Mostrando postagens com marcador #SLAVE. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador #SLAVE. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

QUE TRAÇOS

Markas 
que traçam 
e delineiam:
desejos
prazeres
fetiches
amores
tesões
sensações
paixões
markas...

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

IMPRESSIONADA - IMPRESSIONANTES



Alguns autores me impressionam pela intensidade de suas palavras, de suas vivências e de suas impressões; Freud, Shakespeare,  Martha Medeiros, Vinicius de Morais entre outros tantos traduzem de forma espetacular sentimentos de tantos e tantas, que fazem escorrer entre as letras nossos desejos, nossas luxúrias...
Eu, ylena, serva de Dom Marka não sou imune a essas sensações, a essas listas de enunciados, de desejos desenfreados, pornográficos,  acalantadoras...
Eu sinto desejos loucos, alucinados e às vezes poder-se-ia dizer estranhos. Meu adorado Mestre provoca em mim sensações maravilhosas, que me deixam maravilhada, desejosa, ansiosa em que as mesmas sejam cada vez mais constantes, repetidas e renovadas...
Não tem como uma fêmea de verdade, e eu me acho uma, ficar imune ou passiva a um turbilhão de sensações que um dominador produz num momento de extremo êxtase!
Meu mestre adorado, reverenciado e sempre desejado tem esse poder dominador, que induz e transforma um simples ato num evento grandioso, magnânimo!
É por isso que eu luto, às vezes, até comigo mesma, para alcançar e superar alguns desafios; praticar alguns desejos; correr contra o tempo e contra desejos particulares.
As lições aprendidas são enciclopédicas, um verdadeiro compêndio para melhor me posicionar diante desse encantado mundo bdsm, encravado de pegadas de markas de prazer!

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

REFLEXÕES DE UMA SERVA!



Durante vários anos, há mais de uma década, aproximadamente, enveredei-me por este caminho que chamo de fascinante mundo do BDSM. E isso foi me rebatizando com uma nova roupagem, novos desejos, novas posturas. Os contatos com as pessoas deste meio me enriqueceram o conhecimento do que é este estilo. Entretanto, e obviamente, o contato mais especial e essencial foi com meu Mestre e Senhor, Dom Marka, a quem dediquei minha servidão. Com Ele aprendi o que é de fato bdsm. Foi algo crescente, que cada vez mais me moldava, me ensinava, me acondicionava dentro do caráter bdsm e de suas próprias vontades.
Fui me lambuzando, me envolvendo... E é impossível não se envolver com todas essas magias, feitiços e seduções que o BDSM desperta na mente da gente, na minha mente, em meus desejos... Traz uma agonia, uma inquietação que vem acoplada com aquela vontade de quero mais, de se aprofundar mais, de desejar mais... E sempre mais...  Com uma linguagem única, particular, que nem palavras  traduziriam o sentido real...
Fui tateando brechas, formando desejos,  criando momentos, esperando o tempo; até cruzar vários arco-íris, de forma que esses caminhos  me conduzissem ao Mestre... Só pelo prazer que Ele a mim causa. Especificamente se posso  provocar o  prazer Dele.
        Tive, também, a voz embargada, markada pelo refugo da mordaça invisível. Tantas cordas sem laços, sem amarras, fazendo companhia para um excêntrico desejo vermelho repleto de tantos sonhos: quantos sonhos, Dom Marka, foram realizados Contigo! E quantos ainda desejo que sejam realizados! E na minha mente ainda reside uma imagem viva de uma serva ajoelhada (e perfumada), de mãos postas, esperando seu Mestre e Senhor com todo seu gozo e prazer... Teus prazeres mais obscenos, loucos, desvairados, sensuais, ousados e imorais. Aqueles que elevam as carnes e faz delirar o espírito. Esta centelha de amor BDSM que ultrapassa todos os limites do entendimento humano. Que faz meu coração acelerar...
Quantas emoções senti, vivi, revivi...
Do medo à respiração ofegante, da espera, da dor, do chorar, do sorrir, do sonhar. Do toque... e quantos toques visíveis e invisíveis, com Tuas mãos, com meus pensamentos, com Tua voz, com Teus passos, com cada ação Tua... Quase impossível não pensar em Ti, como já repetidamente digo. De não desejar Teu cacete  me asfixiando a boca e garganta... Sentindo-o  crescer ali, como se fosse seu habitat natural e sentir sua pulsação explodindo...
Quem disse que esta serva quer pena?!
É quase um pedinte... Pode ser. Mas é uma serva suplicante para agradar seu Mestre adorado. E até naqueles momentos de falhas, queria poder não falhar. Queria apagar passados, queria refazer passados. Queria acertar presentes... Queria reviver tudo o que deu certo, sem fronteiras e de forma ilimítrofe!
Onde tentei escrever com muitas ou poucas palavras para somente Te expressar o tom desse meu imensurável amor bdsm. Um amor totalmente submisso a Ti. Que me faz ser...
Ser uma serva cheia de dor
Ser uma serva cheia de amor 
Ser uma serva cheia de olor...
Esse odor de servidão, que somente meu Mestre produz em mim. Eu sempre vou agradecer pelos ensinos. Obrigada, sempre, Mestre, porque minha saga de submissa só se completa CONTIGO, com Tuas ordens, com Tuas MARKAS. Sempre.

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

CENTELHA BDSM


 


 
Ah, esta centelha de amor BDSM 
que ultrapassa todos os limites 
do entendimento humano. 
Sem precisar de explicações plausíveis...
 

sábado, 16 de dezembro de 2017

É NATURAL


É natural sentir Tua falta
É natural pensar em Ti
Lembras-Te?
Tu chegastes em minha vida
markando territórios
limitando liberdades
controlando sensações
É natural querer Te encontrar
É natural querer Te ver 
sentir Tua voz de comando
Tua marka invadindo
tocando, remexendo
empurrando
provocando indescritíveis sensações
É natural ir ao Teu encontro
seja aqui, ali, acolá,
É natural Te chamar de Mestre, de Senhor, de Dono
pois é natural que Contigo assim eu me sinta
É natural me achar serva, escrava, submissa
É natural seguir Tuas sendas, Teus passos e Teus traços
É natural sentir saudades de Ti...
É natural desejar Tua Marka!

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

ESPASMOS




Todos os espasmos de tesão e prazer
se revelam quando em Ti me acho ou me perco...

Pois somente TU me fazes me perder 
"em espasmos orgásmicos” 
como aqueles que em mim provocastes 
e provocas sempre...

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

EU ADORO...







Adoro quando Tu me pegas 
com aquele Teu jeito de dominar
com aquela Tua pegada forte
inusitada, única...
Me extasiando de prazer 
numa foda boca-cu-buceta alucinada!