Mostrando postagens com marcador ENSINAMENTOS. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador ENSINAMENTOS. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 17 de julho de 2018

VOLÚPIA


Vuluptosamente

vamos entrelaçando Desejos

corpo no corpo

corpo com corpo

pele com pele


palavras em forma de libidos...

extravasando todos os tesões...
 
 

domingo, 8 de julho de 2018

ATÉ O TESÃO SE COMPLETAR...

Quaisquer que sejam os passos
o caminho será sempre o mesmo:
um BDSM com muito tesão.
 
 
 
 
 
 

sábado, 7 de julho de 2018

O QUE TU ME OFERECES




O que recebo de Ti são prazeres embebidos de tesão
Tu me ofereces guisos de felicidades
Partículas de desejos
Que forma todo um conjunto de seduções
Vou experimentando um pouco de tudo
De coisa que Tu me ofereces
Ofereces-me sempre um novo modelo de vida
Uma vida para Teu prazer.

Posso dizer-te que é tudo de bom!

sexta-feira, 29 de junho de 2018

RAROS ENCONTROS




Antonio Kleber

Quero a emoção dos beijos escondidos
chantagem viva, rogo sem limites
ao lume da lascívia traiçoeira
persuadindo a mulher que ainda resiste.
Há montanhas de dúvidas perversas
afugentando a erótica impulsão
do desejo voraz e clandestino...


sábado, 23 de junho de 2018

POTÓ


Num sei que bicho é esse e nem do que é feito, mas ele perturba e castiga. Quando passeia pelo corpo da gente vai deixando seus rastros de queimadura dolorida. Acho que tem um espírito de dominador nesse bichinho, viu. 
Aqui ele é chamado de POTÓ.  
Cai-lhe bem Mr. Potó.


Ele tem um poder de  markar a pele da gente. 
E aqui, nesse período eles fazem literalmente a farra. Só o tempo para curar. Isso coça e queima mais que buceta no cio.   Eu mesma estou com o corpo todo ferido e cheio de markas dessas pestinhas. Se eu gosto de markas? Sim, gosto, mas as markas de Marka! Markas incomparavel e sedutoramente melhor. 
Olhando direitinho o bichinho ele é até pomposo. Tem uma calda arrogante, altiva, um jeito majestoso, até. Acho que era dominador, sim.

quarta-feira, 13 de junho de 2018

LIBERDADE EM TI




Prisão de corpo
Prisão de alma
Em busca daquela liberdade
que somente TU podes trazer
Somente TUA presença pode desvendar
Somente TUA marka pode liberar...


terça-feira, 12 de junho de 2018

RESPONSABILIDADE DE UM DOM SOBRE A SUA SUB NO BDSM


 (http://www.gladiusbdsm.com/2011/07/responsabilidade-de-um-dom-sobre-sua.html)

Li este texto do Dominador Gladius Maximus e achei interessante compartilhar com aqui neste espaço.




Existem várias maneiras de se explicar uma relação BDSM, mas costumo vê-las da seguinte forma: Dominador/dominado e Possuidor/posse. No primeiro caso, a prática é o foco, sendo a mais indicada para a maioria.  No segundo, é necessário se percorrer um longo caminho, para se entender o que realmente significa possuir e ser possuído.
Por outro lado, a responsabilidade de um Dominante sobre o seu parceiro, seja este uma posse completa, play partner fixo ou até mesmo eventual, é basicamente a mesma. Total.
Na verdade, quando possuímos algo, seja lá o que for, precisamos ter consciência das necessidades que cada coisa tem para se manter em bom estado ao longo do tempo. Se isso é válido para objetos inanimados, é algo muito mais sério quando o objeto é um ser humano.
Nas relações do Universo BDSM sempre existe uma parte no comando e outra sendo controlada.  E a pessoa que está ali, amarrada, amordaçada e vendada, depositou sobre seu parceiro uma confiança tal que entregou a ele sua integridade física ou mesmo sua vida... Portanto, o Dominante nunca deve perder a perspectiva de que é um ser humano e merece todo o respeito.
É bom ter em mente também que uma das premissas mais elementares do BDSM é que nunca se deve danificar o brinquedo.
Seres humanos são brinquedos especiais. E o seu valor real é medido de forma diretamente  proporcional à sua entrega e confiança. Não os compramos... Nós os conquistamos e já li em algum lugar que somos responsáveis por aquilo que conquistamos.
 
Na verdade é:
"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas."

Uma frase do livro Pequeno Príncipe, de  Antoine Saint-Exupéry