<                           

























Mostrando postagens com marcador CORPO. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador CORPO. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 26 de julho de 2017

RENDIÇÃO

Permita-me publicar esse belo poema que recebi de um ilustre visitante, um grande escritor:



By Almeida Lucius™ 
23/07/2017 Para Seduceme/Ylle 

É em teu corpo que realizo os desejos
Profanos e marginais com dedos e língua
Onde encontro albergue nas noites frias
Navego com falo duro cada parte que almejo
Faço do teu corpo flor que se abre todo dia
Onde degusto o teu sabor, escuto os gemidos
E trago comigo teu lascivo sonho e teus delírios
Teu tesão escorre feito mel doce onde realizo
As mais vadias e carinhosas predições da vida
Tuas formas e tua rendição são sempre benvindas!


quinta-feira, 20 de julho de 2017

O CORPO - O TEMPLO



CORPO
templo do servir
templo de recebimento
templo de entrega
templo de prazer
templo...
é no corpo que os deuses recebem as melhores oferendas
é no corpo que homem e mulher saciam suas libidos
é no corpo que se acoplam prazeres...
cuide do seu corpo
cuide de seu templo
cuide de seu prazer...

quinta-feira, 13 de julho de 2017

COMPROMISSO CONTIGO



 


Eu tenho um compromisso com o prazer

Eu tenho uma aliança de servidão contigo

Um pacto em te servir

Se assim não for...

Tirem-me todos os prazeres

Tirem-me o desejo em Te servir

Tira-me desse mundo que me fascina

Sem Ti não há razão

Sem Ti

Não há pactos, não há entrega

Não há “EU”

Não há a submissa

Não há a escrava

Não há os desejos...

Não há NADA!

Só um vácuo...

Um silêncio

Preenchido de nada

quarta-feira, 12 de julho de 2017

BOM USO DA CADEIRA








Quando a cadeira 
deixa de ser coadjuvante 
e se torna
uma das peças principais do momento,
do encontro 
regado com situações, sensações e cenas 
eroticamente gostosas... 

segunda-feira, 10 de julho de 2017

SE TU EXISTES...



Rodrigo Menezes


Há um lugar
Dentro de mim
Que só existe por ser para ti
Quero-te amar
Tempos sem fim
Desde o momento em que te vi
O meu coração
Bate por nós
Se tu existes
Ele existe em ti
E desde então
Sou tua voz
E grito ao mundo que te descobri!!!
 





quinta-feira, 6 de julho de 2017

DE SONHO EM SONHO


Mestre,
Nunca os sonhos foram tão reais!
Nesta madrugada, após assisti o noticiário fui para minha alcova. Lá pude pensar no meu Mestre amado, e nesse intenso pensamento adormeci com Tua imagem em minha mente, em meus desejos. E como num passe de mágica a realidade se perdeu e se misturou com minha dormida... Como que em transe pude sentir Tua aproximação. Pude ver Teu andar. Pude ouvir o som sussurrado de Teu "quase" silêncio. 
Eu, de de bruços e pernas entreabertas pude sentir o toque de Tuas mãos passeando por sobre mim; sentir Tua respiração se aproximando de forma perigosa do meu corpo inerte, mas vivo e pulsante, clamando por essa Tua marka...
Aquelas mãos... Mil pensamentos delineando a mente. Mil desejos na boca entreaberta, no olhar fechado...

Sensações muitas, mescladas com tantos desejos... Entre eles, a  felicidade. Felicidade em estar em Tua  presença; em sentir Teu corpo; Tuas carnes; Tua voz... Teu pulsar... Um suspiro de satisfação e gratidão por essa Tua presença especialmente desejada .
Enquanto me inebriava com o toque avassaladoramente suave de Tua mão, dei um involuntário grito.
Sim, impulsivamente eu gritei;  quando senti Teus dentes em minha coxa, quase bunda.  A dor provocada pela mordida deixando as markas de Teus dentes não foi tanto comparada ao susto. Até porque sempre apreciarei qualquer marka vinda de Ti. E assim acordo madrugada com Tua boca a me morder, sem que estivesses presente em minha cama... e eu passando as mãos pelas coxas procurando a marka de Tua boca em minhas carnes quentes...

terça-feira, 4 de julho de 2017

terça-feira, 27 de junho de 2017

sábado, 24 de junho de 2017

DESEJO SECRETO





Quando Tu chegas
eu me revisto de todo prazer
me banho de desejos por Ti
Exalo putaria, sexo e tesão
excreto os desejos mais secretos
que tem essa fêmea faminta de Ti,
que adora Teus toques indo e vindo,
invadindo recônditos
explorando cavernas
revelando e desvelando os desejos mais obtusos
Fazendo me entregar sem reservas,
Sem pudores, sem vergonhas, sem medos.
Porque ali, naquele momento, 
desaparecem o homem e a mulher
E renascem apenas o Senhor e a serva
um do outro, em nome do tesão vivido.
Mestre, meus desejos mais secretos vivencio-os Contigo!
Daqueles puritanos aos mais obscenos...
aqueles mais efervescentes...
Deixe-me realizar os Teus em mim...