<                           

























sexta-feira, 27 de maio de 2011

PORTA ENTREABERTA


Eu estou deixando minha porta entreaberta
venha, entre e fique...

FIM DE NOITE

O PRELÚDIO DE UM ENCONTRO CONTIGO
É SEMPRE MOTIVO DE FESTA
DE ALEGRIA, DE EXPECTATIVA
MAS ACIMA DE TUDO
É UM INTENSO PRAZER

MOMENTOS


O BANHO

CHAMAS-ME! EU VOU...

Despida de pudores
vestida de tesão
estou indo sempre na contramão  de tudo
às vezes sou tua contramão
quando queria estar sob tua direção
Chamas-me
diriges-me
eu vou
uma, duas ou mil vezes 
que vier tua convocação
vestida de desejos e despida de pudores...
eu vou...

UM DIA MUITO ESPECIAL


Eu pensei eme tantas coisa durante este dia
Mas tudo que me veio à cabeça foi:
VIVER
VIVER
VIVER
A vida é curta e o melhor dos presentes é tê-la
às vezes subjulgada ao desejo de outra pessoa
por outras vezes aos seus próprios

 
Mas seja qual for a forma de expressão desse desejo
só se faz sentido se for em vida
por isso quero ir mais além
quero sonhar
quero servir
quero ser fêmea
quero ser escrava
quero ser cadela
quero ser puta
quero ser mulher
quero ser sonho
quero ser desejo
quero ser uma essência da tua tua vontade
do teu querer
com tuas markas evidenciadas  nos meus atos

Que posso dizer-te ou dizer-me?

PARABÉNS PARA NÓS!!!

Esse dia será eternamente markado em nossas vidas, em minha vida
é um dia teu
é um dia meu...
E o que posso oferecer-te além de mim mesma?!

EIS-ME AQUI!

PARA SEMPRE E ETERNAMENTE
tua

quinta-feira, 26 de maio de 2011

QUERO TUAS CORDAS EM MIM

 
elton

Deixe com isso feito, com que me possa sentir de forma poderosamente intensa atravessada pela tua essência de homem conquistador, de possuidor inegável dos átrios sagrados daquilo que foi um dia o meu livre arbítrio, mas que agora se desvanece feito nuvem efêmera para dar lugar a minha entrega sem volta à tua vontade imperiosa.

Suplico-te de joelhos despida de todo meu amor próprio, que me ames com a mesma força da paixão que um vampiro tem pelo sangue de sua vítima, e tal qual este nos fira tu não pode continuar á viver sem beber do líquido sanguíneo que corre nas veias desta sua referida presa;que tu te sintas também incapaz de continuar a respirar se deixares de dedicar-me teu sentimento romântico mais puro e de ânima devoradora.
 

QUIETUDE

GOZO SOLITÁRIO

Electra


Retira-me o roupão...Vire-se...assim faço, cabeça baixa... boca semi-aberta. Sinto seu carinho em meus cabelos, Excite-me... ajoelho-me e começo a beijar e lamber seu membro... em segundos acordo-o, sinto meu senhor reter a respiração... suas mãos me conduzindo com mais pressão. Sei o que devo fazer... recebo-o inteiro na minha boca.. movimento minha língua, boca, envolvo-o e sugo de tal forma, por inteiro... dedico-me também ao saco... num vai e vem alucinante... meu senhor geme mais e mais... sinto seu gozo próximo, ele segura mais forte minha cabeça pois sabe que ainda resisto em receber seu prazer... nada posso fazer... ele assim o deseja, meu prazer é proporcionar seu prazer.


Ao mesmo tempo que ouço seu gemido mais alto..sinto seu prazer inundar minha boca, forte, quente, latejante. Não posso deixar escapar nenhuma gota...sugo até o fim...e aguardo. Levante-se...ainda de olhos baixos ouço: minha cadela está cada vez melhor... Desfrute da “jacuzzi”, está liberada para gozar. Deixa-me ali...à luz da lua... ao som do mar...Entro na água quente...o vapor me envolvendo como um véu...recosto-me... massageio meu corpo... agrado-me... abro minhas pernas...toco meu centro de prazer... os líquidos se misturam... e assim, numa viagem solitária...v ou me embalando... neste momento meus pensamentos me pertencem, só a mim... toco meu seio, acaricio-o e ao biquinho, doloridos, marcados ...e sob a proteção das estrelas que refletem minhas lágrimas...liberto-me... um gozo forte... solitário... digno de uma escrava...


Parado à porta sem que eu visse, meu dono a tudo observa.

PRESA AO TEU ARDOR

elton

Mantenha-me sempre presa à macheza de teu corpo de constituição viril, e atravesse o meu com o ardor afogueado dele, como uma lança pontiaguda transpassa veloz e certeira o seu alvo a qual foi arremessada.

AMARRA-ME COM CORDA DE TUA LIBIDO

elton




 Amarra-me 
à vontade suprema de tua libido masculina, 
e não permitas 
meu adorável senhor do meu querer feminino 
desatar-me dos nós de tua corda, 
pois eles são os nós dos teus desejos mais proibidos
e de natureza inegavelmente inconfessáveis. 




A SENSUALIDADE DA GRAZY




Toda sensualidade de uma fêmea
na pessoa da Grazy
é para babar.

segunda-feira, 23 de maio de 2011

APENAS UM TOQUE

DESEJO INSANO DE TI


Porque desejo tão ardentemente 

chupar teu cacete e vê-lo jorrar dentro da minha boca?

Estou com um tesão desgraçado por ti

um fogo vulcânico inesgotável. 

  
Uma vontade insubmissa 
de sentir o teu cacete  dentro de mim!

nessa minha insanidade de desejo.

Quero-te!


FRENTE E COSTA


BOM DIA!


sábado, 21 de maio de 2011

sexta-feira, 20 de maio de 2011

MEUS APELOS



S. L.  ΔΩ


Em chamas te quero morena
Aos meus pés minha e sorrindo
Rebola ao andar de quatro
Pois nua tu és de fato, ícone!
Se arrasta e se move linda
Com cólera e toda arredia
Mas submissa e convocada
Você vem ao meu encontro
Tu sabes que aqui tem alento
Prestativo e atento, do crepúsculo
Até a alvorada você vai ser ensinada




A fazer da minha vida um conforto
Pois é no teu corpo que aflora
E me da tudo que eu gosto e te devoro
Teu gozo é para mim o balsamo
E só eu posso sorvê-lo
Sinta os meus apelos!

A SENSUALIDADE DA PELE



RESPUESTA

 
"Torso desnudo.
 
Lengua que camina despacio 


y silenciosa.
 
Piel que se eriza.

 
Hendija que divide el final de tu espalda.

 
Punto de unión.

 
Jugos de amor.

 
Alzo mi rostro… tomo un respiro.

 
Me embriago.

 
Entonce sentiendo

 
el por qué de la vida."


POR UM INSTANTE... APENAS






 
Por um segundo apenas

 
Eu queria sentir-Te sobre meu corpo
 
Por um segundo apenas
 
Queria olhar em Teu olhar
 
Por um segundo apenas...
 
Ah! Possua-me assim sem trégua
 
Por um segundo apenas
 
Descubra-me

e desbrave este corpo
 
Que tanto te espera
 
Por um segundo apenas
 
Deixa-me Te possuir do meu modo
 
Por um segundo apenas
 
Deixe-me Te ver Sem Te olhar
 
Por um segundo apenas
 
Deixe eu ser a guardiã de Teus desejos
 
Por um segundo apenas
 
Deixe eu cuidar do Teu prazer
 
Por um segundo apenas
 
Deixe eu matar minha sede

em Tua boca
 
Por um segundo apenas
 
Deixe-me prender

e amarrar-me em Teus braços
 
Por um segundo apenas
 
Deixe-me ser Tua cumplice do prazer
 
Por um segundo apenas
 
Deixe-me sentir Teu peso sobre mim
 
Encaixado em meus quadris
 
Por um segundo apenas
 
Deixe-me sentir Tuas coxas
 
Em tom sobre tom com as minhas
 
Por um segundo apenas
 
Deixe-me sentir Teu suor
 
Banhanho minha pele morena

com Teu cheiro
 
Por um segundo apenas
 
Faça-me morrer em Teu desejo
 
E viver pra Teu prazer...

quinta-feira, 19 de maio de 2011

NUTRIR

alma


Para tus remos
quisiera yo ahogar mi dulce azogue
y hundirte enel lodo feraz
de mis pantanos.

Que me tomaras
como esclava etrusca
hacia El batalla rguerrero
de tu sojos.

Origen,
reptado caminar de tu lengua,
sabia maestra de mi centro,
mantis de muerte insaciable
deltejer poeta por mis formas.

Húmeda
caliente
remota...

Ideograma invisible de mi historia,
seu dónimo de este infinito sinfín,
que se filtra de tu paso desnudo
siempre de ti,
siempre de mi.

Y sin mas ley se dienta,
me toco...

FRIENDS OF PLEASURE