<                           

























Mostrando postagens com marcador ESPINHOS. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador ESPINHOS. Mostrar todas as postagens

domingo, 16 de julho de 2017

TE QUERO DE TODAS AS FORMAS



Te quero um semi deus
Te desejo um super homem
Te quero simples
Te quero mito
Te quero inteiro
Te quero um pouquinho
simplesmente quero Tua marka em mim...
Te quero de todas as formas...
ou de qualquer forma...
mas Te quero! 
 

quarta-feira, 21 de junho de 2017

UMA FODA BEM PREPARADA


 


 


 


Uma foda bem preparada 
com sabor de gozo
Daquela que mexe com o corpo
mexe com o interior
mexe com os sentidos



sábado, 27 de maio de 2017

HOJE - ESPECIALMENTE HOJE...







Todos os presentes são apenas uma metáfora do melhor presente:  Estar Contigo!
Confesso-Te: maior e melhor comemoração não poderia existir hoje, que está sentindo toda Tua impetuosidade, Tua atenção. Sim, pois quando dispõe de Teu tempo para esta serva, dispensa também Tua atenção. Eu me sinto tão gratificada com isso, Mestre! 
Queria explodir essa minha felicidade  em Tuas mãos...
Mas o que fazer? Vou ter que  me ajuntar aos entes.


segunda-feira, 3 de abril de 2017

ANJO DO PRAZER


 




Tu me retiras dos meus infernos carnais
Para me elevar e levar-me
aos céus dos Teus domínios celestiais
Resgatas meus desejos e
Transforma-os em alados prazeres
Que flutuam em direção à Tua vontade
Tu me elevas para Ti
E me rebaixas para estar dentro do Teu prazer
Eu me entrego
Ao deus-anjo, querubim-arcanjo
Que me eleva acima da dor
Que me rebaixa para sentir Teu ardor
Mensageiro do prazer
Homem que eu quero nu
Eu Te quero anjo-impuro
Eu Te quero insano, inconsequente,
homem-indecente, incoerente...
Eu Te quero anjo-ardente
Meu anjo-homem devasso,
eu Te quero dominador, doce e cruel
Me elevando e rebaixando aos Teus prazeres
Eu Te quero anjo...
Eu Te quero homem...
Eu te quero dominador sempre e eternamente...

 Tua serva ylena





sábado, 1 de abril de 2017

EXPRESSÃO DE CADELA COM SAUDADE







Cadela quando sente saudade do Dono fica assim...
nessa nostálgica expressão.
Imagina então como não fica uma serva...!

domingo, 19 de março de 2017

quinta-feira, 2 de março de 2017

REFLETINDO AQUI NA SOLIDÃO...






Tantos anos de markas profundas. Do tipo que as palavras o podem designar, desenhar ou mesmo traduzir. Como explicar em letras o sentido, o sentimento que se exala de uma alma que se deixou cativar pelo amor em submissão? Um amor submisso coberto por toques de desejos materializados na pele, no corpo e eternizados na alma, no coração. É assim que uma serva real, leal se sente em relação ao seu Sr.

É muito mais que uma escrava, é um pertence. Que nem tempo desgasta, nem eras envelhecem, pois quando se passa pela vida de alguém se deixa um pouco ou um muito de si mesmo... O andar, a voz, os gestos perpetuados no olhar que cada vez mais sente reacender velho-novos desejos...

Tantas perspectivas, tantos planos, vontades; aspirações por mudanças que se emperram no tempo, que desmantelam planos pervertidos. Vou preparando a casa, vou preparando o coração, vou preparando o suco, vou preparando  o óleo, vou preparando os acessórios para quando o gran finale chegar, tudo possa explodir em gotas coloridas, multicor...

Sem embaçamentos; portas abertas, corpo escancarado, desejos latentes, pulsantes... Expressões máximas da entrega de uma fêmea, que se desnuda dos pudores, de si mesma, das frescuras, das cobranças sociais para viver esse prazer quase louco, quase sem sentido, quase irreal, mas extremamente verdadeiro. Quantas letras para transmití-lo!, e, mesmo assim ainda tem muito mais a dizer...

Como eu posso dizer-Te que sinto Tua falta? Que desejo ouvir Tua voz? Essa voz autoritária, firme, brava, linda, que me leva por Teus caminhos? Seguindo sem questionar Tuas vontades? Por essas e outras não podes sair da minha vida! Pois é tirar-me o ar! Matar desejos consumidos e consumados; é silenciar o uivo dos ventos nas estradas repletas de árvores, de terra, asfalto e nuvens...

A Tua ausência é uma tortura e me tortura. Tortura meus sentimentos de serva com a distância ou a proximidade... És tão fugidio. Espera é ruim. Ainda mais uma espera desesperançada.  A espera só é gratificante quando a ausência da falta vai se esvaindo... Criei expectativas, abolir premissas, sonhei, desejei, toquei, vivi e morri; assim como morri revivi e tento permanecer...

Não sei mais que verbo conjugar, que palavra usar... Desistir? Prosseguir? Esperar? Ir? Vir?  Sentir? Sonhar? Minha mente se confunde quando não sabe o que seguir, o que decidir. Se pudesse escolher, escolheria ter-Te como na primeira vez, onde Tu eras tão “TU”, sem adereços, empecilhos; apenas o Dominador, cheio de ideias, desejos, ensinamentos, tendo em suas mãos  não uma fêmea, mas uma serva disponível a servir com toda franqueza e verdade. Ansiando ser construída pela Tua marka de dominador... Tu tens em mim uma alma apaixonada pelo Teu modo de dominar, seduzir, conduzir.

Eu sou escrava de Teus caprichos e estou presa em Teus prazeres. É só querer...


domingo, 22 de janeiro de 2017

ACORRENTADA A TI






As correntes que me prendem a Ti
estão  markadas em meu coração
com as markas de tua direção