<                           

























Mostrando postagens com marcador BABE. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador BABE. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

ESSA É A MINHA ESCRAVIDÃO A TI!




   

A minha escravidão a TI não é nenhuma brincadeira de mulher, não é uma fantasia irrealista, é minha condição de vida, por mim mesma escolhida para TEU prazer dominador. É assim que quero TE servir. É assim que quero viver. Não TO peço retribuição, apenas que aceites essa minha entrega  inconsequente e responsável – sem pensar em qualquer consequência. 

 

Minha escravidão a TI é a expressão máxima da minha dedicação, da minha oferta de corpo, de vida e de alma. Se TU assim  me quiseres e desejares: estou aqui, para ser ensinada para TEU prazer e para TE servir de meu corpo, de minhas horas, de meus sentimentos, de minhas dores, de minhas alegrias quando em TUA presença – quer TU presente de corpo ou ausente de corpo. Porque TUA presença se reflete pela TUA marka já grifada em meu coração, em minha construção de serva, desde o “nada” que me pegastes, ainda informe e a cada dia me transformas nessa escrava submissa ao TEU absoluto querer.

 

A minha escravidão a TI, vem dos depósitos por TI feitos: através da confiança, dos TEUS ensinos,  das TUAS horas disponibilizadas a mim, pela confiança em mim depositada, não por meu merecimento, mas porque fui e estou sendo construída com TUA marka.
 

A minha escravidão a TI é irreversível, porque minha entrega é total e eterna. Haja o que houver nada mudará o fato de a TI pertencer. Nem mesmo TU. Porque essa decisão pertence ao meu espírito, à minha alma, ao meu coração e ao meu corpo. TUA rejeição, se houver, não será o fim, mas  servirá de incentivo para melhor me aperfeiçoar e purificada de meus “eus”, ir me enchendo  e sendo preenchida pelos TEUS “tus”. 

 

A minha escravidão a TI sou eu mesma. Um nada. Uma vadia. Uma serva. Uma escrava. Uma mulher e fêmea totalmente submissa ao TEU querer. Eu sou TUA submissa sem limite de tempo, distância, espaço ou querer. Percebes TUAS markas em minha escravidão a TI?

 É assim essa MINHA ESCRAVIDÃO A TI!

tua serva
ylena
 



sábado, 16 de setembro de 2017

É ASSIM





ficar assim
ficar ali
ficar...
apenas ficar onde o Mestre quer
ou 
apenas ir
ir aonde o Mestre quer
apenas obedecer...


segunda-feira, 11 de setembro de 2017

ESPERO QUE ESTEJA TUDO AQUI!


Vou pensando aqui com meus botões. Tantas coisas passam pela mente.
Arrumando aqui essas coisas, encontrei umas velas de Natal. Aí pensei em velas. Sei que velas é para iluminar, embelezar. Mas creio que no bdsm serve também para exercitar o prazer sádico do Top e assanhar o fogo de algumas submissas. Nunca usei, mas confesso que a curiosidade aumentou, apesar de que não saberia qual seria a ideal.
Pedi algumas coisas, poucas - 3; acaba de chegar uma -  o bastão, mas nem conferi, já empacotei na mala juntamente com velhos desejos. Ainda não sei exatamente quais seriam  os acessórios, digamos, mais indispensáveis pra deixar uma mala bem completinha. Mas espero que  possa descobrir logo, logo. Assim seria mais interessante a mim e para o momento que deles precisar.
Quando se compra pela internet, a forma de envio faz toda diferença! Umas são mais rápidas, outras mais delongadas, atrasadas causando alguns contratempos, mas nada que venha impossibilitar uma boa sessão, por exemplo. 
Creio que dentro de algum tempo precise mudar a maleta para melhor acondicionar os pertences. Visto que a intenção é de fazer a 'família' crescer.
Fiquei admirada assistindo De Pernas Pro Ar ( 1 e 2). A coleção de acessórios que ali são mostradas é coisa de enlouquecer qualquer mulher. É impressionante!
Mas o importante mesmo, creio, não seja apenas uma coleção de brinquedos que erotizam,  mas o momento de compartilhar da presença do Mestre, pois há tantas formas de entrega, tantas formas de se proporcionar satisfação que por vezes esses elementos nem são necessários...
O que comer? O que não comer? O que fazer? Muitas perguntas para esta cabecinha. Eu, gostaria de saber, por exemplo o que meu Mestre apreciaria, gostaria que tivéssemos um momento em que pudéssemos esquecer tudo e viver esse momento extensivamente de prazeres. 
Ai... ai...

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

ENTRELAÇAMENTOS


Corpos que se enlaçam
num baile,
num aconchego,
que se aquecem,
que se laçam,
que se perdem,
que se acham,
numa explosão 
de tesão e dengo

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

COMO PODE?



Como pode não se sentir a presença imaginária
num toque inesxistente
daquele que faz parte persistentemente
da essência de uma pessoa?
Como poderia eu, uma simples serva Tua
não rememorar em meus momentos "a sós Contigo"
cada gesto Teu,
cada emoção traduzida nos agri-doces da vida
nos favos e mel, melados, gozados
nas sensações de preenchimento
de completude...
???
 Tu sempre fará parte dos meus loucos pensamentos e desejos, Mestre!

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

FACES DE UM MOMENTO...





o Teu chegar
o Teu andar
mostra-me que 
Tu és o "ser"
da minha veneração;
por isso 
me ajoelho,
por isso
me prostro, 
por isso 
Te desejo...
por isso
me entrego!...

PERDIDAMENTE



Luis Represas


Ser poeta é ser mais alto,é ser maior
do que os homens, morder como quem beija...

É ter de mil desejos o explendor
E não saber sequer que se deseja
É ter ca dentro um astro que flameja
É ter garras e asas de condor...

É ter fome, é ter sede de infinito
Por elmo, manhãs d'ouro e de cetim
É condensar o mundo num só grito...

E é amar-te assim, perdidamente
É seres alma e sangue e vida em mim
E dizê-lo cantando, a toda a gente...

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

ESPERO-TE AINDA HOJE

   

 
Bela



Deito em meu travesseiro pensando em você
O sono demora a chegar
assim como eu demoro a te esquecer
Talvez o sono não chegue
Talvez eu jamais te esqueça

Entrastes em mim com minha permissão
Chegastes no momento exato
Da forma mais linda de se chegar em alguém
Meu coração te esperava
Viestes numa mansidão avassaladora
Como as gotas d'água de uma tarde chuvosa
Que causam estragos quando se unem

Meus sentimentos uniram-se à você
Tua mansidão. Minha espera.
Meu sorriso feliz ao avistar-te

Penso que podes ser minha,
que posso ser sua
Já sou sua?
Talvez não quero que sejas minha

Pertencer-te é um prêmio,
mas eu não fiz por merecê-lo ainda
As provações foram poucas,
os poucos anos que nos conhecemos
passaram-se numa rapidez surpreendente como se fossem dias.
Dias felizes ao teu lado sem estar contigo

Volto a sonhar,
mas é um sonhar acordado
como quem não deseja dormir
Como se pensar em ti fosse uma dádiva de 24 horas
Mesmo que sejam pensamentos repetitivos
Pela nossa pouca vivência juntas

Tua mansidão me surpreende
e me surpreendo ao esperar-te,
ao sonhar-te.

Estavas tão perto de mim,
Segundos me separaram de ti
foi-se para longe, mas assim vejo-te por inteira
onde fotografo-te no teu jeito,
nas tuas escolhas,
na tua solidão escolhida e desejada
Tua solidão de mim
Minha solidão obrigatória de ti

Posso ver-te indo embora
Levando contigo um sonho meu
Carregas os pés que toquei,
as mãos que senti,
o sorriso que me apaixonou.

Espero-te ainda hoje
e como hoje, todos os meus outros dias te esperarei
Revoltar-me não posso
Ou perco tempo em conquistar-te

Espero-te ainda hoje,
Com a certeza de quem aguarda
a luminosidade do dia que amanhece
e cada noite que se anuncia sombria
onde fecho meus olhos
abraço meu travesseiro
sonhando que ele é você. 
 
 

sexta-feira, 28 de julho de 2017

ME DERRETO



Nandaevc

Quando vejo seu olhar parado, pousado sobre mim...
Me derreto
Quando ouço seu zíper descer, quando vejo o cinto pela sua calça correr.
Sentindo seu tapa, o rosto quente, lambendo você....
Em todas estas situações, me derreto.
Ajoelhada em sua frente, bebendo teu prazer, virada, de quatro pra ti, sentindo todo você,
Quando me segura pelas ancas,
Quando de cadela montado em mim me transforma potranca,
Quando jorra em meus seios... Me derreto.
Me derreto ao ouvir o som da porta abrindo,
ao ver você sorrindo
Quando vejo seu orgasmo
Quando faz de mim o seu brinquedo e também, ás vezes que não quero, porque sinto medo....
Ainda assim, me derreto.
Me derreto e escorro em sua língua ou
quando você está por cima e sinto todo o seu peso.
Sua forma de se apoderar, de me controlar, de me dominar, de me segurar....
Os orgasmos de presente.
A voz em meu ouvido, seu hálito quente e toda segurança ao me penetrar...
Quando ri de mim,
Quando chama querendo-me servil abraçada em suas pernas na cama, descoberta, engatinhando em sua direção, apaixonada, com tesão, cabeça baixa, explorada, submissa às tuas vontades, cadela em sua procura, com a calcinha molhada, implorando que me tenha.
No anal prazer e dor, nos teus olhos amor, te conto e grito a todos agora:
EU ME DERRETO!
Pedindo permissão para gozar...
Esperando sua resposta... Me derreto.
Me derreto quando lembro de ti, quando me toco sozinha chamando seu nome, quando ponho sua coleira, quando vejo você...
E depois do prazer, mesmo que ainda derretida, se me procura de novo...
Eu me ofereço.

quinta-feira, 27 de julho de 2017

NE ME QUITTE PAS





"Laisse-moi devenir
L'ombre de ton ombre
L'ombre de ta main
L'ombre de ton chien
Ne me quitte pas"




Deixe que eu me torne
A sombra de tua sombra
A sombra de tua mão
A sombra de teu cão
Não me abandone