Mostrando postagens com marcador BUCETA. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador BUCETA. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 14 de novembro de 2017

ESSES TOQUES




nos movimentos do prazer

na entrega dos desejos

esse toque com  sensação de eternidade

ou de brevidade...






segunda-feira, 13 de novembro de 2017

TUDO PRONTO!








Uma correria. As expectativas exacerbadas. A libido em alto grau. Tudo propício para uma sessão espetacular. Esta semana resolvi, então, passar no sex shop adquirir algumas coisinhas para incrementar um momento muito esperado. Algemas, vendas, óleos especiais e aromáticos. A mala - toda arrumadinha. Aproveitei para deixar meu vibrador cor de rosa, carregando no USB, enquanto deixava a buceta totalmente lisa, bem raspadinha - e babando de desejos pelo Mestre, literalmente.
Uma semana de restrições em certas alimentações para que tudo ficasse no ponto certo. Como já falei, costumo ficar pelo menos dois dias só em refeição líquida, de preferência água, um suco de laranja ou de melancia. Espero nunca mais estar num encontro inadequada. Intestino limpinho, cheiroso, gostoso. Se tem algo que irrita o Mestre é esse descuido nesse aspecto. Por isso todo esforço é necessário para que a serva esteja adequadamente servil.
Salão, unhas, secadores, escovas, cremes, maquiagens, perfumes – muitos, sandálias (pelo menos 3) uma nos pés, outras no carro. O lado feminino aflorando para que a serva pudesse está agradável (rs). Um vestidinho preto, discreto e adequado, sem precisar ser o centro das atenções, revestido de um leve casaco em voal azul,  e, claro, sem calcinha... Sentindo  aquela sensação de entrega, de invasão, de fêmea no cio pronta para o abate.
Como sempre a pontualidade fazendo parte da vida desta serva. Conforme combinado e sempre acertado.
Para isso, acordei 3 horas antes, para fazer o devido preparo. Até sair de casa, foi possível concretizar outros compromissos. E no trabalho, claro pedido de dispensa durante o dia ou quanto se fizesse necessário, pois tinha um ‘compromisso’ inadiável. 
O único receio era o aparelho telemóvel que estava com pouca carga, caso viesse precisar do mesmo, para receber algum recado, pois parece que nessa cidade os aparelhos telefônicos estão todos com problema.
O local escolhido era aquele. Lá cheguei e esperei, passeando um pouco pelo ambiente, dando um tempo, até a hora exata. E assim fiz. Procurei aquele rosto ou andar amados... E nada do Mestre. Meia hora, uma hora, duas horas... O tempo não era o problema até porque eu teria aquele período todo à disposição dele. Então seria pelo menos 6 horas de disponibilidade. Esperaria com certeza. Só que vem aquele misto de preocupação e ansiedade. Que foi arrefecida pela consulta ao blog. E tudo foi entendido. Poucas palavras. Mas uma atitude louvável.
O que ficou, foi a certeza de que eu posso esperar, estarei sempre disponível para ir, vir, ficar, etc. e sempre dentro da disponibilidade Dele.
Sensações de agradecimento e compreensão tomaram conta desta serva pela gentileza do amado Senhor em justificar a impossibilidade. Foi bom por não precisar ficar mais tempo esperando. E foi ruim, também, porque eu adoraria ficar esperando até mais tempo, desde que Ele estivesse presente, e não estava...
Obrigada, meu Senhor por Sua postura. Minhas saudações.
serva ylena

O SENTIDO DAS ROSAS



Entrou a primavera e com ela a alegria da natureza, em flores, em nuvens, em ares... Pássaros a gorjear.
Ele chegou, trazendo consigo não apenas sua presença, mas na mão direita um buquê com 5 rosas vermelhas que lhas entregou.
A face enrubesceu. Uma alegria incontida por receber aquele buquê de rosas. Enquanto  delirava com olor das rosas, sentiu  as carnes esquentar com o sabor do chicote na pele nua e crua. Sim, pois ao entrar naqueles aposentos havia retirado toda sua roupa, como de costume. estava completamente desnuda. Esperando uma recepção calorosa sim, de certo, mas quem sabe com as rosas? Assim foi trazida de volta  para a realidade, e pode perceber que estava não num encontro romântico, e sim num encontro para uma markante  sessão BDSM, onde a dor fazia parte do momento, do prazer e  da entrega.
Suspira baixinho e se entrega ao mar de sensações.  
E agora, o que fazer? Jogava fora as flores ou sentiria o corpo aquecer, com elas em suas mãos, exalando aquele perfume característico, misturado com o cheiro da luxúria, do sadismo daquele dominador, que sempre marka momentos encantadores? 
As estações...
Estações de prazer pela presença do Mestre reverenciado.


sexta-feira, 10 de novembro de 2017

FIO TERRA? NÃO! PRAZER COM AS MÃOS!











O fio terra aquela prática de prazer em que o outro enfio o dedo no ânus do outro enquanto outras coisas vão acontecendo. O ânus é uma região erógena tanto para a mulher quanto para o homem. Então se a mulher pode sentir prazer nessa prática porque que o homem não poderia? Puro machismo!
O corpo é para ser desfrutado naquele momento particular. Então pode se proveitar todas as formas, claro. 
No homem, aquele toque que não é um exame 'prostatal',  na região do períneo, que fica localizado entre o ânus e o testículo  é  que causa essa grande  sensação de prazer, quando bem estimulada, por ser revestida de muita sensibilidade.
Outra coisa interessante de se observar são as unhas. Nada de unhas longas, tem que estarem aparadinhas, para não machucar. Isso serve para homens e para mulheres. Nenhum mulher vai querer uma mãos com unhas lhe ferindo a buceta, seu cuzinho.
Regue o momento com toques sutis, lingua, beijos, mordinhas, chupadas, deixe tudo bem estimulado, assim se prepara um ambiente bem propício para se desfrutar com muito prazer. Explore o máximo dos máximos nessa região erógena! O dedo no cu é bom!


PS - Sempre bom se fazer uma boa higienização antes.


quarta-feira, 8 de novembro de 2017

DO DOMÍNIO AO FASCÍNIO



 






O teu domínio

Controla de forma única
Este momento de pura sedução
Causa em mim um fascínio
Traz uma força -
A força da submissão;
Nesse servir que Te satisfaz