<                           

























sábado, 21 de junho de 2008

DOu-te MInha NUdez

(katrina_sub)
Dou-te minha nudez minha nudez humida outorgada em pelos e dobras nas dobras desfeitas de dez e mil lençois. Dou-te minha nudez minha nudez traçada declarada em gotas e curvas nas vidas desfeitas por uma ou tantas canções. Dou-te minha nudez minha nudez rasgada marcada em veias e carnes nos pactos esquecidos de todas e outras juras. Dou-te minha nudez minha nudez faminta destrancada de almas e corpos nos sonhos destruídos de meus e teus desejos.




quarta-feira, 18 de junho de 2008

Sou Tua Escrava


Dono meu, Amo-te gozo pleno delícia que me faz escrava das delícias...das carícias...de tuas mãos, tua boca..no meu corpo. Teu corpo meu porto onde ancoro meu barco me perco e me acho...me farto, deleito-me no vinho dos teus carinhos embriago-me no teu sexo faço festa, devassa...me realizo. Meu homem minha paixão, paraíso afrodisíaco é teu cheiro ideal tempero que degusto inteiro não resisto... me entrego ao amor sem reservas maravilhoso feitiço meu vício de ti tesão... lascívia...Sou tua, caça, presa... sou serva...deste prazer sou tua eterna escrava.




segunda-feira, 9 de junho de 2008

Deixa...

(Mistérios)

Manda ser teu desejo.
Deixa-me ser teu prazer.
Deixa-me ser tua necessidade.
Vou te adorar,
Amar, como uma só.
Diz tudo, sem ocultar detalhe,

o que você vê,
o que gostas o que tocas,
Diz tudo.
Confessa teus pecados,
os podemos gozar, descobrir juntos,
e adentrar nas sombras.
Coloca um lenço nos meus olhos.
Para que meu mundo seja tua mão.
Para que nada exista além de você e eu,
e deste momento.
Diz que sou suficiente para você.
Que posso ser teu mundo,
que podes ser o meu.
Explora-me.
Viaja através de mim.
Da minha mente.
Dos meus pensamentos

obscuros e profundos.
É minha rendição,

toma o que necessites.
Vem a mim.

Diz onde queres ir.
Diz o que desejas.
Manda ser teu desejo.