Mostrando postagens com marcador DOMINADOR. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador DOMINADOR. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 14 de novembro de 2017

FAZER-TE MINHA ESCRAVA

 
 




Camarosi


Vou trazer-te para o meu mundo.
Fazer-te escrava do meu prazer.
Ensinar-te que meus tormentos te elevarão.
Farão com que sinta prazeres extremos.
Gritos de aflição misturados ao prazer intenso.
Tua carne ficará markada com meus castigos.
Farei teu corpo sofrer ao meu bel prazer.
Tirarei tuas vontades e imporei as minhas.
E aprenderás a me respeitar e a confiar.
Confiança de corpo e alma.
E me entregará nestes sacrifícios o teu mel.
Teu gozo será meu...Teu êxtase será meu clímax.
Te permitirei implorar minhas vontades brutas.
Deixarei suplicar por minhas atrocidades.
Darei a você, dores lancinantes até onde suportar.
Penosas punições irei te infringir.
Te limpar dos preceitos morais.
Te ensinar sobre a doutrina da escravidão.
Em teus suplícios, regozijasse-a na dor do tesão.
Após amainar tua febre insana deste louco querer .
Depois de mostrar-lhe a compensação de sua serventia.
Tua obediência será um simples sacrifício.
Teus Nãos...Serão sempre aos meus comparativos.
Não quero que faças...Não farei meu Senhor.
Não farás nada que me contrarie.
Não deixará que seus caprichos interrompam os meus.
Não fará das suas vontades as minhas.
Não me dirás não, não me desobedecerás.
E terás, os meus mais devassos quereres.
Sessões de pura luxúria para me satisfazer.
Doação total as minhas insanidades grotescas.
E aprenderá a amar todas as minhas loucuras.
Minhas palavras irão fazer teu sangue ferver.
Minhas ordens irão afagar teus desejos obscenos.
E encontrarás em minhas mãos, teus segredos de mulher.
Não quero dominar a todas as mulheres.
Não tenho a mínima intenção disto ocorrer.
Quero o domínio sobre você.
Pois teu corpo despertou em mim.
Esta febre insana de te possuir...





 


sábado, 11 de novembro de 2017

PROVOCAÇÃO AO PRAZER





Nessa nossa escassa e intensa relação, regida e alimentada por essa obsessão de prazer que em nós nos  provocamos...
Dono e serva sem fronteiras,
buscando o mais completo êxtase. 
O mais louco tesão. O mais 'louco' 'amor' bdsm... 
CONTIGO! 
É simplesmente CONTIGO que quero experimentar  todas as formas do prazer, todas as amplidões do bdsm desconhecido,
ilimítrofes às fronteiras carnais... morais, sociais,
Que TU me eleves à loucura do tesão (!), nessa busca alucinada que minhas carnes, mente e coração vagam TE tateando... em busca da dor, em busca do amor, em busca da TUA Marka. 
Deixe-me tocar TEUS prazeres.
Deixe-me entregar-me aos TEUS prazeres...



segunda-feira, 30 de outubro de 2017

CINTOS = UMA VERTENTE BDSM (?)


 







Se eu fosse fazer uma poesia
escolheria...
cinto 
que rima 
com 
vinho tinto
e que me deixa faminta
desse teu pinto
sem falar nessa fixação
que aumenta meu tesão 
em querer está em tua mão!

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

NOSSOS DOIS LADOS






Para quem aprecia e/ou  pratica o  BDSM, eu costumo dizer que possui dois lados: O lado social e o lado BDSM. Socialmente nos vestimos com indumentárias que venham a satisfazer a sociedade e  bons costumes. No entanto no nosso íntimo, no nosso âmago real somos homens e mulheres despudorados, sem vergonhas de vivenciar as  mais profundas  sensações que as práticas bdsm podem produzir numa pessoa. Sentimos prazer na dor, sentimos prazer em provocar dor, sentimos desejos em desenvolver nossas parafrenias de forma real.  Somos ousados no recôndito de nós mesmos, num ambiente fechado, com ou sem espectadores. Estes, são não apenas testemunhas de uns momentos, mas são  elementos que agregam  prazer às cenas e encenações, nas demonstrações de poderio e exibicionismos. Nossos lados podem  até se desarmonizar, mas sempre caminharão juntos. Diria eu que é nosso lado sagrado social baunilha e nosso lado sagrado BDSM fetiche. Cada um que sabe qual destes deverá ser melhor alimentado para a própria felicidade.



Complementando este momento de breve reflexão, estou trazendo as palavras do Senhor Werther von AY erschaffen, onde reflete muito bem sobre esses anêlitos:



"Somos alquimistas da mente, buscamos e forçamos emoções e reações as mais diversas, buscamos e conduzimos ao êxtase e às lágrimas, passando por tortuosos caminhos de catarse, dor e prazer intensos. Revelações, Tragédia e Comédia.
Paradoxalmente, nesta fantasia a dor é real, assim como as marcas. O sangue não é cinematográfico e as Emoções são palpáveis. Num palco onde o Figurino é a nudez, a maquiagem são as marcas, a sonoplastia resume-se aos gritos e gemidos de dor e prazer, e na iluminação das velas, representamos nossas Liturgias e nos revelamos em expressões inimagináveis. Representamos apenas para mostrar nossa verdadeira Realidade, trazendo à tona o que há no íntimo, a nossa essência e aquilo que realmente somos, mas que deixamos guardado, em detrimento da vida baunilha. Então, deixo uma reflexão – representamos no dia a dia, quando vivenciamos nosso lado baunilha, (digamos “Iluminado”), ou quando deixamos nosso lado Sombrio emergir?"




(https://amasmorradosenhorwerther.blogspot.com.br)