domingo, 31 de dezembro de 2017

QUE VENHA O NOVO ANO!



 

Mais um ano chega ao final. E com ele tantas lembranças que se vão e quantas lembranças que também ficam! Todas imprescindivelmente markadas no memorial da história da vida desta serva. Quantos momentos  de lutas! Mas quantos momentos deliciosamente temperados com extremos prazeres. Foram muitas markas deixadas com pegadas bem 'pegadas'. Foram sonhos realizados, outros frustrados... Mas com uma indubitável certeza de que outras chances são possíveis, são  oportunizadas e com certeza tudo será no mínimo diferente.
No entanto, há coisas que nunca mudarão, passe o tempo que passar: Esse desejo fremente, essa tara ninfomaníaca, esse tesão exacerbado que meu venerado Mestre produz nesta simples serva. Este que foi um divisor de águas em tantos momentos. 
Inesquecivelmente markante. 
Que  o ano vindouro seja muito mais repleto de markas, daquelas que ficam na mente, no corpo, no coração, na memória. E que cada momento oportunizado seja ricamente e bdsmmente aproveitado. Que venha 2018!

GOZO JORRANTE


Vem
eu te quero nu
indecente
despido de pudores e latente
com um o gozo abundante
onde eu possa colher cada gota
 dessa jorrante fonte!
E assim
fui colhendo amoras
fui colhendo prazeres
fui colhendo essa Tua essência
que unta minha presença
e transforma o momento 
de celebração em pura latência...



sábado, 30 de dezembro de 2017

AH, ESSA MARKA!

Esse tesão que aflora com esse toque mágico, lúcido, markante...
que invade desejos, que transforma momentos em prazeres eternos...
ah, essa marka!

CHEIRO DE DEVASSIDÃO...


Eu, ali, toda pronta para Te receber, exalando esse cheiro de depravação, de devassidão, de puta vadia louca por ser usada por Teu prazer... alucinadamente, em ritmo cadenciado. Tu Te adentras e eu sinto Tua devassidão esperada, deliciosamente desejada por todo esse tempo, por todo momento a qualquer momento... Então tomas-me para si e vejo em Tuas ações o que palavras nem precisariam dizer: eu sou Teu construtor e tu és minha putinha!

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

TUA PRESENÇA



Tua presença aqui, 
é muito mais que tua presença
É um rastro de luz que pulsa, 
que acende desejos, 
que revitaliza esperanças.
Tua presença
é um cacho de desejos maduros
pronto a serem colhidos
me abre a boca de querer
embebidos
e lambuzados
produz salivação
e todo esse tesão
são seivas...
Venha sempre!
Volte sempre!


AQUELA PROVOCAÇÃO DE...



aquela provocação 
de fazer babar cacete
de fazer cu piscar
de fazer  macho gozar...

aquela provocação
que completa o rpazer
que não quer nem saber porque
que seja entre eu e Você

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

CADEIRAS PARA O PRAZER...





Seria interessante adquirir uma cadeira. 
Então fui ao supermercado procurar uma cadeira específica. Mas não achei nada 
dentro das minhas expectativas de serva. 
Então resolvi compartilhar essas com vocês...

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

SONETO 58 DE SHAKESPEARE







Que Deus me perdoe, por me tornar teu escravo,
Que eu deva pensar em velar tuas horas de prazer,
Ou para ti contar os momentos de ansiedade,
Sendo teu vassalo disposto a estar à tua mercê.
Ó deixa-me sofrer, sob tua vista,
A ausência aprisionada de tua liberdade,
E domada pela paciência para sofrer a cada vez
Sem te acusar de me injuriares.
Estejas onde estiveres, teu jugo é tão forte,
Que podes privilegiar teu tempo
Para o que quiseres; a ti somente cabe
Perdoar-te por teus próprios crimes.
Devo aguardar, embora esperar seja o inferno,
Sem culpar teu prazer, seja ele o mal ou o bem.

tradução de Thereza Christina Rocque da Motta
(http://154sonetos.blogspot.com.br/2009/07/soneto-57-sendo-teu-escravo-o-que-fazer.html)


terça-feira, 26 de dezembro de 2017

MARKAS NA VIDA


E mais um tempo se passa. 
Eras regadas com markas que deixam o coração e os desejos sempre em aceleração. 
Markas desejáveis e renováveis a cada encontro, cheio de insinuações...
Obrigada, Mestre, 
por tuas Markas em minha vida!
 

COLEIRA DE SERVIDÃO



 Muito mais que joia, 
a sua preciosidade 
está no seu singelo significado.
 Faz parte das vivências e práticas BDSM. 
A coleira - marka de servidão.

segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

E EU ME DERRETO


E quando Tu me tomas assim, como posse Tua, que eu esmaeço toda, me desmancho, me entrego; e Tu vais me domando como se eu vontade própria não tivesse; como se de Tu dependesse; e Tu vais destilando esse veneno embriagante de sedução que Tu provocas em mim,  produzindo esse torpor alucinógeno e alucinado de desejo por Ti... Subjugas-me e toma posse do prazer que meu corpo pode provocar em teus sádicos desejos... E eu me derreto toda!

DESVENDA-ME!

Mesmo que me vendasse os olhos,
 ainda assim eu Te sentirei
 no íntimos dos meus desejos...
porque Tua presença Marka minha vida!

domingo, 24 de dezembro de 2017

CHIBATA

É pequena
é firme
apenas um acessório de tortura ou prazer.
marka,
aquece ,
faz gozar...
A Chibata!