quinta-feira, 31 de março de 2016

DA MARKA MARKADA


 


Da saudade que maltrata
da Marka markada
apenas delírios de paixões 
 boiando nas falsas expectativas
Foram sonhos quebrados,
esperando serem remendados,
 consertados, 
e,
novamente sonhados...

quarta-feira, 30 de março de 2016

A MARKA DA POSSE


Enfim, por fim... fim...
De todas as caminhadas essa foi a mais longa e mais curta
ficaram pelas estradas do corpo apenas as markas que o tempo não apagará, a memória não deletará. Aquelas markas colhidas  com alegria, com prazer, com dedicação.
Onde o acaso, sem piegas, sempre foi o tempo que determinou, nem sóis, nem chuvas, nem aro íris, nem eras, nem dia, nem noite, apenas o desejo sentido, desejado conduzia ao encontro  do prazer, do fetiche, do real irreal mundo criado para satisfazer tantas taras. Uma construção  inacabada e acabada pelo não-tempo, não interesse... 
Assim, fica em meu corpo uma entrega cunhada apenas com tua MARKA!

quarta-feira, 16 de março de 2016

EXPECTATIVAS


cada dia mais
vou criando expectativa de tuas (falsas) promessas
de deixar sempre cunhada essa marka que me marka
não pedir para  querer!
tu fostes  impregnando em mim esse cheiro de mestre que tu és
e eu,  como serva (tua) que sou, fui  apenas 
concretizando aquilo que o destino já havia cunhado e
escrito de forma eternizante:
Pertenço-te!

SEM

Sem forças me encontro
despojada de tantos sonhos
à procura de tua marka
que sem destino foi-me levando a rumos incertos
repletos de vontades,
nessa entrega absoluta
sem querer te perder
não fui vacinada contra o sentimento de querer
o que fostes me ensinando a lição foi cumprida
não pode o mestre ao seu alunado desmerecer. 
Fui te dando posse pelo meu prazer em sofrer por teu prazer em ter prazer,
foi me viciando sempre, sempre a te desejar, te querer
mesmo sem poder...
E hoje ... hoje apenas restando essas Markas.

TROCAS E SENSAÇÕES


terça-feira, 15 de março de 2016

PRESA


Deixastes-me presa em lembranças e desejos
enriquecidas de promessas e pobre de presença
construindo em mim essa paixão incontida e ilimítrofe 
por querer está contigo
com toques imagináveis e desejáveis
 cunhados por uma marka 
que teima em permanecer viva
silente
real
nessa entrega que o destino escreveu 
em cores coloridas, multicolor e indelével...

ABRIGO


quero abrigar teu prazer em forma de cacete em minha casa

sexta-feira, 11 de março de 2016

VENHA E TIRE OS OBSTÁCULOS QUE IMPEDEM NOSSO PRAZER


APENAS...



apenas isso
um homem
uma mulher
uma fêmea
um macho
um senhor
uma escrava
sendo esta disposta a ir, a vir, a ficar, desde que seja sempre markada com as cores do prazer que sacia tua fome de tesão.

quinta-feira, 10 de março de 2016

terça-feira, 8 de março de 2016

domingo, 6 de março de 2016

VEM, ME ENCHE

 ESSE TEU GOZO QUE ME TEMPERA
QUE ME ENCHE DE DESEJO POR TI





ASSIM MEIO OFERECIDA


meio oferecida
meio distraída
com essa vontade incrível de  sentir-te!
me invadindo os desejos,
os pensamentos
e a alma
deixando tua marka 
fincada em mim
 


sexta-feira, 4 de março de 2016