<                           

























terça-feira, 1 de agosto de 2017

COMO SONHEI!





Eu estou arrasada comigo mesma. Planejei tanto, esperei tanto e vejo se esvaindo, escoando entre meus dedos. Mas ainda creio que nem tudo está totalmente ‘perdido’. Só precisa de uma readequação. Este período, de fato, as datas são muitíssimo complicadas para esta serva. Foram muitas negociações para planejar a agenda a fim de que estivesse disponível pós-data desses compromissos empresariais. Cacete! Cacete! Cacete!
Local não é problema. Nem deve protagonizar uma preocupação na mente; pois quanto a este tópico, resolvo, tenho solução.
Como sempre reafirmo, é o Sr. Tempo. Esse sim é quem pode interferir de alguma forma. Mas agora a agenda está fixa, imutável, pois cada data comprometida vai se esvaindo aos poucos (e no fim, restará apenas uma). Tempo propício para outros momentos, ‘como um descanso’ mais longo (pode ser um descanso bem markante), em qualquer lugar, de fato. Onde os desejos não sejam desfeitos, perturbados ou suspensos.
Na minha vida de serva, eu realmente nunca me incomodei em ir, em vir, qualquer dia, qualquer hora, qualquer lugar. É natural, ou deveria ser. Na verdade, eu sou do tipo que gosta de ser conduzida, de receber direcionamentos. Gosto de receber ordens; especialmente as ordens do Mestre. Apesar de alguns conflitos ou choques de interesses. Mas espero que tudo seja superável.
Só precisaria saber período, quantidade de tempo, início e final, distâncias ou proximidades, coisas que podem otimizar o momento. Sempre disponível, com as tais duas exceções.
Hoje comi uma azeitona com uma Marka muito especial. Como sonhei. Como sonhei!!  Caramba! Penso demais em meu Mestre! Sempre! Sempre!
Quero falar tantas coisas. Quero compartilhar algumas novidades que tenciono realizar. Quero “tagarelar”. Querendo reverter uns momentos da serva silente, obediente, para a serva feliz, falante.
Ah, meu mestre amado, creia-me, Desejo-TE mais que nunca! Cada dia esse desejo vai crescendo... crescendo...
Quero descansar em Teu prazer. Ou quem saber ser intensamente incomodada em Teu prazer, meu  Senhor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário