<                           

























sábado, 30 de abril de 2011

REVERÊNCIAS SUBMISSAS

NUANCES BDSM

"BDSM não é violência. BDSM é domínio, entrega, confiança, e isso tudo só acontece com amor. O consensual é fruto de qualquer escolha e no BDSM não poderia ser diferente. Sexo baunilha também é gostoso quando o corpo quer namorar. Mas, BDSM é para limites, descobertas, responsabilidade, força, poder.
Um Senhor, Mestre, Dono, Amo  deve ter cuidado com sua Escrava, atenção e… atenção..."

BOM FINAL DE SEMANA



de frente 
ou
 de costa...


bom final de semana a todos!

kisses for you babe!

sexta-feira, 29 de abril de 2011

PRELÚDIO DE UM PRAZER


EBONY!

A ESCADA DA MINHA VIDA







 Paula Martins


Vou subindo lentamente
Cada degrau é um presente
Que receio abrir
Tento firmar-me a cada passo
Consciente do que faço
Sem saber o que está para vir
Trago comigo a saudade
Dos tempos da mocidade
Vou subindo lentamente
Olhando os degraus de frente
E assim, vou sarando feridas
Pedaços de mim, eu perdi
De dor já muito sofri
Em horas nunca esquecidas
Partilho os ensinamentos
E com eles bons sentimentos
Ao longo desta subida
São fragmentos de mim que ofereço
E que servem de adereço
À escada da minha vida.

DIFERENÇA ENTRE ESCRAVA E SUBMISSA



Escravas diferem de submissas? Novamente, minha resposta é sim. Escravas diferem de submissas pela forma como pensam, agem, submetem-se e suas expectativas. Com isto eu quero dizer, se uma escrava está sentindo-se indisposta e logo não completa suas tarefas diárias, esperaria do Dominante o castigo de sempre . Uma submissa estaria mais inclinada a esperar indulgência do Dominante porque estava indisposta.
Isso não significa que uma escrava vai aceitar um relacionamento abusivo, embora seus limites de tolerância para o que é abusivo e o que não é parece mais alto do que na submissa.

Uma escrava pensa em termos de ser posse, não em termos de estar submetendo-se. Para elas, estar encoleirada em um relacionamento significa ser posse, e freqüentemente isso se traduz na afirmação de que elas não têm o “direito”, “escolha” ou “opção” de sair do relacionamento se ele andar mal.

Uma escrava floresce no fato absoluto, de que elas literalmente não têm controle sobre o relacionamento ou o que vai acontecer nele, donde uma submissa freqüentemente retém algum grau de controle sobre o relacionamento.
Uma escrava se esforça pela perfeição interior em completar todas as tarefas que o Mestre lhe dá, enquanto mantém uma parte da sua atenção em coisas que não foram solicitadas a fazer, mas acham que poderia agradar o Mestre se feitas. A uma escrava é requerido que seja bastante auto-suficiente e hábil pois freqüentemente tem uma carga forte de responsabilidades.

Escravas normalmente sentem que uma escrava não precisa ser orientada nos mínimos detalhes porque isso é enfadonho para seu Dominante, a menos que ele aprecie a meticulosidade. Uma escrava vai se comportar com o maior respeito em uma situação formal, e com todo o respeito que qualquer situação exija. (Por exemplo, um momento calmo em casa que não requeira um protocolo rígido, como uma festa formal iria).

Escravas não impõem limites à atividade dos Dominantes. Uma submissa vai freqüentemente ter limites mais rigidos que o Dominante não consegue ultrapassar, e limites mais brandos que podem ser suprimidos com prévia negociação. Uma escrava não tem qualquer dos dois. Elas não vão dizer que o Dominante não pode engajar certo tipo de jogo ou usar um específico acessório. Elas podem dizer ao Dominante que não gostam desta ou aquela prática ou acessório no começo do relacionamento (preferencialmente antes do encoleiramento) mas não vão rejeitar o Dominante por fazer/usar tais coisas.

Uma escrava não acredita que possa simplesmente deixar o relacionamento. Algumas acreditam que depois de encoleiradas é para a vida, e não vão pedir soltura mesmo que sintam sua vida em perigo, ou sintam-se mentalmente/ fisicamente machucadas. Todavia, muitos relacionamentos têm diretrizes cabíveis para caso de soltura caso a escrava realmente deseje romper. Algumas escravas afirmam que uma escrava não pode ser abusada uma vez que o Dominante não tem limites na sua condução, e se o Dominante opta por agir de forma abusiva então seja feita sua vontade. Isso não parece ser o senso comum entre as escravas, porém também ocorre.


(Raven Shadowborn - traduzido Por John Coltrane)
Fonte: http://carcereiro.110mb.com/indframes.html – Site do Carcereiro

quarta-feira, 27 de abril de 2011

DEUSAS...

 
O poder da Deusa, 
que se manifesta por meio das mulheres, 
é uma matriz emocional que convida 
a uma fusão ou simbiose inconsciente 
e transmite uma sensação de “chegada a casa”. 


Jean Shinoda Bolen

QUEM É VOCÊ MULHER?

"Quem é você, mulher 
que me vem furacão 
do jeito que esse poeta ama, 
do jeito que esse poeta clama, 
quem você é?"

terça-feira, 26 de abril de 2011

CORAÇÃO FERIDO


abc da saúde

A síndrome do coração partido. 

Esta síndrome é de ocorrência muito rara, e acomete principalmente as mulheres de meia idade. Tanto pelo grupo de pessoas mais acometidas, como pelo seu nome, poderia haver a sugestão de que se trate de um envolvimento mais relacionado a coisas emocionais do que a uma doença orgânica do coração. 

A doença foi pela primeira vez relatada no Japão; atualmente, já existem relatos de casos semelhantes nos Estados Unidos e mesmo no Brasil. De momento, o total de casos relatados na literatura médica não passa de 200. Provavelmente, existem mais casos de pessoas acometidas, mas que não foram diagnosticados por ser uma síndrome desconhecida. 

As manifestações da doença são as de um infarto do miocárdio, que acomete principalmente mulheres de meia idade; as alterações eletrocardiográficas são as de um infarto agudo do miocárdio e as alterações das enzimas do sangue comprovam a lesão do músculo cardíaco. A evolução costuma ser boa e, geralmente, é de curta duração com a recuperação das alterações registradas no início da doença. 

O que chama a atenção, o que dá a chave para o diagnóstico, são os estudos hemodinâmicos destes corações. As artérias coronárias costumam ser praticamente normais e a ventriculografia mostra um coração com a ponta dilatada, inativa e o restante do coração continua se contraindo normalmente durante a sístole ventricular. Esta parte, que se contrai de modo normal, e a parte que não sofre a contração sistólica esperada geram a imagem que sugere haver uma parte normal e a outra anormal. É como se uma parte do ventrículo funcionasse normalmente e a outra não, provocando a impressão de coração partido. 

A síndrome do coração partido é uma doença de bom prognóstico, pois a evolução destes infartos costuma ser rápida e boa, não deixando sequelas maiores. De um modo geral, acontece a recuperação total dos pacientes em poucos dias, apesar das manifestações iniciais alarmantes. 

O que mais chama a atenção nesta síndrome é que a grande maioria, mais de 95% acontece em mulheres de meia idade. 


FANTASIAS E FETICHES - PEGANDO FOGO!

SEDUCES ME!

BOM DIA A TODOS!

segunda-feira, 25 de abril de 2011

CONFUSÃO A 3


Desejo  

Fantasia

Êxtase

EXPRESSÃO DE TUA MARKA

COM ROUPA OU SEM ROUPA....



 

Seja de que forma for...
A fêmea tem que ser sempre feminina

EU TE BUSCO


Porque quer queira, 
quer não,
não dar de ficar sem pensar em Ti, 
em cada palavra,
em cada ordem. 
Fico buscando-O 
na insensatez 
dos meus pensamentos 
totalmente lascivos 
e agora 
mais submissos que nunca...

A PÁSCOA SE FOI... MAS O CHOCOLATE FICOU

DELICIE-SE!


MUITO BOM DIA!!!!!!!!!!!!!!




calcinha
calcinha
calcinha

é muita eroticidade para começar o dia...

 good morning, world!

sábado, 23 de abril de 2011

EXTRA IMAGINAÇÃO

CORRENTE

HORA DO BANHO!

DE PREFERÊNCIA COLETIVO!


AHHH!!!!! OS HOMENS



 LEMBREM-SE MENINAS: QUE OS HOMENS SÃO DE MARTE..E..É PRA LÁ QUE TEMOS QUE IR..RS

E MENINOS…”MULHERES EXISTEM PARA SEREM AMADAS, NÃO PARA SEREM ENTENDIDAS.” (VINICIUS DE MORAES)

O QUE FAZER COM OS HOMENS???
- OS HOMENS BONS SÃO FEIOS.
- OS HOMENS BONITOS NÃO SÃO BONS.
- OS HOMENS BONITOS E BONS SÃO GAYS.
- OS HOMENS BONITOS, BONS E HETEROSSEXUAIS ESTÃO CASADOS.
- OS HOMENS QUE NÃO SÃO BONITOS,MAS QUE SÃO BONS,NÃO TEM DINHEIRO.
- OS HOMENS QUE NÃO SÃO BONITOS, MAS QUE NÃO SÃO BONS E COM DINHEIRO, PENSAM QUE SÓ ESTAMOS ATRÁS DO SEU DINHEIRO.
- OS HOMENS BONITOS, QUE NÃO SÃO BONS E SÃO HETEROSSEXUAIS,  NÃO ACHAM QUE SOMOS SUFICIENTEMENTE BONITAS.
- OS HOMENS QUE NOS ACHAM BONITAS, QUE SÃO HETEROSSEXUAIS, BONS E TÊM DINHEIRO SÃO COVARDES.
- O S HOMENS QUE SÃO BONITOS, BONS, TÊM DINHEIRO E GRAÇAS A DEUS SÃO HETEROSSEXUAIS, SÃO TÍMIDOS E NUNCA DÃO O PRIMEIRO PASSO!
- OS HOMENS QUE NUNCA DÃO O PRIMEIRO PASSO, AUTOMATICAMENTE PERDEM O INTERESSE EM NÓS QUANDO TOMAMOS A INICIATIVA.
AGORA… QUEM NESSE MUNDO ENTENDE OS HOMENS??
CONCLUSÃO: HOMENS SÃO COMO UM BOM VINHO. TODOS COMEÇAM COMO UVAS E É DEVER DAS MULHERES PISOTEÁ-LOS E MANTÊ-LOS NO ESCURO ATÉ QUE AMADUREÇAM E SE TORNEM UMA COMPANHIA PARA O JANTAR

Apelei, né?


(gis)

TUAS MARKAS

sexta-feira, 22 de abril de 2011

AO MESTRE, COM CARINHO





HUMMMM


A SERVA QUE LEMBRA DO SEU MESTRE

SEMPRE

REDONDILHAS




Marcos Loure



"LIMITE DE TUA BOCA
NESSA DANÇA SEM FINAL,
QUE NÃO CANSA. MINHA LOUCA
TRANSFORMANDO EM CARNAVAL
TUDO QUE TOCAS, QUAL MIDAS
FAZES OURO QUE ME BRINDAS"

A SECRETÁRIA EM AÇÃO

À ESPERA


  A EXPECTATIVA





A REALIZAÇÃO...

terça-feira, 19 de abril de 2011

ESTE AMOR ME FAZ VIRAR POETA!



Que força essa que me une a você,
Trazendo doces lembranças
Dos nossos encontros – que encanto!
E, para eternizar
esses doces momentos que passaram
e que se passam.
tranquei seu amor
no recôndito do meu coração
E, quando tua presença
não me é palpável, nem possível,
dos meus lábios morenos
seu nome alça voo...
E essas suaves lembranças
que de nós recordo
é tão real, visível, permanente
que sinto você trilhando ao meu lado
PORQUE EU TE AMO!
E o amor é mais forte que a morte!
E, para provar esse amor,
estendo  os meus sonhos por onde pisar
forrando sua estrada
como um tapete de esperança...
Então me perco em seus braços e abraços
Sinto-me tocar em cada tecla das suas emoções
e flutuo uma 8a acima.
Meus sentidos cantam
canções de amor a você.
Você me faz virar poeta para expressar esse amor.
Você que me cativou
com essa voz que lembra poesia.
Então desperto para a realidade
e continuo a sonhar:
por que você está ali ao meu lado
personalizado
Viu o que esse amor faz?

Esse Amor me Faz Virar Poeta!...

Eternamente

TUDO A VER COM SUA IMAGINAÇÃO