Mostrando postagens com marcador CADEIRA. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador CADEIRA. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

domingo, 3 de setembro de 2017

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

TU ME DOMINAS


Tu ocupas meus espaços

Se abrigando em minha mente

Dominando meus desejos...

Em cada lugar que ando

 busco resquícios de Ti, 

de Tua presença, 

de Tua Marka!

quinta-feira, 27 de julho de 2017

NE ME QUITTE PAS





"Laisse-moi devenir
L'ombre de ton ombre
L'ombre de ta main
L'ombre de ton chien
Ne me quitte pas"




Deixe que eu me torne
A sombra de tua sombra
A sombra de tua mão
A sombra de teu cão
Não me abandone



 

sábado, 15 de julho de 2017

SERVA E FÊMEA






Por fim, a serva pode se revelar numa grande fêmea, uma mulher espetacular, fortalecida  pelo desejo em servir seus próprios desejos, que é ser submissa. Servir aos desejos de um homem, não um homem qualquer, mas um homem dominador. Aquele que vai traçando caminhos, delineando práticas que a Si mesmo se assemelham e que a ela são ensinadas. 
Tecendo entre conversas e encontros os roteiros de um acordo bdsmista. Satisfazendo um plantel de desejos com vários lotes de ensinamentos. 
Uma serva que com preocupação se esforça para cuidar do prazer do seu amado Senhor, mantendo viva as lições recebidas, aprendidas e  aguçando aquelas que ainda virão.
Serva e fêmea se misturam na busca das realizações de desejos mutualizados, numa relação ratificada pelo compromisso da sinceridade e da idoneidade.
Tempo? O tempo é apenas uma questão de espaços na construção desses arraigados desejos, perpetuados por lembranças, momentos e toques...
Numa simbiose acalantadora, como se fosse uma gangorra, indo e vindo, subindo e descendo...
Ah... ser serva é ser fêmea no servir. É ser serva. E pronto!
E esse é o querer de toda serva que anela ser markada....
Ou pelo menos é o desejo desta serva...  

Tua serva ylena, Mestre.


quarta-feira, 12 de julho de 2017

BOM USO DA CADEIRA








Quando a cadeira 
deixa de ser coadjuvante 
e se torna
uma das peças principais do momento,
do encontro 
regado com situações, sensações e cenas 
eroticamente gostosas... 

segunda-feira, 10 de julho de 2017

PENSO EM TI, MESTRE!




Sabe aquela sensação de toque, sem tocar,
de presença, sem ver?
É assim que hoje estou. Te sentindo perto, sem tocar.
Será que faço parte nalgum momento de Teu pensamento?
Queria que Tu  sentisse a intensidade da minha presença mesmo sem me ver... Mesmo sem me tocar...
Ocupando Teus pensamentos, alimentando Teus desejos...
Penso em Ti, Mestre adorado!

quarta-feira, 5 de julho de 2017

DESPEJA TEU ESPUMANTE



 Edméa Barsotti

Despeja sobre meu corpo...
O mais doce espumante,
Licoroso, aromático dos amantes.
Entre abraços revele...
Teus delírios mais insanos.
No ato do nosso cio...
Sacia teus desejos selvagemente,
Na mais secreta passagem,
Pra descobrir o segredo da excitação.
No roçar dos corpos quentes...
Pelos arrepiados.
Coxas úmidas entrelaçadas...
Desabrochando na madrugada.
Vozes soltas e ritmadas...
Cheias de insinuações.
Gemidos e sussurros
Indecentes e picantes
De falas de amor.

quinta-feira, 29 de junho de 2017

TOTALMENTE EXCITANTE

 expressando 
o gozo 
do momento..,
sentido
através de toques
através do próprio gozo...





segunda-feira, 19 de junho de 2017

AO OLHAR O CÉU



Mestre,
ao olhar para o céu
Lembre-se que deixastes markas
pelos caminhos que Tu traçastes
Ao olhar o firmamento
Olhe também para si
E veja que há uma serva de prontidão
Que a Ti espera
Cheia de esperanças e sonhos de uma vida BDSM
Olhe  -  recorde, reviva e realize...





terça-feira, 13 de junho de 2017

PASSADO-PRESENTE - PRESENTE-PASSADO



 
 
A dor maior que sinto 
é de não Ter-te aproveitado 
no máximo do meu passado
que hoje se torna tão presente,
revivível
aspirante e desejoso
Dói-me sentir Tua falta
aquele falta do toque
que comanda e direciona 
a rumos não navegáveis, ainda
um passado tão presente!
e um presente tão passado...
Bom era Ter-te longe ou perto
ou perto e longe.. Mas Ter-Te!




quinta-feira, 8 de junho de 2017

DESEJOS DE UMA SERVA...








Em se tratando de BDSM a voz, a fala, a ordem e o comando do Mestre é sempre imperioso. É..., e como sempre costumo dizer: quando a ordem chega não tem o que pensar, nem o que questionar, só resta obedecer - simplesmente. E é assim que faço: da forma como estou, esteja onde estiver, deixo tudo o que estiver fazendo  e sigo estas markas que me inebriam... 
Aos poucos vamos acertando detalhes, limpando arestas, fechando frestas.

Ver o Mestre é sempre um banquete, é delicioso, é embriagante... Alimenta o ego, alimenta os desejos, revitaliza as paixões que se eternizaram neste coração altamente submisso aos desejos BDSM deste Mestre e Senhor.

Ele me assusta por sua impetuosidade e ousadia, e, concomitantemente, Ele me seduz e me incentiva a alcançar práticas desconhecidas ou pelo menos não praticadas.

A cada dia vou me embriagando com o que Dele recebo, seja qual for a forma. Vou me deliciando com sua imagem, com suas ousadias...

A devoção que devo e presto a Ele faz parte da minha essência subserviente. Cada dia passado mais amadurece este compromisso que minha entrega Lhe dedica.

Queria falar tantas coisas com o Mestre! Sem limites de nada, até porque limite se restringe somente ao tempo. Queria me derramar; quem sabe pedir opinião sobre determinado assunto. Enfim...

Mas confesso: o que quero mesmo, acima de tudo,  é estar em Tua presença; aos Teus pés;  me deliciando com Teus manjares, Teus sabores, Teus  oferecimentos...