quarta-feira, 29 de março de 2017

ENTRE OS CAMINHOS





Nem podia imaginar o que uma simples ligação, um telefonema poderia causar num coração em alta voltagem BDSM. 
Não costumo atender ligações após as esse horário, quando estou no trabalho.  Afinal é meu horário de almoço, isso não me obriga a atender. Mas naquele dia, especialmente naquele dia atendi. E para minha surpresa era Ele. Com Aquele voz inconfundível. Com suas interpelações inimitável. Quando perguntou quem fala e Ele mesmo respondeu numa afirmativa interrogativa. Nesse momento o coração disparou, acelerou mesmo em batidas desritmadas, descompassadas, sem acreditar no que a mente ouvia.
Sim, não havia dúvidas, era Ele. A voz dele. A forma de falar Dele. 
Sabia que uma ordem chegaria. Como sempre, Ele é muito preciso, objetivo,  de uma praticidade que quase o mecaniza. Eu gosto por um lado, mas por outro lado eu detesto. Pois queria sentir a fluidez de  Suas emoções, ver  o sorriso emoldurando aquele rosto que tanto adoro.
O Mestre. Será eternamente meu Mestre, pois com Ele eu aprendo o que é necessário para nossa relação andar dentro das possibilidades.
Procuro sempre me moldar dentro de Seus padrões, pelo menos nalgumas coisas. O alvo final é alcançar o ponto ideal de Suas expectativas. Exclusivamente no Servir e serví-Lo.
Quando Ele se aproxima uma salada de sentimentos emolduram minhas atitudes. Medo, Desejo, Prazer, Vontade, Tesão... Amor. 
O Seu toque é algo que queima como larvas vulcânicas. Faz a Pressão Arterial subir,  as hemoglobinas entrarem em ebulição. A boca secar e a buceta umedecer. E emudece. Silêncio. Quebrado pela respiração desconserta, pelo pulsar acelerado, pelas mãos que geralmente  agem...
A boca seca fica lubrificada à medida que Seu cacete faz o movimento de vai e vem de forma acelerada, como se a garganta fosse uma pista de alta corrida, alta velocidade...
Quando a explosão multicor lubrifica tudo, entranhas à dentro a sensação de prazer completo  pode ser  sentida na quietude do coração que faz caminho reverso e vai voltando ao normal de sua aceleração.
Parece um samba em plena evolução, com harmonia completa, em avenida de carnaval.
A aquietação vai repousando  nos corpos, que outrora em frenesi se agitavam. Mestre e serva parecem retornar de uma viagem, ocorrida em esfera diferente. Mesmo, que, ainda embebecidos pelo prazer envolvente.
A realidade quente vai  se materializando e a volta à vida normal também. A viagem naquele momento chega ao fim. E estamos prontos para desembarcar.
Quando vem a pior das partes, é quando Ele vai por entre os caminhos da vida, se distanciando... Enquanto a serva fica puxando para si, com o olhar, aquelas pegadas, aqueles passos que se esvaem por ali...
Ficando desejos, saudades e uma serva...

 

CONFERÊNCIA




SABOR

 







saborear o  sabor de teu sabor
é deliciar-se com o sabor de teu sabor.


NO SILÊNCIO DA NOITE



na quietude da noite
um turbilhão de desejos
cheio de mistérios e recato 
emolduram o corpo

emudecido de paixão e tesão
porque na noite de Tua ausência...
o silêncio é que fala 
através dos toques...
ou não...



terça-feira, 28 de março de 2017

TU COMPLEMENTAS MINHAS TARAS


entre águas, 
rios 
e córregos de desejos
flui o gozo, 
de fato, 
no ato do prazer 
pois
Tu complementas
 minhas taras...

tua serva ylena

 


 

DEDOS DE SILÊNCIO




 
Rosy Feros

Vem…
Me toma à beira da noite,
caminha por mim
com seus passos molhados,
despeja seu rio no meu cálice
– pois minha emoção é só água.
Vem…
Que eu lhe dou um trago
deste meu vinho guardado,
destas minhas uvas
frescas de inverno…
Que eu derramo em gotas meu perfume
pelos quatro cantos do seu corpo,
vestindo sua pele com a camurça
da nudez e do silêncio.

(...)

MOMENTOS

são nesses momentos
de pensamentos
que queria saber quando Tu entras
em que momento tu gozas
se de sol ou de lua...





segunda-feira, 27 de março de 2017

UM MOMENTO PARA NÓS


Joana D'Arc

Para nós dois
Um momento...

Para cada um
O desejo

Para tua boca
Meu corpo

Para teu corpo
Meu beijo

Para teus braços
... os meus

Para minha boca
... a tua!

Para tuas mãos
... meus seios

Para tua cama
Eu, nua!

Para meus olhos
Teu riso...

Para os ouvidos
Segredos...

Para nós dois
O momento

Para o momento
Ensejos!

domingo, 26 de março de 2017

PRISÕES QUE LIBERTAM...


 liberdade para o prazer
prazer em estar Contigo
são estas prisões que libertam
minhas feras, minhas fantasias...



CINTURADA

Cinturada (presa)
este é o estado que a serva se encontra 
mesmo momento




 

sábado, 25 de março de 2017

NA IGUALDADE


homem e mulher se tornam prazer
na igualdade dos desejos...:
na pele sobre pele






NAQUELE MOMENTO...



Foi naquele momento em que o calor do Teu toque emaranhou-se com minha pele e sensações eruptivas exalavam em meu corpo.