Mostrando postagens com marcador CORPO. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador CORPO. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

QUE TRAÇOS

Markas 
que traçam 
e delineiam:
desejos
prazeres
fetiches
amores
tesões
sensações
paixões
markas...

domingo, 31 de dezembro de 2017

QUE VENHA O NOVO ANO!



 

Mais um ano chega ao final. E com ele tantas lembranças que se vão e quantas lembranças que também ficam! Todas imprescindivelmente markadas no memorial da história da vida desta serva. Quantos momentos  de lutas! Mas quantos momentos deliciosamente temperados com extremos prazeres. Foram muitas markas deixadas com pegadas bem 'pegadas'. Foram sonhos realizados, outros frustrados... Mas com uma indubitável certeza de que outras chances são possíveis, são  oportunizadas e com certeza tudo será no mínimo diferente.
No entanto, há coisas que nunca mudarão, passe o tempo que passar: Esse desejo fremente, essa tara ninfomaníaca, esse tesão exacerbado que meu venerado Mestre produz nesta simples serva. Este que foi um divisor de águas em tantos momentos. 
Inesquecivelmente markante. 
Que  o ano vindouro seja muito mais repleto de markas, daquelas que ficam na mente, no corpo, no coração, na memória. E que cada momento oportunizado seja ricamente e bdsmmente aproveitado. Que venha 2018!

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

CAMINHOS






Quando os caminhos estão traçados, não há como mudar o seu curso. Eu sempre soube que minha vida bdsm estava estreitamente entrelaçada com a do Mestre. Mesmo sem saber exatamente onde seria essa intersecção. Mas nalgum momento esse elo se ligaria.
As operadoras de telefonia estão fazendo serviço de manutenção nesta cidade e em outras circunvizinhas, e isso atrapalha o acesso à internet, até mesmo por uso de telefone, e até ao meu blog, - meu cantinho bdsm. Por isso fiquei uns dias sem adentrá-lo. Mas agora estou de volta com as postagens.
Eu seguia um blog de uma submissa chamada "rashna" e seu Senhor, aqui no Nordeste, onde a mesma narrava sua vivência D/s como serva que se dedicava integralmente a servir seu Dono. Uma relação 24/7. Ali, a escrava relata momentos de extremo prazer bdsm, às vezes partilhados, às vezes apenas entre os desejos de Seu senhor. Lembro-me que nalgumas vezes ela foi partilhada com outro/s, com outra/s. Pena que a mesma não continuou mais com seus relatos inspiradores.
Quando a relação chega ao nível de empréstimos, de compartilhamento, o que está em evidência é a obediência  bdsm irrestrita de uma serva para com seu Dono, seu Senhor; não é apenas  em nome de um prazer pessoal Dele. Pode-se vislumbrar a intensidade do acatamento da ordem.
Cada vez mais esta serva se sente mais tranquila para servir aos desejos e  ordenanças de seu adorado Senhor.
Depois de desencontros (coisas suscetíveis de acontecer) um momento regado com muitas markas, markaram as delícias que um Senhor e serva podem ter. Sentir-se aquecida pelo toque irretocavelmente quente da mão do Mestre é algo que abrasa tantos desejos; desejos de ir sempre mais além. De sentir ainda mais, e mais, e mais...
As ousadias só não são ilimítrofes por que o corpo ainda não está “calejado” o suficiente... Mas como costumo dizer, tudo com treinos reiterados se consegue andar sempre um pouco mais.
Como não vibrar ao sentir o prazer do Mestre? O prazer da dor: intensa ou tênue?  O que dizer então do toque de mãos desejadas? De dedos deliciosamente safados, com todas as insinuações de prazer?
Sentir o Mestre desenhar os contornos de Seu prazer no corpo de sua irrestrita serva... como se quisesse perpetuar na memória e nas mãos, escrevendo com as pontas dos dedos cada traço, e sentir que ali há, de fato, uma fêmea totalmente submissa ao desejo de servi-Lo!
O que o tempo não apaga, a memória reacende e os momentos reescrevem a cada letra, a cada ordem, a cada encontro, a cada tempo.
Depois de tudo o que fica? Hummm. As delícias que vão regando a garganta, a memória, momentos esses de desejos irrefutáveis que foram construídos com essa marka indelével!
Agora mais do que nunca: foco. Foco nos resultados, nos treinos. No desejo de ousar. Ir um pouco mais do que aqui, do que ontem, do que hoje... Quero um amanhã repleto de coroações. Quero aquela “mala” com seus componentes totalmente arregaçada pela ousadia do poder que um Mestre que MARKA pode cunhar em uma serva totalmente entregue em Suas mãos.

serva ylena de Dom Marka

terça-feira, 7 de novembro de 2017

DA COR...



Homenagem

Isso é que é mulher... 
faço até um poema especial:
 

¨Tens a cor do tesão,

O tom do desejo

E entre as dobras do teu corpo,

Deposito meu beijo.

Tens a cor e o tom do prazer

Que revela o desejo de um homem

Por ti... doce mulher!¨



PDR

(http://pequenosdelitos2.blogspot.com.br/)





RESPOSTA da serva ylena de Dom Marka

Agradecida pelas belas e provocantes palavras

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

OFERECIMENTO... E RECEBIMENTO



EIS A RESPOSTA DO MESTRE:


Não quero você por cima!
Deitada... eis tua sina!
Se quer saber o que sinto
Fica de quatro e recebe meu cinto!





CENAS DE UMA SESSÃO BDSM









 Algumas sessões se iniciam assim:
com todo ritual, 
elementos que compõem a cena
e acima de tudo
os participantes e muito desejo 
em que a coisa aconteça.