Mostrando postagens com marcador CORPO. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador CORPO. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 7 de novembro de 2017

DA COR...



Homenagem

Isso é que é mulher... 
faço até um poema especial:
 

¨Tens a cor do tesão,

O tom do desejo

E entre as dobras do teu corpo,

Deposito meu beijo.

Tens a cor e o tom do prazer

Que revela o desejo de um homem

Por ti... doce mulher!¨



PDR

(http://pequenosdelitos2.blogspot.com.br/)





RESPOSTA da serva ylena de Dom Marka

Agradecida pelas belas e provocantes palavras

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

OFERECIMENTO... E RECEBIMENTO



EIS A RESPOSTA DO MESTRE:


Não quero você por cima!
Deitada... eis tua sina!
Se quer saber o que sinto
Fica de quatro e recebe meu cinto!





CENAS DE UMA SESSÃO BDSM









 Algumas sessões se iniciam assim:
com todo ritual, 
elementos que compõem a cena
e acima de tudo
os participantes e muito desejo 
em que a coisa aconteça.

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

O TOQUE MÁGICO



A magia do toque
numa entrega sem medida
num momento sem esperas
na pele contra a pele
no corpo contra o corpo
nos desejos com os desejos...
com todos os êxtases de prazeres
com todas as markas  e sensações... 
Numa magia que fica...


quinta-feira, 26 de outubro de 2017

NOSSOS DOIS LADOS






Para quem aprecia e/ou  pratica o  BDSM, eu costumo dizer que possui dois lados: O lado social e o lado BDSM. Socialmente nos vestimos com indumentárias que venham a satisfazer a sociedade e  bons costumes. No entanto no nosso íntimo, no nosso âmago real somos homens e mulheres despudorados, sem vergonhas de vivenciar as  mais profundas  sensações que as práticas bdsm podem produzir numa pessoa. Sentimos prazer na dor, sentimos prazer em provocar dor, sentimos desejos em desenvolver nossas parafrenias de forma real.  Somos ousados no recôndito de nós mesmos, num ambiente fechado, com ou sem espectadores. Estes, são não apenas testemunhas de uns momentos, mas são  elementos que agregam  prazer às cenas e encenações, nas demonstrações de poderio e exibicionismos. Nossos lados podem  até se desarmonizar, mas sempre caminharão juntos. Diria eu que é nosso lado sagrado social baunilha e nosso lado sagrado BDSM fetiche. Cada um que sabe qual destes deverá ser melhor alimentado para a própria felicidade.



Complementando este momento de breve reflexão, estou trazendo as palavras do Senhor Werther von AY erschaffen, onde reflete muito bem sobre esses anêlitos:



"Somos alquimistas da mente, buscamos e forçamos emoções e reações as mais diversas, buscamos e conduzimos ao êxtase e às lágrimas, passando por tortuosos caminhos de catarse, dor e prazer intensos. Revelações, Tragédia e Comédia.
Paradoxalmente, nesta fantasia a dor é real, assim como as marcas. O sangue não é cinematográfico e as Emoções são palpáveis. Num palco onde o Figurino é a nudez, a maquiagem são as marcas, a sonoplastia resume-se aos gritos e gemidos de dor e prazer, e na iluminação das velas, representamos nossas Liturgias e nos revelamos em expressões inimagináveis. Representamos apenas para mostrar nossa verdadeira Realidade, trazendo à tona o que há no íntimo, a nossa essência e aquilo que realmente somos, mas que deixamos guardado, em detrimento da vida baunilha. Então, deixo uma reflexão – representamos no dia a dia, quando vivenciamos nosso lado baunilha, (digamos “Iluminado”), ou quando deixamos nosso lado Sombrio emergir?"




(https://amasmorradosenhorwerther.blogspot.com.br)
 

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

O SABOR DO CORPO






É isso aí!
O corpo é para se saborear mesmo
com todo tesão
toda vontade
toda servidão
toda dominação
viva a vida!

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

A ROUPA




 Não é necessária estar nua para mostrar sua servidão...
Com roupa também se serve!