<                           

























Mostrando postagens com marcador #BDSM. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador #BDSM. Mostrar todas as postagens

sábado, 23 de setembro de 2017

TU PODES!




Mestre,
Pode me levar 
quanto mais perto do teu prazer
melhor fica
Sempre!


DA REALIDADE À FANTASIA - PERCURSO

A realidade é que a fantasia é a mais real manifestação dos desejos reais. É lá que nasce, que é gerada. A materialização é apenas uma questão de toque...
Mestre, que minhas fantasias sejam tuas realidades
que minhas realidades sejam tuas fantasias

que nossas fantasias sejam nossas realidades.... num percurso de luxúrias, lascívias e desejos possíveis...



COMEÇANDO O DIA!

Para começar o dia com aquela sensação...






sexta-feira, 22 de setembro de 2017

OS DESEJOS...




Os desejos
Sempre são as ratificações daquilo que se almeja alcançar
Por isso permanecem sempre vivos, alertas, andantes...
como os meus desejos por Ti, meu Mestre! 


NA ALEGRIA OU NA DOR...






Sempre à disposição.
uma serva não pede, apenas aceita 
e quando pede é Por Favor...
Sua postura é de servir quer na alegria, quer na dor.

ESSA É A MINHA ESCRAVIDÃO A TI!




   

A minha escravidão a TI não é nenhuma brincadeira de mulher, não é uma fantasia irrealista, é minha condição de vida, por mim mesma escolhida para TEU prazer dominador. É assim que quero TE servir. É assim que quero viver. Não TO peço retribuição, apenas que aceites essa minha entrega  inconsequente e responsável – sem pensar em qualquer consequência. 

 

Minha escravidão a TI é a expressão máxima da minha dedicação, da minha oferta de corpo, de vida e de alma. Se TU assim  me quiseres e desejares: estou aqui, para ser ensinada para TEU prazer e para TE servir de meu corpo, de minhas horas, de meus sentimentos, de minhas dores, de minhas alegrias quando em TUA presença – quer TU presente de corpo ou ausente de corpo. Porque TUA presença se reflete pela TUA marka já grifada em meu coração, em minha construção de serva, desde o “nada” que me pegastes, ainda informe e a cada dia me transformas nessa escrava submissa ao TEU absoluto querer.

 

A minha escravidão a TI, vem dos depósitos por TI feitos: através da confiança, dos TEUS ensinos,  das TUAS horas disponibilizadas a mim, pela confiança em mim depositada, não por meu merecimento, mas porque fui e estou sendo construída com TUA marka.
 

A minha escravidão a TI é irreversível, porque minha entrega é total e eterna. Haja o que houver nada mudará o fato de a TI pertencer. Nem mesmo TU. Porque essa decisão pertence ao meu espírito, à minha alma, ao meu coração e ao meu corpo. TUA rejeição, se houver, não será o fim, mas  servirá de incentivo para melhor me aperfeiçoar e purificada de meus “eus”, ir me enchendo  e sendo preenchida pelos TEUS “tus”. 

 

A minha escravidão a TI sou eu mesma. Um nada. Uma vadia. Uma serva. Uma escrava. Uma mulher e fêmea totalmente submissa ao TEU querer. Eu sou TUA submissa sem limite de tempo, distância, espaço ou querer. Percebes TUAS markas em minha escravidão a TI?

 É assim essa MINHA ESCRAVIDÃO A TI!

tua serva
ylena
 



quinta-feira, 21 de setembro de 2017

TEU CACETE: UM CONVITE!


 
Quando vi teu cacete  meio escondido, assim meio oferecido tive vontade de senti-lo crescer em minha boca e preenchendo minha respiração até explodir garganta abaixo. Lambuzando meus desejos com Tua paixão e gozo. Puxando-me cada vez mais para pertinho de Teu prazer...
Olha, um Não nem sempre é um não. É apenas o calor da inconsciência falando, sem medir a real dimensão do que o corpo quer...
Adoro quando Tu sequer cogitas em a mim obedecer! Olha o meu não como um convite a transgredir as barreiras de todos os desejos. Claro! não poderia ser diferente!, pois para isso é que existe a safeword, para coibir os sonhos da fraqueza do não preparo. Mas também por outro lado, para incentivar a ir mais além... além de sentir um cacete garganta abaixo. De sentir o peso-pesado ou o peso-leve da obediência, da entrega...
De volta aos treinos, de volta à resistência de tempo. de volta à tudo... ou quase tudo, pois tem coisa que não depende totalmente da gente...

SEMPRE UMA ALEGRIA






A alegria é sempre renovada quando o Mestre se manifesta. Fico sempre feliz em ouvi-lo. Isso vai mexendo com tudo em minha consistência de serva.
Mas a alegria mesmo vem da buceta. Caramba como ela pula feliz, parece uma fêmea frenética dançando frevo.
E hoje ela está assim, nesse frenesi, nesse desejo, nessas sensações... Por pensar Nele.
Ir 'ali no banheiro' é ato que vai ficando mais repetitivo, para 'aliviar' as tensões.
Por fim as tristezas sentidas, vão se esvaindo e dando lugar à consciência da serva; onde se sabe que  não é perfeita, que às vezes é relapsa, erra, faz errado; mas que também tenta acertar.
Oportunamente, qualquer dia desses, alistarei minhas séries de erros, os mais graves.
Olhar para o Mestre é erro? É... Mas será que é erro grave? Num sei... Sem permissão tudo foge da 'regra'. Não se pode fazer o que não foi consentido.
Eu sempre aprendo um pouco mais a cada  nova experiência. Apesar de que ainda tem uns comportamentos reincidentes, que precisam, aliás, serem abandonados, aniquilados, esquecidos;  e assim aquela alegria que a presença do Mestre produz em mim possa aflorar com mais intensidade, com mais felicidade. A felicidade da entrega,  da sessão, do momento D. Onde perna treme, não obedece ao comando do corpo e sim dos desejos...
Vou voltar aos  estudos, rumo aos doutorados da vida...

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

NEM TODO DESEJO SE REALIZA

Quando criança ouvia muito sobre o Alladin e a lâmpada maravilhosa. Onde quem tivesse o privilégio de encontrá-la com um esfregãozinho  fazia sair dali um gênio que realizava os desejos, em pelo menos três. Nunca fui muito vaidosa, mas sempre desejei algumas coisas inusitadas, não usuais em minha vida. Quando  bem mais nova conheci uma alta figura do Ministério da Justiça, "meu Comandante", era assim que eu o chamava; pelo posto que ocupava e por denotar sua autoridade. Foi alguém especial à minha pessoa. Um grande amor, enquanto durou.
Depois que comecei a me enveredar pelos caminhos BDSM meus desejos tomaram esses rumos inusitados. Fui despertando em mim uns fetiches que mexiam não apenas com minha imaginação, mas com meu corpo, com minha libido, meus desejos. E, ao ter contato com o mestre pude melhor ir trabalhando essa via de desejos. Nosso primeiro encontro, foi uma sessão praticamente completa. Eu não sabia de nada real, e ali puder vislumbrar nuances da vida bdsm. E confesso: fiquei fascinada. Um misto de sobressaltos e desejos. Não sabia quem era essa fêmea que ali nascia com capas e vestimentas de "putinha" (adoro quando o Mestre assim me chama).
Enfim, no decorrer do tempo a gente amadurece ou não.  Aprendi muito. E como! Ele teve a prontidão em me direcionar por caminhas excepcionais. O que sempre lhe serei grata. Descobri que há em cada mulher, ou em mim um potencial muito relevante para transformar um macho  num poço de prazer ou vice-versa.
Nunca fui perfeita, de fato, falhei e algumas vezes por lapsos de atenção; pequenos detalhes. 
Sempre oriento em postagens como uma serva deve se preparar para uma sessão. Dos cuidados, das preliminares, dos acessórios. Por isso tudo tem que ser costurado com uma certa antecedência, com  as pautas pontualmente  acertadas. Não deixar dúvidas, ou brechas para outra margem  de interpretação.
A questão alimentar é de fundamental importância. Os alimentos devem ser escolhidos de forma que não venha  ser um desconforto no momento do prazer. Particularmente não como nada sólido, por uns dois dias. mas descobri que até nas coisas líquidas se corre o risco de não estar adequada. Um suco como marajá, goiaba, deixam de ser inocentes "líquidos" e se tornam armas pesadas ao estômago, intestino. Aí já era.
Mas para limpezas intestinais pode-se usar de artefatos e terapias medicamentosas que podem resolver esse tipo de problema. Um enema farmacêutico, por exemplo, laxantes, duchas são acessórios que podem compor uma cena ou uma mala. Sugiro que se leve sempre! Eu levo.
Roupas íntimas não vou fazer muita diferença. Até porque, muitos senhores preferem que suas servas esteja totalmente desnudas. Assim facilita o acesso a elas, a seus corpos... Entretanto, não se pode esquecer de outros completos, além do roteiro a seguir; como se deve ir, o que deve se levar; assim, deixa-se o supérfluo e se leva o essencial. Invés de 2, 3 malas, necesséries, bolsas, vai apenas uma com tudo.
Meus desejos são um tanto estranhos, diria eu. Queria o gênio aqui para efetivar meus pedidos. Queria consertar alguns erros, alguns equívocos, alguns tempos que foi escoando pelos dedos no decorrer dessa minha caminhada. Queria estar  com mais assiduidade com o Mestre, com mais intensidade... Não teria apenas 3 desejos. Seriam uma coleção de desejos!
Espero sempre ter a oportunidade de mudar.  E por falar em mudança. Creio que este ano será incisivo em minha vida, em todos os aspectos. Profissional, familiar, saúde, acadêmica, bdsm. Quero fazer procedimentos que exigem sangue frio, sangue quente, saúdes, desejos, vontades... Tantas coisas. Quero mudar de transporte, por exemplo, fazer uma revisão geral, trocar o que preciso for pra deixa-lo prefeito e doar... Já estou a pesquisar há algum tempo um zero km. Se necessário for até mudar de área. Uma vez uma pessoa me disse que sou apegada aqui. Mas não sou. Precisaria de um motivo convincente para me levar para qualquer parte. Hoje estou num momento em que minhas raízes estão mais frouxas.
No entanto, a única coisa que permanece sólida em mim são meus desejos pelo Mestre. Isso nunca muda. Nada muda isso. Fico chateada comigo, com as situações e às vezes até com ele. Sinto-me punida quando  me é tirada a presença Dele. Por  conveniências Dele ou mesmo pretextos meus ou indisciplinado minhas...
Queria realizar meus desejos. Aqueles que discretamente O envolvem, mesmo de longe... Eu sei que Tu bem sabes que meus desejos podem ser fortalecidos com Teus norteamentos... Não me deixe na angústia de Tua ausência, pois isso é punição mais severa que qualquer spanking... ou ainda mais que qualquer dor no corpo!...

Tua serva
ylena


A MARKA DA OBEDIÊNCIA


 Dos toques sentidos
apenas a marka markada ficou...

APENAS ÊXTASES DE UM MOMENTO






Em cada momento 
diferenciados êxtases 




domingo, 17 de setembro de 2017