<                           

























Mostrando postagens com marcador CORPO. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador CORPO. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

OS DESEJOS...




Os desejos
Sempre são as ratificações daquilo que se almeja alcançar
Por isso permanecem sempre vivos, alertas, andantes...
como os meus desejos por Ti, meu Mestre! 


segunda-feira, 18 de setembro de 2017

NEM TODO DESEJO SE REALIZA

Quando criança ouvia muito sobre o Alladin e a lâmpada maravilhosa. Onde quem tivesse o privilégio de encontrá-la com um esfregãozinho  fazia sair dali um gênio que realizava os desejos, em pelo menos três. Nunca fui muito vaidosa, mas sempre desejei algumas coisas inusitadas, não usuais em minha vida. Quando  bem mais nova conheci uma alta figura do Ministério da Justiça, "meu Comandante", era assim que eu o chamava; pelo posto que ocupava e por denotar sua autoridade. Foi alguém especial à minha pessoa. Um grande amor, enquanto durou.
Depois que comecei a me enveredar pelos caminhos BDSM meus desejos tomaram esses rumos inusitados. Fui despertando em mim uns fetiches que mexiam não apenas com minha imaginação, mas com meu corpo, com minha libido, meus desejos. E, ao ter contato com o mestre pude melhor ir trabalhando essa via de desejos. Nosso primeiro encontro, foi uma sessão praticamente completa. Eu não sabia de nada real, e ali puder vislumbrar nuances da vida bdsm. E confesso: fiquei fascinada. Um misto de sobressaltos e desejos. Não sabia quem era essa fêmea que ali nascia com capas e vestimentas de "putinha" (adoro quando o Mestre assim me chama).
Enfim, no decorrer do tempo a gente amadurece ou não.  Aprendi muito. E como! Ele teve a prontidão em me direcionar por caminhas excepcionais. O que sempre lhe serei grata. Descobri que há em cada mulher, ou em mim um potencial muito relevante para transformar um macho  num poço de prazer ou vice-versa.
Nunca fui perfeita, de fato, falhei e algumas vezes por lapsos de atenção; pequenos detalhes. 
Sempre oriento em postagens como uma serva deve se preparar para uma sessão. Dos cuidados, das preliminares, dos acessórios. Por isso tudo tem que ser costurado com uma certa antecedência, com  as pautas pontualmente  acertadas. Não deixar dúvidas, ou brechas para outra margem  de interpretação.
A questão alimentar é de fundamental importância. Os alimentos devem ser escolhidos de forma que não venha  ser um desconforto no momento do prazer. Particularmente não como nada sólido, por uns dois dias. mas descobri que até nas coisas líquidas se corre o risco de não estar adequada. Um suco como marajá, goiaba, deixam de ser inocentes "líquidos" e se tornam armas pesadas ao estômago, intestino. Aí já era.
Mas para limpezas intestinais pode-se usar de artefatos e terapias medicamentosas que podem resolver esse tipo de problema. Um enema farmacêutico, por exemplo, laxantes, duchas são acessórios que podem compor uma cena ou uma mala. Sugiro que se leve sempre! Eu levo.
Roupas íntimas não vou fazer muita diferença. Até porque, muitos senhores preferem que suas servas esteja totalmente desnudas. Assim facilita o acesso a elas, a seus corpos... Entretanto, não se pode esquecer de outros completos, além do roteiro a seguir; como se deve ir, o que deve se levar; assim, deixa-se o supérfluo e se leva o essencial. Invés de 2, 3 malas, necesséries, bolsas, vai apenas uma com tudo.
Meus desejos são um tanto estranhos, diria eu. Queria o gênio aqui para efetivar meus pedidos. Queria consertar alguns erros, alguns equívocos, alguns tempos que foi escoando pelos dedos no decorrer dessa minha caminhada. Queria estar  com mais assiduidade com o Mestre, com mais intensidade... Não teria apenas 3 desejos. Seriam uma coleção de desejos!
Espero sempre ter a oportunidade de mudar.  E por falar em mudança. Creio que este ano será incisivo em minha vida, em todos os aspectos. Profissional, familiar, saúde, acadêmica, bdsm. Quero fazer procedimentos que exigem sangue frio, sangue quente, saúdes, desejos, vontades... Tantas coisas. Quero mudar de transporte, por exemplo, fazer uma revisão geral, trocar o que preciso for pra deixa-lo prefeito e doar... Já estou a pesquisar há algum tempo um zero km. Se necessário for até mudar de área. Uma vez uma pessoa me disse que sou apegada aqui. Mas não sou. Precisaria de um motivo convincente para me levar para qualquer parte. Hoje estou num momento em que minhas raízes estão mais frouxas.
No entanto, a única coisa que permanece sólida em mim são meus desejos pelo Mestre. Isso nunca muda. Nada muda isso. Fico chateada comigo, com as situações e às vezes até com ele. Sinto-me punida quando  me é tirada a presença Dele. Por  conveniências Dele ou mesmo pretextos meus ou indisciplinado minhas...
Queria realizar meus desejos. Aqueles que discretamente O envolvem, mesmo de longe... Eu sei que Tu bem sabes que meus desejos podem ser fortalecidos com Teus norteamentos... Não me deixe na angústia de Tua ausência, pois isso é punição mais severa que qualquer spanking... ou ainda mais que qualquer dor no corpo!...

Tua serva
ylena


sexta-feira, 15 de setembro de 2017

QUAL SERVA NÃO GOSTA?




Como explicar esse gosto gostoso que teu gozo provoca?
Há algo de mágico no toque da boca
Há algo de soberbo no vai-vem
 que alimenta o prazer desta serva...

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

QUEM ME DEU??!!





De onde vem essa chama orgásmica que tal vulcão se alvoroça todo quando  revolvido, temperado e invadido?
Quem me deu permissão para Te carregar em mim, dentro de um coração que arde que nem esse vulcão?
Quem Te desenhou assim tão quente, com olhos de fogos e mãos de brasas que vão incendiando meu interior? 
Tal VELA em chamas  liquefeitas... Tu vais  escoando entre minha vida, me encobrindo tal manto, com esse desejo por Ti, que Tu me deste.
Então foste Tu mesmo que deu a esta serva todo esse fogo latente,  com esse Teu olhar envolvente -
que me prende em Teu querer com invisíveis  correntes.
Tu podes sentir esse ardor em mim, em minha entrega colorida a Ti?

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

UM CUMPRIMENTO AO MESTRE!




Te cumprimento nos meus sonhos
nas minhas eternas paixões por Ti
vou buscando o toque que me descompõe
vou encontrando as markas 
que pernosticamente insistem em me grafar...
(Saudades Dom Marka)
Há pessoas que nasceram para fazer outras sonharem. Há aquelas que realizam sonhos. E hoje acordei sonhando Contigo. Tu me fazes sonhar. E nessa quentura, corpo aquecido, desejos aquecidos, mente aquecida.
Olhei para fora da janela da sala e vi o sol entre nuvens, com cara de preguiça em seus 30 graus. Já? Fui contornando na mente o desenho desta Tua face, por mim adorada, trazendo à memória este Teu olhar que me desequilibra toda. Tentei Te interpretar, tentei tocar Teus gestos, absorver Tua voz. E esta voz que está aqui presente, dentro da minha mente, markada na minha memória.
Aproveitei para passear. Passeie bastante aqui dentro. Fiz várias viagens. Vários encontros. Várias malas. Vários sonhos. Quantas saudades de Ti! E isso não era mais sonho! É a minha realidade sonhada e vivida. Tu sabes a dimensão que Tua Marka em mim alcançou?! Não faz ideia, certamente!... Por mais que o Sr tentasse imaginar, Tua imaginação não chegaria a precisar o valor que Tua Marka cunhou nesta simples serva.
Ah... lembranças! Elas voltaram de onde nunca saíram...
A boca preenchida pelo prazer, numa suave dor que alucina os sentidos e explode em gozo.
Vou me achando nessas lembranças Tuas. Vou me perdendo de mim, e sempre, sempre, mas sempre desejando me encontrar em Ti, com Tua direção.
O dia vai passando, eu sinto isso entre os dedos das horas Já são quase 6 horas da tarde... sei que logo mais uma nova madrugada despontará, que outro novo dia chegará... Quente. Frio. Para mim pouco importa. Sou o que sou. Sou o que sinto. Sou Tua serva. É para Ti que me ofereço. É para Ti meus delírios, meus desejos.
Ah, Mestre, e quando a Ti encontrar vou cobrar com juros todos os gozos e tesões encarcerados, reprimidos. Todos os meus “direitos” de serva Tua. Porque na minha certidão de nascimento bdsm consta Tua Marka como meu proprietário. 
Ou quem sabe vou reprimir tudo para que noutros momentos possam explodir em multi gotas de prazer.
Em Ti, Mestre, esta serva se sente protegida. Tu me conduzes por caminhos nunca antes conhecidos: os Teus caminhos!
E por isso quando uma convocação chega, não há lugar perto ou longe, o traçado será sempre o mesmo, o caminho a seguir é o mesmo. Ir em direção ao sonho. E prostrar-me diante de meu destino. Beijar-lhe “aos” pés ou respeitosamente cumprimentar Tua mão, ou quem sabe fazer a mais veemente reverência... Isso é ter seu Mestre acima dos outros mestres bdsm, acima de sua posição de serva, de submissa, e muitas vezes acima de todos os prismas da própria vida...

ENTRELAÇAMENTOS


Corpos que se enlaçam
num baile,
num aconchego,
que se aquecem,
que se laçam,
que se perdem,
que se acham,
numa explosão 
de tesão e dengo

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

domingo, 27 de agosto de 2017

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

BELEZA






 




a beleza do servir
a beleza do ser
estará sempre na beleza da entrega
na beleza do momento

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

FACES DE UM MOMENTO...





o Teu chegar
o Teu andar
mostra-me que 
Tu és o "ser"
da minha veneração;
por isso 
me ajoelho,
por isso
me prostro, 
por isso 
Te desejo...
por isso
me entrego!...

PERDIDAMENTE



Luis Represas


Ser poeta é ser mais alto,é ser maior
do que os homens, morder como quem beija...

É ter de mil desejos o explendor
E não saber sequer que se deseja
É ter ca dentro um astro que flameja
É ter garras e asas de condor...

É ter fome, é ter sede de infinito
Por elmo, manhãs d'ouro e de cetim
É condensar o mundo num só grito...

E é amar-te assim, perdidamente
É seres alma e sangue e vida em mim
E dizê-lo cantando, a toda a gente...

domingo, 13 de agosto de 2017

SENSATIONS





Como não sentir 
todas as sensações 
que Tu mesmo provocas em mim!?
São alucinantes!

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

EU ESTIVE PENSANDO

 
A vida é realmente um sopro. Num momento estamos aqui. Noutro ali. Faz alguns anos que meu pai partiu, assim, do nada jogando cartas, “buraco”.  Isso me faz pensar como a gente às vezes aproveita tão pouco o tempo que temos aqui. Queiramos ou não somos limitados. Temos um tempo de vida útil.
Aí eu fico aqui pensando com meus botões: Caramba!, são tantas coisas que eu quero fazer ainda! Tantas coisas que preciso aprender.
Hoje amanheci meio cansada. Dormi pouco. Passo muito tempo pensando. Conjecturando.  Fazendo planos. Analisando hipóteses, possibilidades, impossibilidades.
Mas desejos sempre, sempre e sempre como um fio condutor me levam permanentemente para a mesma direção, as mesmas vertentes, os mesmos pensamentos.
São umas reincidências  de desejos que me perturba. Principalmente quando vislumbro impossibilidades. Detesto esta palavra! Ela limita.
Já tive impossibilidades, mas agora não. Agora tudo é possível. Vou tirar umas folgas, descansar, viajar,  sei lá. Por falar em viajar estava com mais de 20.000 pontos que poderia utilizar em viagens, caramba de novo. Até mesmo hospedagens, mas fui deixando em banho-maria e já perdi a metade, grrrrrrrrrrmmmmm  (grunhido de cadela zangada).  É...  “cadelas” mulher também se zangam.
Queria-Te! Quero-Te!
Como Te queria aqui, em mim... Dói-me a cabeça de tanto pensar em Ti, de tanto desejar a Ti! Nem que fosse para Te ouvi, Te olhar...
Assim não durmo bem, ou quem sabe é justamente o contrário, durmo pouco (mas bem) por ocupar parte do tempo em pensar tanto em Ti! Fico a contemplar essa imagem que tanto amo, que me faz sorri, que me faz vibrar. Ah, por falar em vibrar... acho que quero um vibrador. Aquela “coisa” faz a gente vibrar.
E por falar em vibrador... uma vez  inventei um. Celular. Coloquei o celular num preservativo e enfiei na buceta, coloquei na vibração máxima e fiquei ligando para mim mesma.  Faz “cosquinha”, mexe. Queria mesmo era ter meu Mestre  a vibrar em mim... Seria uma delicia sentir as cócegas produzidas por Ele.