Mostrando postagens com marcador #ANIVERSÁRIO. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador #ANIVERSÁRIO. Mostrar todas as postagens

domingo, 27 de maio de 2018

PARABÉNS NESSA VOZ MARKANTE? UAU!!


Hoje tive que retroceder para o  dia especial de maio 27.
Dia lindo, onde nasceu uma serva. Com tendências sadomaso. E não apenas uma serva. É o nascimento em uma esfera onde Mestre e serva se confluem na mesma direção. Quando uma serva nasce é porque um Mestre também nasceu.
Os anos se passam, datas especiais chegam. Por isso nesta data desejo a mim e ao meu adorado Mestre, Senhor – ao meu Rei - como diriam os baianos parabéns e longevidade a uma relação que foi e sempre é coroada por momentos espetaculares. "Meu" DOM MARKA sempre foi markando minha vida, em todos os aspectos.
Mas a felicidade se ampliou ao ouvir aquela voz que me descomporta, me desconserta, me descompõe... Aquela voz que mesmo em sua suavidade, quietude, calmaria, transmite um avassalador poder de dominação que é simplesmente indescritível. Meu coração palpitou, a respiração ofegou. Achei, sinceramente, que iria ter um ‘treco’. Não sabia se ouvia, não sabia se falava, não sabia se respirava, não sabia se parava de respirar; tremulava toda, igual às bandeirolas de São João ou do Brasil, espalhadas pelas avenidas do bairro e nas portas dos carros que por aqui passavam...
Só quero Te dizer Mestre ADORADO, que agradeço com coração humilde todas Tuas palavras, que para mim foram os melhores presentes que recebi, cada uma delas fui engolindo, absorvendo e me deliciando. Eu sempre quero prolongar os momentos de Tua fala deliciosa, impositora, dominadora e relaxante. 
Parabéns para nós, meu ADORADO DM!
Minha gratidão!

quinta-feira, 12 de abril de 2018

DESESPERO X RAIVA X ALÍVIO




Há cerca de um mês não entrava nessa casa BDSM. Estava extremamente angustiada, desesperada e com muita raiva.  Minha mala de prazeres simplesmente sumiu. Justamente no momento em que estava muito empolgada, com treinamentos avançados e aí pluft! Vi tudo estagnar. Perdi a motivação, só queria chorar, não dava de providenciar outra em um tempo mais célere. Revirei a casa toda, repassei pela casa de parentes, por minhas propriedades, por cada local que poderia apresentar uma leve suspeita de ter ficado, e nada.
Pensei: não vou mais escrever nada. Não vou mais entrar no blog. Não vou mais... Aquela sensação de desconforto, medo, vergonha e desejo de ter tudo de volta.
Tinha aceitado e imposto desafios a mim mesma que estava conseguindo superar em 30%, estava empolgadíssima. Desanimei. Fiquei triste por demais. Chorei e como chorei.
Fui investigar quem tinha passado lá por minha casa no período páscoa pós páscoa. Minha mãezinha e sua netinha. 
- Minha linda, você por acaso não levou em suas coisas uma mala assim e assim? 
E ela respondeu que ia procurar, pois tinha levado tantas coisas que ainda sequer tinha visto tudo.  Eu sempre faço doações de coisas, como roupas, material higiênico, etc. e mando para ela distribuir ccom algumas pessoas lá nas entranhas do Estado. Pessoas que realmente  precisam.
- Sim, ylennah, tem uma mala aqui com essas características. O que tem dentro dela, minha filha?
Não sabia se ficava contente ou preocupada. O coração disparou.
- Coisas minhas... Não mexa, não abra! Deixe como está!
Tinha um cadeadozinho, frágil, que até puxando cederia. Mas estava contando com a integridade que ela sempre nos proporcionou, não violar o que não lhe pertence.
-Pois traga-a para mim, dá essa semana? Pago sua passagem. Tentei negociar, visto que ela mora num outro Estado, numa cidadela bem longe, longe mesmo. E só vem por aqui, de vez em quando, lá uma vezinha, quase a cada três meses.
Ela perguntou: - Posso mandar por outra pessoa, se aparecer alguém indo praí?
Não!!!!
-Eu espero a sra. trazer até mim.
Já imaginou outra pessoa trazendo? E se aguçasse a curiosidade em saber o conteúdo de dentro da mala? O coração disparou mais ainda.
Finalmente, esta semana ela veio. Nunca foi tão bem vinda aqui! Ela foi recebida com um abraço esfuziante, muitos sorrisos e um descarrego (de alívio) que estava sobre mim, sobre meus ombros.
Agora, a partir da próxima semana um recomeço. Fazer uma higienização total em tudo. E voltar os treinos e recuperar o tempo perdido e as práticas que ficaram paradas pelo desânimo e falta de objetos.
Voltarei também a fazer as postagens, interrompidas ainda com a homenagem às mulheres de todas das configurações.
Ainda tentando adequar vida profissional, acadêmica (voltei a estudar) e outros desafios sociais de ampla magnitude. Reformulando a agenda para atender aquilo que me move de paixão: o BSDM. Saudades desgraçada do meu venerado Mestre Dom Marka.
Então, interpretei esse mês de ‘paralisação’ como o meu mês sabático. Agora chega de retrocessos, vamos avante com novas perspectivas. Pensando em tirar uns dias de férias para descansar e disponibilizar um pouco de tempo ao (meu) prazer.
E como sempre algumas adequações na tão concorrida agenda de 2018, onde os últimos finais de semana de abril, maio, julho estarão ocupados com compromissos administrativos, fora da cidade.
Agora com novo alento, com novas motivações, correr para cuidar do que importa!


terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

MAGNETIZA-ME, MESTRE!

 
o teu toque é muito mais que um simples toque
é  a expressão de desejo sobre desejo
de carne sobre carne
é um magnético
é uma força que me envolve, 
me conduz e me seduz.
Adoro-Te, meu mestre!


quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

AQUELE TOQUE...

Alucinei-me quando senti aquele 
teu toque invadindo meus prazeres
causando esse 'furor' de desejos 
em meu corpo untado de tantas esperas.
Alucinei-me, ao sentir teus dedos 
tecendo contornos de  quereres 
em minha boca quente
Alucinei-me a sentir teu gozo
 premiando-me com teu membro
inundando minhas taras por Ti.
Cada toque Teu alucinava-me mais ainda...

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

PRAZER SEM TAMANHO

 
 
 
 

Os desejos que nutrem o corpo independem do formato de cada um, de gênero - homem ou mulher. Existem pessoas magras e existem pessoas FAT ou PLUS SIGE (são os nomes usados para 'amenizar' o peso e  a pronúncia se tornar mais elegante).
No meio BDSM, também existem pessoas, mulheres, submissas de todas as formas. Até porque o BDSM é universal e globalizado, está em todos os continentes. Assim como o prazer...
Prazer em dar, prazer em receber, prazer em ser...
Então, vivamos este prazer, sem culpa.
Mas...
Vale a pena buscar uma vida e corpo saudáveis, dentro do peso ideal para que outras possibilidades possam acontecer.

domingo, 4 de fevereiro de 2018

IRMÃS DE COLEIRA - AINDA (R)EXISTE?



Algumas submissas veem isso como um castigo, outras como uma dádiva ou algo que venha 'esquentar' o servir do Mestre.
Nem sempre a famosa irmã de coleira é uma escolha de uma das submissas. É apenas um desejo fantasioso do próprio dominador que quer, por vezes, mostrar seu poder de dominação, condução e/ou administração. Nalguns casos até mesmo de exibição... Tive uma amiga submissa "athina"  que achava que: "a relação é dele (dominador), que ela não tem nada a ver com isso".
Certamente que um dominador pode ter quantas escravas consiga administrar em sua senzala e ter a certeza de que tudo possa correr bem - para o bem e felicidade geral de todos. E isso pode ser medido pelo grau de satisfação de cada uma das escravas envolvidas, da dedicação, da entrega, do apreço, do desejo e do tesão em servir ao seu Mestre e senhor dominador. Mas vale ressaltar que numa relação assim não cabe espaço para ciúmes, meninices, possessividades, afinal a serva é apenas a serva; aquela que obedece, que se submete, que oferece sua servidão ou escravidão àquela pessoa  a quem consentiu essa dominação de seus desejos sadomaso. Cada pessoa tem seu espaço próprio, seu momento. Mas claro que deve ser especialmente delicioso cada uma poder se sentir única e especial. 
Eu mesma disse uma certa vez ao Mestre que as pessoas nasceram para cada finalidade, umas para serem especialistas em determinadas coisas na vida; outras apenas para chupar um cacete com maestria, há ainda outras que fazem um prolapso inalcançável, e outras mais, para  fazer todas as putarias numa só pessoa.
Uma irmã de coleira é algo que pode dizer somente respeito ao dominador. Ele não precisa de consentimento de uma escrava sua para ter quantas submissas queira! 
Mas será que consegue satisfazer a si e a tantas?

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

SENSAÇÕES

 
 
Que sensações são essas 
que chegam sem avisar
que prendem sem prender?
que markam sem markar?

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

O DIA ERA TEU... MAS O DESTINO ERA NOSSO!

Tu surgiste como uma brisa impetuosa,
'queimando' meus anseios,
Traduzindo tempestade de emoções
Num entardecer anoitecido...
Obra do acaso?
Não! Não creio ter sido!
Pois já estava escrito nas linhas do destino que
Nossos traços se envolveriam,
nossos desejos se cruzariam
Regado pelos Teus próprios desejos, delírios, anseios e tesão... Eu pronta para Te receber, exalando esse cheiro de depravação, de devassidão, de puta vadia louca por ser usada por Tuas taras
Era um dia teu
Foi um dia nosso, pois somos do mesmo espaço!
Acreditas?!
O que posso dizer-te?
Parabéns a ti por me ofertar  teu eu.  Parabéns a mim por ter a oportunidade de poder estar em Tua presença magnânima
Desejo-te de presente, hoje e sempre,
eu mesma!
Meu muito obrigada, meu adorado mestre Dom Marka!