Mostrando postagens com marcador BRASÍLIA. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador BRASÍLIA. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

ALIVIO E TESÃO


até que chegue o alívio do tesão
que se completa quando teu jorro, 
inunda esses desejos primitivos de fêmea no cio

de serva entregue...



sábado, 29 de julho de 2017

24/7 - VEM AQUI, TEU DONO ESTÁ CHAMANDO!





 



No dia 24/7 foi comemorado o DIA MUNDIAL DO BDSM. Dentro do universo BDSM essa data específica tem um significado muito particular; pois se associa a uma intensa relação de 24 horas por dia e 7 dias por semana. Alguns conseguem a proeza de ter uma relação baseada no 24/7, onde o dominante controla quase que em totalidade a vida de seu dominado.
A linguagem que permeia o mundo BDSM é universal. O que se fala no Brasil, fala-se na Rússia, nos Estados Unidos, em Portugal, Itália, na Alemanha, enfim! até mesmo em países super fechados dos continentes Africano  e Asiático, e sabe por que? Porque o prazer não tem cor, não tem religião, não tem sexo, não tem idade (ressalva-se que deve ser praticado exclusivamente por maiores de 18 anos e em condições de saúde física e mental equilibradas). Homem e mulher sentem sua libido exacerbar quando tocados, quando provocados no corpo, quando estimulados. Mesmo que seja um prazer manifestado de forma um pouco diferente que o tradicional.
Hoje em dia, por conta de interatividade  e da globalização, a comunicação ficou mais célere e isso facilitou o acesso,  "o levar e trazer" informações do que acontece no mundo todo para todos os lados. 
Alguns Masteres usam da liturgia, outros são mais conservadores, discretos; uns preferem uma relação onde possam expressar seu sadismo com mais veemência, assim convence com mais facilidade a quem lhe serve. Outros bastam apenas um olhar, um gesto que a cadelinha vai abanando o rabo.
Há ordens e ordens, cada uma com seus peculiares sentidos. Mais ainda ressalto que tudo deve ser previamente acordado entre as partes envolvidas, para não incorrer no risco de ter algo que venha desagradar alguém. Mas é sempre bom superar os limites, descobrir novas formas de dar e receber prazer através do corpo.
A data de 24/7 foi referendado em 2003, por Kurt Walter Fisher, um amante do BDSM de nacionalidade Suíça que morava na Espanha e era um dos proprietários do Club Social ROSAS5,  em Barcelona, para celebrar  o dia mundial do BDSM. Ele promoveu uma recreação em 24/7 onde os participantes pudessem ter essa data para celebrar suas paixões, seus desejos, seus fetiches. O sucesso foi tanto que aos poucos outros clubes se interessaram pelo assunto e assim, teve um alcance de cunho internacional.
Foi propositadamente escolhida por corresponder ao símbolo mundialmente usado para as relações 24/7 dentro da comunidade BDSM. Foi o primeiro clube de BDSM deste estilo na Europa. E aos poucos foi alcançando outras grandes cidades europeias. Desde então, o Club Rosas5 organiza e realiza eventos acerca de 24/7 para celebração do Dia Internacional do BDSM. Hoje essa data é celebrada no mundo todo.
Claro que ainda existem pessoas que não aceitam tal prática. Assim como existem pessoas que não concordam com o comunismo, com o presidencialismo, com a ditadura, com a monarquia, com o parlamentarismo, enfim...
As relações D/s não fogem à regra. Também há controvérsias, há formas e formas de vivenciá-las. Cada um deve aproveitar aquela que melhor se identifica com seus desejos e suas aspirações.
Em todas as esferas da vida vai haver discordância. Nunca haverá unanimidade em várias cabeças pensantes. Mas o importante é viver, viver bem, viver feliz. A vida é curta, por isso curta a sua.
FELIZ BDSM PARA SEMPRE!

quarta-feira, 12 de julho de 2017

BOM USO DA CADEIRA








Quando a cadeira 
deixa de ser coadjuvante 
e se torna
uma das peças principais do momento,
do encontro 
regado com situações, sensações e cenas 
eroticamente gostosas... 

terça-feira, 13 de junho de 2017

PASSADO-PRESENTE - PRESENTE-PASSADO



 
 
A dor maior que sinto 
é de não Ter-te aproveitado 
no máximo do meu passado
que hoje se torna tão presente,
revivível
aspirante e desejoso
Dói-me sentir Tua falta
aquele falta do toque
que comanda e direciona 
a rumos não navegáveis, ainda
um passado tão presente!
e um presente tão passado...
Bom era Ter-te longe ou perto
ou perto e longe.. Mas Ter-Te!




segunda-feira, 12 de junho de 2017

segunda-feira, 17 de abril de 2017

POR FORA




Mestre,
mesmo que esteja eu ausente, resolvendo assuntos pessoais por alguns dias, Tu ainda serás sempre o alvo principal dos meus desejos e pensamentos. 


sexta-feira, 14 de abril de 2017

AS MARKAS MARKADAS









a memória traz guardada 
todas as markas de um momento 
 eternizado no corpo, nos desejos e 
acima de tudo num coração altamente submisso
aos desejos de um Mestre com M.
Recebo Tuas markas como lenitivo para aplacar
esses desejos insano-profanos
luxuriantes que minhas taras por Ti nutre...


quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

APRESENTO-TE TUA CONSTRUÇÃO!


 
  Nesta construção, não tem apenas palavras, são momentos de uma caminhada cunhada e MARKAda por desejos,  prazeres, tentativas, deslizes  e acertos, todos absolutamente oriundos dessa entrega quase inconsequente, esperada e totalmente sem reservas, dedicada a Ti, que  é a razão maior, principal e única de ter em meu coração a tua presença construída com a tua MARKA indelével.
Eu me sinto como súdita no palácio dos prazeres que tu me ofereces, meu Sr. Prazer em te servir, prazer em te dar prazer; meu coração inclina-se perante Ti, em regozijo.
Tive momentos construídos e MARKAdos pela tristeza, pelas lágrimas, pela solidão; tive parte de meus sonhos sequestrados quando me vi sem tua presença MARKAnte, quando então me senti num cárcere. E nesse tempo de cativeiro, o teu silêncio era meu carrasco.
Em dados momentos me entristecia, noutros dava a mim mesma injeções de ânimo e vívida esperança para sonhar em ser livre de mim;  mas cativa diante de teus pés.
Eu pensei: não posso fazer do tempo meu inimigo, pois o inimigo só sobrevive se injetarmos vida em suas veias, sabendo que permissões abrem espaços para invasões então eu me permiti a mim mesma a chance de resistir à cortante saudade de ti, pois eu queria ser invadida por ti, por tua presença, por tua essência.
Busquei a mim, sabendo que pouco acharia, pois tua MARKA era evidente em meu ser, em minha afetividade fundamentada pelo desejo e prazer de ti pertencer.



Por vezes eu me sentia e sinto frágil e impotente, quando sei que posso entregar-me a um mundo de prazeres – teus prazeres e não posso, pelas limitações das conveniências, quer naturais, quer forjadas. Limitações em tantos aspectos: de tempo, social, etc. etc. etc.
Apesar de pesares, tu me fazes crescer. Veja, Sr, como há reflexo de tua MARKA em meu agir, através das minhas atitudes, postura, fala!...
Esse desejo “brotante” que floresce eternamente em mim perpassa todos os momentos intempéries sentidos com a tua ausência, mas que foi recheado pela MARKA da tua presença, por meio de tuas palavras escritas, faladas, olhadas, sentidas. E assim, construo esse pequeno império de palavras para traduzir o caminhar dessa relação entre quem serve e quem é e merece ser servido; entre escrava e Senhor. Entre Ti e mim.
Por esses longos-curtos períodos de tempo, senti meus domínios e territórios sendo invadidos e conquistados pelos teus ensinamentos que passaram a ante-sala do deslumbramento e me levaram a conhecer os palácios dos limites litúrgicos de um modo de vida essencialmente dedicado e subserviente.
Eu reflito em mim uma submissa-serva em construção. Tua construção. Moldada pela tua MARKA.
Obrigada, meu Sr!
Tua serva ylena