar Teu

(Nancy Moisés)


Derrama-te teu olhar sobre o meu ser…
Oh, meu amado que me alucina
Perca-te em meu corpo
Sonha comigo os meus sonhos
Venha em mim e seja comigo um só
Ama-me
Sonha-me
Seja-me
Possua-me
Porque eu já sou tua
Na vida
Na morte
E em meus sonhos...

Sua Eternamente

quarta-feira, 8 de agosto de 2007

Skin on Skin


tua boca aquece minha pele

e faz meu corpo arder em desejos...
pois sinto o teu corpo
no meu corpo...

TODA ASSIM...


HOJE AMANHECI
MEIO ATREVIDA,
MEIO SENSUAL
MEIO OFERECIDA,
MEIO SAFADA...


segunda-feira, 6 de agosto de 2007

PERMITA-ME TE AMAR!





Meu aMOr,
meu aMOr descoberto
Meu aMOr pra vida
Permita-me te amar
com um aMOr que só eu tenho
Permita-me te amar
Com um aMOr interesseiro
Interessado em te ter perto de mim
Doa-me teu corpo por hoje
Por sempre
Deixe-me conduzi-lo pelo prazer de
Eu a ti me ofertar
Ah, MO...

permita-me te amar!
Permita-me que eu desmanche os teus lençóis
Permita-me que eu desalinhe teus sentimentos
Permita-me que eu afague teus sentidos
E me aninhe aos teus pés
Permita-me ser tocada pelas cordas da tua sedução,
Laça-me com toda tua ternura
Permita-me oferecer-te o sol
O sol da minha alegria
Que se abre em flor
Que se abre em lábios morenos
Que derrama meu gozo ao te sentir
Permita-me te amar e te servir,

Ah, MO...


Eternamente...

domingo, 5 de agosto de 2007

TUA

(transcrito e adaptado - não sei quem é o autor)
Me afogo em teus olhos, dois poços, enquanto sorvo da tua boca vinho e mel que me embriagam, me deixam em apuros quando tua língua se enrosca na minha. O arrepio quente que percorre meu corpo se intensifica, enquanto tuas mãos, vivas, indecentes, deliciosas, lascivas, pouco a pouco me acordam, me revivem, possessivas, e ateiam fogo em minha alma, acariciando, pegando, machucando, me dizendo que sou tua. E subindo por minhas costas mergulham em meus cabelos, puxando, violentas, me tornando cativa do teu desejo. E meus olhos se fecham, independentes de mim, para em seguida se abrirem, porque é teu desejo, fixos, vidrados, exibindo meu desejo como numa tela. Mergulhas nos meus olhos, e me dizes imperioso, exigente, senhor, que sou tua. Tua voz forte me hipnotiza e ouço minha própria voz fraca, rouca, imprecisa, a me surpreender quando diz: "Sou tua, me tomas como quiseres, me amas, me fazes tua mulher, tua cativa, tua cadela, e me fazes feliz." Tu me fizestes assim, teu brinquedo, tua cativa, agora vivo em ti, dependo de ti para estar viva. E eu, despida de orgulho, entre teus braços, nua, me entrego, corpo, alma, coração, boca, seios, ventre, razão. Se, fora daqui, sou gelo e aço, em tuas mãos sou apenas carne, fogo, emoção, para moldares a teu prazer. E enquanto me usas como queres, meu peito, ronronando, manso, satisfeito, ecoa, pulsando com teu corpo dentro do meu, que nesta hora, sou amada, sou mulher, sou femme, sou escrava e sou feliz.

sábado, 4 de agosto de 2007

ASSIM...

































Como se fosse cega... Toco seu rosto amado... A ponta dos meus dedos contorna seus traços... E encontram seus lábios... Tocar o teu peito... Meu SENHOR me permite acariciá-lo... Sentir as batidas do seu coração... Em total atrevimento desço minha mão pelo seu ventre... Sinto o que há de mais viva prova que sou desejada por aquele a quem pertenço... Segura meu pulso fortemente... Olho em seus olhos com temor de um castigo... E com um sorriso de sádico me toma... Arranca-me suspiros e gritos... Mergulho em suas ondas... Em uma dança indecente... Bebendo da fonte... Sua água viva e rica... A apagar os estopins... Dos vulcões íntimos e ativos... Que só meu SENHOR domina em mim...

quarta-feira, 1 de agosto de 2007

TE ESPERO...


É sempre um prazer
poder chegar ao Sr. mil vezes que seja...
Eu fico o tempo todo pensando
em como será nosso encontro
eu fico pensando eu como eu estarei
penso no que o Sr poderá fazer.
Uma sensação estranha que sou sua,
mesmo que eu seja esbofeteada...
sei lá...
são tantas coisas que me passam pela cabeça
passo o dia pensando em Ti...
fico tentando colocar no nosso cantinho
aquilo que quero sentir com o Sr,
aquilo que quero viver com o Sr
Escolho frases, palavras,
poemas que possam traduzir
tudo o que sinto aqui no coração, nos meus desejos
e cada vez mais eu descubro que te quero,
que quero ser sua, lhe servir,
mesmo que o Sr não me queira.
mesmo que o Sr tenha ou fique com outras,
isso para mim não importa,
pois minha alma já decidiu ser sua,
meu ser anseia por lhe pertencer....
fico imaginando os contrastes dos nossos corpos...
nossos toques, nossos sussurros... nossa entrega...
ah como anseio ser sua, meu SR!
e para sempre!