<                           

























sexta-feira, 31 de outubro de 2014

VAI!




para cada chamado 
uma obediência
apenas vai!

LAÇOS E DESEJOS...



laços e desejos
sentidos e paixões
mais um entrelaçamento
entre o real e o irreal
entre a paixão e o desejo
entre uma serva e o dominador...

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

TOQUES E SABORES...



CONTRASTES....



di M

  
A vida... ah, a vida! Quantos contrastes! Homem-mulher; preto-branco; cheio-vazio; igual-diferente; presença-ausência... No entanto devemos tirar o maior proveito das diferenças, dos obstáculos, dos “contrários” e transformá-los em positivos, em vantagens. A nossa vontade individual é capaz de coisas inacreditáveis!

Mas me sinto totalmente impotente diante de silêncios. Eles gritam aos meus ouvidos.  Teu silêncio me incomoda. Por isso, sem ti, fui construindo castelos para as minhas fantasias... habitando nas palavras, já que falta essa tua presença que tanto anseio.  Querendo saber os porquês... Como gostaria de estar contigo, com teu prazer!


Vivo e quase vou morrendo nesse vendaval de emoções e que somente um Mestre, que marka minha vida tão intensamente poderia acalentar esse turbilhão de sentimentos onde tenho me afogado...

Quero sentir teu olor, que irá apagar essa dor cortante, de não te ter perto do meu coração, de mim, de minhas mãos, de minha boca... Meus momentos têm se tornado em desertos... 
 
Vou te materializando em minha mente, revendo teus sedutores gestos, tuas markantes palavras, teu andar; adoro esse teu jeito dominador de ser; Adoro a forma como vai markando tudo com tua presença, pincelando as paredes da minha vida... Mas tu estás tão ausente e sinto tua falta e não sei o que fazer para ter tua presença!...
 


 
  

terça-feira, 28 de outubro de 2014

APENAS NO DESEJO DE A TI SENTIR...


 




 é por debaixo dos panos, 
das cobertas invisíveis 
que posso tocar-te 
e sentir teu pulsar revelado...
o sabor que de ti emana 
alimenta minhas fantasias 
e faz  reviver esses  desejos de fêmea 
que em mim lateja.
enquanto se vive, 
há sempre uma réstia de esperança viva... 
ou semi viva.




segunda-feira, 27 de outubro de 2014

ESCOLHAS E PRAZERES




Mais uma vez chegou o momento da escolha. É hora de saber quem governa, quem será o condutor da vida de muitas pessoas. Sua, minha, nossa... O país em polvorosa, disputas, corridas,  o verdadeiro "welfare state" se revelando... Todos foram às urnas e lá cunharam seus desejos.
Nem sempre porque queremos tem que acontecer... Ainda bem, ou, infelizmente...
Estive fazendo um retrocesso nalguns blogs passados e olhando a vida de algumas pessoas do meio; como há muitos submissos que são políticos! Isso revela que o poder e o desejo da submissão excede a posição de quem aprecia.
A exemplo disso, há muitas mulheres, mestres, doutoras em suas vidas sociais e no BDSM não passa de uma simples e réles escrava! Quanto contraste de escolha! De igual forma  os dominadores... Tudo questão de escolha e de prazeres.
 Eu mesma escolhi te servir, Mestre!... Nada mais prazeroso que está atada aos teus pés. Daquela forma tão peculiar TUA, exclusiva.
Eu sinto falta do dominador que um dia  se colocou como homem à disposição para orientar... Sinto falta do homem que um dia se apresentou como o desejável dominador e me fez ver, viver e sentir o prazer da submissão... E...
Não sei delimitar as escolhas dos outros. Uns escolhem ser apenas homem, mulher... Outros escolhem ser mestres, dominadores, servas, submissas...
Fico confusa com tudo que ocorre ou deixa de ocorrer.
Os "começais", que querem e insistem em ser permanentes, já não são desafios. Não fazem sentido. A única coisa que faz sentido mesmo, é tu em mim. Uma década! de poucos e intensos momentos. Todos inesquecíveis. Já renderam 4 livros, tal qual aquele com a tua Marka...
Outros rumos, mudanças, perspectivas, destinos... Tantas coisas, creio, eu, serão o diferencial em 2015. Ou a partir de 2014, quem sabe... Tudo é uma questão da escolha que será feita, que redundará em prazer: social, familiar, acadêmico,  bdsm...

DECIDA VOCÊ MESMO O QUE QUER!




Há tantos caminhos a seguir...
somente cada um pode escolher qual deve querer...
Ninguém pode decidir por outro alguém,
se assim fosse, eu já teria em minhas mãos a decisão
por ti...

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

A COR DO PRAZER


se palavras não te bastem
apenas sinta o desejo através da cor que o prazer produz
pode ser azul, pode ser vermelha
pode ser uma cor sem cor,
mas o prazer tem cor de prazer...
tem tua cor
tem minha cor...

sábado, 18 de outubro de 2014

MAIS SUPLICANTE





Foi o chamado, a convocação, o desejo, o pedido que entrelaçou nossos “eus”. Mesmo nessa tua distância longe, ou distância perto. Não o sei. Mas tu vives aqui, pertinho de mim, entrelaçado comigo, entrelaçando comigo teus tesões ávidos de taras e prazeres. Do macho que deseja, da fêmea que espera, trêmula, ansiosamente triste, vendo estremecer a cada palavra, ilusória, despertativa? Também não o sei. Só sei que vou gemendo vida afora, noites quentes, dias escaldantes nessa terra feita de sol, feita de sonhos, feita de esperas, feita de ilusões. Com olhar suplicante, numa prece alucinógena, confiante. Desabrigada de amor, de atenção DO dominador, que num golpe certeiro, foi markando limites, cunhando uma marka de um caminho sem volta, mas também sem ida...
Entrelaçamentos de palavras, serva e Senhor, súplices, sem seus corpos a si pertencentes... uma aos pés de UM.  Renascida ou mortificada num campo vasto e ilusório de laços. Como flor voadora, que sai por ai, por ali, por acolá, cheia de esperanças de encontrar o tesouro e seu pote de ouro na ponta. Mas que também vai espalhando seu pólen por onde passa, entrelaçando a si mesma, em inebriantes viagens de vento...
Com saudades dos tempos idos, com vontades de tempos vindos, onde o real possa ser materializado.  Entre folhas, letras e desejos, o pedido vai aumentando, a angústia vai chegando, o desejo reacendendo ou morrendo... Mas continua suplicando pelo entrelaçamento do momento que o BDSM pode dar...  E somente o Mestre pode realizar!...





O SABOR DO VENTRE



APENAS






Do chamado
Do desejo
Da espera
Da entrega
Do momento
Apenas um toque
Apenas um olhar
Apenas uma ação...
Levas-me em teu prazer dominador...