<                           

























sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

LAMBUZADA DE PRAZER


Nessa madrugada quero sentir-te  em mim
formando um unissono e alegre vai-vem
sentir tua lingua atrevida e saborear o meu corpo...


Comme la vague irrésolue
Je vais, je vais et je viens
Entre tes reins
Je vais et je viens


A DANÇA DO CORPO



 
 
Danças com teu corpo
calado ao meu corpo
com teus gestos  de desejos
ocultado entre teus beijos...
tu falas de entrega
tu dizes o silêncio da paz

da erupção das sinfonias eróticas
enquadrado em meu ser
markando cada compasso
num aperto, num abraço
em meu ser
em minha alma
nas tuas curvas insinuantes
nas tuas pernas bem torneadas
no bumbum  arredondado
tu te revela entre santidade e devassidão
és céu e inferno


mas teu corpo é uma alegre sinfonia de desejos
emoldurado por teus lábios carnudos
no esfregar das coxas, seguindo o ritmo do ventre...
eu e você
eternamente...

EU QUERO TE CONHECER!





Eu quero te conhecer!
Saber como tu vais
sorrir com teu sorriso
sentir os teus prazeres
no prelúdio de um novo dia,
repleto de  sonhos realizáveis

Venhas!
que eu te espero...
Mas deixe-me te conhecer...

F. COMME FEMME (tradução)

(tradução site terra)

Ela desabrochou numa bela manhã
No jardim triste de meu coração.
Trazia os olhos do destino,
Assemelhava-se a minha felicidade?

Oh, ela se parecia com minha alma?
Eu a colhi, ela era mulher,
Femme como "f" rosa, como flor.

Ela transformou meu universo,
Encantou toda a minha vida,
A poesia cantava no ar,

E em meu coração ardia minha chama,
Tudo era belo, tudo era mulher,
" femme" com um "f" mágico, "f" de fada.

Ela encantava-me cem vezes por dia
Com o doce arrimo de sua ternura.
Minhas cadeias estavam trançadas pelo amor,
Eu era mártir de suas carícias.


Eu era feliz... e seria eu um infame?
Mas eu a amava, ela era mulher.

TODA SUBMISSA

{Rey}





Toda sumisa de gran belleza interior, toda alma de sumisa está por encima del tiempo que vive y siente porque nunca muere su interior que siempre la acompaña aunque lleve invisible el collar que anhela y suspira en vida antes de entregarse, y esto es una cuestión muy importante: Cada sumisa lleva en sí misma los sentidos y los sentimientos de aquello que ansía por dar y complacer, que habitan y son parte de su corazón y sentir. Y es aquí donde el Señor candidato a ser su Amo tiene que conocer mediante esa química a la sumisa y olvidarla como mujer físicamente para adentrarse en ese mundo de su interior que siente, sufre, quiere y padece su alma de sumisa para que mediante esa simbiosis mágica de D/s el Señor va pidiendo lo que la sumisa va complaciendo tanto a su Señor como al interior fervoroso de su espíritu de sumisa y así alcanzar esa fusión entre Amo-sumisa.

El secreto de una sumisa está en saberla llegar con palabras y saberla llenar con sentidos, los mismos que harán renacer y florecer aquello que siente verdaderamente y así satisfacerla y complacerla aunque todo lo esencial para dominarla está en su mente y llegar hasta ella por esos caminos bien es incierto a base de la palabra y la paciencia.

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

IHHH... ESTOU FUDIDA!


E agora?!

SEIOS





NÃO SE ESPANTE, MAS É UM CLITORIS!


Parece mais uma pimenta malagueta, né?
Mas não é não. 

Isso é um CLITORIS!

Parece um pênis, né?
Mas não é...


TUAS CORDAS...

 


Minhas cordas eram tecidas de amor
 
Eu era um mártir de suas carícias
...



CHORANDO COM A CHUVA



 
nadador norte-americano Michael Phelps
 
Silva Muzi

Eu olho para o céu,
E vejo nuvens brancas como espumas.
Eu sinto o vento,
O sol forte me aquece.
Eu olho para um azul sem fim,
então eu lhe procuro...
Mas estou sozinho,
Grito ao vento, ao sol, ao céu
Quero você!
O universo se transforma
E eu sinto a chuva fina tocar meu rosto,
Sinto como chorasse,
Um sol forte com chuva fina
Me fazendo chorar.
O vento quer me derrubar,
Mas você me disse que o vento
Era um bom sinal.
Então venha para perto de mim,
O céu é grande demais para uma só pessoa.
Divida comigo este universo,
Sinto que podemos voar juntos.
Mas você não me responde,
Tem medo da tempestade.
Então mais uma vez,
Eu olho para o céu
E choro sozinho,
Com as gotas de uma chuva fina,
Namorando um sol forte.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

AMAZÔNICA?


Barba de papai Noel disfarçado?

Selva amazônica brasileira?

QUE DUREZA!

um a típica imagem fazendo alusão ao PRIAPUS,
 deus  da fertilidade. da Grécia antiga... aiaiai

NÃO SE APRESSE DEMAIS...




"Não é preciso ter pressa. 
A impaciência acelera o envelhecimento, 
eleva a pressão arterial e apressa a morte. 
Tudo chega a seu tempo.
Não se pode colher nada antes que amadureça. 
A fruta colhida verde é azeda ou amarga 
e não faz bem à saúde.
Quando alguém tenta realizar algo
antes do momento propício, 
com certeza provoca uma situação incômoda 
e acaba prejudicando a si próprio ou a outras pessoas."

Masaharu Taniguchi

F. COMME FEMME

Salvatore Adamo

 


Elle est éclose un beau matin
Au jardin triste de mon cœur
Elle avait les yeux du destin
Ressemblait-elle à mon bonheur ?
Oh, ressemblait-elle à mon âme ?
Je l'ai cueillie, elle était femme
Femme avec un F rose, F comme fleur
Elle a changé mon univers
Ma vie en fut toute enchantée
La poésie chantait dans l'air
Et dans mon cœur brûlait ma flamme
Tout était beau, tout était femme
Femme avec un F magique, F comme fée
Elle m'enchaînait cent fois par jour
Au doux poteau de sa tendresse
Mes chaînes étaient tressées d'amour
J'étais martyre de ses caresses
J'étais heureux, étais-je infâme ?
Mais je l'aimais, elle était femme.


DO DESEJO - 1992





Hilda hislt
* * *

Colada à tua boca a minha desordem.
O meu vasto querer.
O incompossível se fazendo ordem.
Colada à tua boca, mas descomedida
Árdua
Construtor de ilusões examino-te sôfrega
Como se fosses morrer colado à minha boca.
Como se fosse nascer
E tu fosses o dia magnânimo
Eu te sorvo extremada à luz do amanhecer.

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

É TRI KISS!

CALCINHA

Fausto Fawcett

... gostosona e provocante

Que só usa calcinhas comestíveis 


e calcinhas bélicas


 
Dessas com armamentos bordados


calcinha framboesa, 


calcinha antiaérea,


 

calcinha de morango,



 calcinha Exocet

calcinha, calcinha, calcinha...

BORBULHAS DE AMOR






 Juan Luiz Guerra

Tenho um coração Dividido entre a esperança E a razão
Tenho um coração Bem melhor que não tivera...
Esse coração Não consegue se conter Ao ouvir tua voz
Pobre coração Sempre escravo da ternura...
Quem dera ser um peixe Para em teu límpido Aquário mergulhar
Fazer borbulhas de amor Prá te encantar Passar a noite em claro
Dentro de ti...
Um peixe Para enfeitar de corais Tua cintura
Fazer silhuetas de amor À luz da lua
Saciar esta loucura Dentro de ti...
Canta coração Que esta alma necessita De ilusão
Sonha coração Não te enchas de amargura...
Uma noite  Para unir-nos até o fim
Cara-cara, beijo a beijo E viver
Para sempre dentro de ti...

AOS QUERIDOS VISITANTES


Queridos,


Estive ausente por uns dias... 
Visitando minha familia no interior do meu Estado querido. 
Mas estou de volta.
Obrigada pelas vistas e pelos comentários...

Beijos especial em cada um de vocês.




SER SUBMISSA...




Entrega é entrega. Não só de corpo, mas de sentimentos. Sentimentos que não precisam ser mútuos. Que não espera retorno. E é justamente nisso que a submissa difere das mulheres comuns.

O que ela recebe resulta do próprio prazer que ela dar ao Dono. Ela se excede, ultrapassa limites para dar prazer ao seu Dono, tomando sobre si a responsabilidade do prazer de Seu Dono.

Ela é cúmplice e promove um ambiente de cumplicidade e intimidade. 

Sua entrega é tão firme que é motivo de orgulho estar à disposição do seu Senhor.

Ela, totalmente submissa, doa sua vida e perspectivas ao Dono. Torna-se uníssona no Seu prazer.

Uma harmoniosa sinfonia...

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

BONDAGE - AMARRADA NO PRAZER





ESSA TAL LIBERDADE...

(SPC)


O que é que eu vou fazer
Com essa tal liberdade?
Se estou na solidão
Pensando em você
Eu nunca imaginei
Sentir tanta saudade
Meu coração não sabe
Como te esquecer...

Se eu andei errado
Se eu pisei na bola
Mas a gente aprende
A vida é uma escola
Não é assim que acaba
Uma grande paixão...

Quero te abraçar
Quero te beijar
Te desejo noite e dia
Quero me prender todo em você
Você é tudo o que eu sempre queria...

O que é que eu vou fazer
Com esse fim de tarde?
Prá onde quer que eu olhe
Lembro de você
Não sei se fico aqui
Ou mudo de cidade
Sinceramente amor
Não sei o que fazer...




SILÊNCIO






O silêncio


é o mais eloquente dos sons


que consegue perturbar


minha quietude interior.


O silêncio


é como um eco a ressoar.


Fico inquieta em sua companhia.

Seu silêncio me assusta..

DO DESEJO







Hilda Hilst

"E por que haverias de querer minha alma na tua cama?
Disse palavras líquidas, deleitosas, ásperas, obscenas,
porque era assim que gostávamos.
Mas não menti gozo, prazer, lascívia
Nem omiti que a alma está além, buscando Aquele Outro.
E te repito:
por que haverias de querer minha alma na tua cama?
Jubila-te da memória de coitos e de acertos.
Ou tenta-me de novo. Obriga-me."


RENOVAÇÃO DE CONTRATO COM OS LEITORES DO SEDÚCEME!


Queridos visitantes do SEDÚCEME, estou enviando a renovação do nosso contrato.
Se estiver de acordo assine e me devolva a cópia.


Nosso Contrato de 2011 e 2012

Depois de uma séria e cautelosa consideração,
quero notificar-te que o nosso
"Contrato de amizade e gratidão"
foi renovado para o novo ano de 2011 e 2012 



Nunca desvalorize ninguém
guarde cada pessoa perto do seu coração
porque um dia você pode acordar
e perceber que você perdeu um diamante
enquanto você estava muito ocupado colecionando pedras.

Mande este abraço para todos que você não quer perder em 2011 e 2012. 



(incluindo a mim e você). 

Tente conseguir 13 contratos e que 2011 seja maravilhoso e repleto de amigos.