sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

QUANDO OS AMANTES DORMEM

Affonso Romano de Sant'Anna




.


.


.

E quando se fala "dormir juntos

o sentido é duplo:

significa primeiro amar acordado

em plena vigília da carne,

mas, depois,

na lansidão do pós-gozo,

deixar os corpos lado a lado,

à deriva, dormindo, talvez.