<                           

























Mostrando postagens com marcador FANTASIA. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador FANTASIA. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

TEU CACETE: UM CONVITE!


 
Quando vi teu cacete  meio escondido, assim meio oferecido tive vontade de senti-lo crescer em minha boca e preenchendo minha respiração até explodir garganta abaixo. Lambuzando meus desejos com Tua paixão e gozo. Puxando-me cada vez mais para pertinho de Teu prazer...
Olha, um Não nem sempre é um não. É apenas o calor da inconsciência falando, sem medir a real dimensão do que o corpo quer...
Adoro quando Tu sequer cogitas em a mim obedecer! Olha o meu não como um convite a transgredir as barreiras de todos os desejos. Claro! não poderia ser diferente!, pois para isso é que existe a safeword, para coibir os sonhos da fraqueza do não preparo. Mas também por outro lado, para incentivar a ir mais além... além de sentir um cacete garganta abaixo. De sentir o peso-pesado ou o peso-leve da obediência, da entrega...
De volta aos treinos, de volta à resistência de tempo. de volta à tudo... ou quase tudo, pois tem coisa que não depende totalmente da gente...

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

DEIXE-ME

Deixe-me perder no Teu corpo

Deixe-me lamber os Teus pés

Deixe-me acariciar Tuas pernas

Deixe-me tocar Tuas nádegas

Deixe-me beijar o Teu ventre

Deixe-me roçar teu umbigo

Deixe-me sentir teu coração a bater

Deixe-me percorrer as Tuas costas com meu corpo

Deixe-me provar o Teu néctar em meus lábios

Deixe-TE perder-TE em mim!

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

MISCELÂNIA DE PRAZER





O Brasil é um imenso torrão repleto de diversidades. Com uma culinária riquíssima e  variada. Não tenho frescuras com comida. Como praticamente de tudo. Adorei a culinária paraense, o peixe frito com açaí e farinha de goma. Gosto também das cores amareladas, diferenciadas da arquitetura de Belém. Mas nada se compara com o camarão seco do Maranhão, com um arroz branquinho e soltinho temperado com cheiro verde e alho. Me perdi nas bolos de queijo e docinhos Mineiros. Dá de esquecer o mundo. Agora a maria-isabel do Piauí é coisa de louco, quando vem acompanhado com um creme de galinha, vinagrete e paçoca. Comi. Comi também o vatapá e acarajé; forte como a Bahia. Me empanturrei de massas paulistas - sanduíches, pizzas e yakissoba (não gosto muito). No Ceará comi muito peixe de água salgada. Já em Brasília, apreciei  as frutas e também o pão de queijo. Mas no Rio de Janeiro, ali esqueci minhas raízes e me envolvi totalmente com os pratos. Até porque as pessoas que costumam me hospedar possuem dotes culinários espetaculares. São "chefes"  na cozinha.
E é justamente nesse ecletismo que sinto florescer cada vez mais meus desejos bdsm. Uma miscelânia de desejos e práticas diferenciadas que satisfazem o "paladar" do corpo e dos desejos.
Há no bdsm uma coisa intriguista, que o torna bastante peculiar. O bdsm não é algo cerceado a uma classe, ou grupo de pessoas específicas e determinadas. É para todos aqueles que querem sentir este prazer. Não depende do Continente, do país, da religião, da cor, do tamanho, da altura, das condições financeiras. É um  mundo onde todos se equalizam pelo prazer. Todos sentem sensações, quer na dor, quer na 'não dor'. Não importam que práticas se realizam, TODOS, indistintamente sentirão seus desejos preenchidos ou satisfeitos de alguma forma.
Quero me "empanturrar" de tudo o que posso absorver nessas diversificadas práticas bdsm. 
Afinal, ainda não gosto de certas 'culinárias' porque ainda não conheço seus sabores ou não fui apresentada a elas ou vice-versa. De igual forma o Bdsm, ainda não fui apresentada a algumas práticas por isso não posso dizer que gosto ou não gosto das mesmas. 
Mas não tenho 'frescuras' para comidas, nem para um novo aprendizado...

 

APENAS NO DESEJO DE A TI SENTIR...


 




 é por debaixo dos panos, 
das cobertas invisíveis 
que posso Te tocar
e sentir Teu pulsar revelado...
o sabor que de Ti emana 
alimenta minhas fantasias 
e faz  reviver esses desejos de fêmea 
que em mim latejam.
Enquanto se vive, 
há sempre uma réstia de esperança viva... 
ou semi viva.




segunda-feira, 4 de setembro de 2017

domingo, 3 de setembro de 2017

HORA DO LANCHE




AMOR ATEU


Elymar Santos


O amor não escolhe hora nem espaço
Pra unir no mesmo abraço
Um homem, uma mulher
O amor é vagabundo, meio tonto
E aproveita o desencontro
Pra fazer o que ele quer
Apesar de parecer amor errado
Não há culpa nem pecado em nosso amor fora da lei
Simplesmente vou seguir o meu desejo
Percebi o seu desejo
E é só isso que eu sei

Amor proibido
Amor ateu
Deixa em perigo você e eu
Mas é impossível dizer que não
Proibir a voz do coração

O amor é um mergulho no infinito
Se é pecado é mais bonito
E é só isso que eu sei
Mas tem horas que o amor é sufocante
Sinto isso nesse instante
Nesse amor fora da lei
Eu queria passear contigo agora
Te mostrar pra todo mundo e pras estrelas lá do céu
No entanto esse amor tão verdadeiro
Permanece prisioneiro de um quarto de motel


sábado, 2 de setembro de 2017

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

QUANDO ME ENTREGO




Fico inteira ao Teu querer

Quando contigo me encontro

Esqueço meu passado

Faço do momento meu presente

E meu eterno...

Contigo o tempo para

As horas não se prendem a convenções

Só há uma entrega,

invadida

Eterna...


quinta-feira, 31 de agosto de 2017

NAUFRÁGIO




Viajar pelo Teu corpo

é se entregar em caminhos nunca imaginados

é naufragar convulsivamente

em delírios e emoções  - (hummm - inesquecíveis)

é ficar perdida à deriva

do mar revolto de marés altas...

Mestre, deixe-me naufragar em Teus sabores...





terça-feira, 29 de agosto de 2017

JÁ NÃO SEI


Não sei se é lucidez ou loucura
Mas Tu não sai do meu pensamento
Já não sei se durmo ou acordada estou
Pois Tua voz sussurrada em meu ouvido ficou
E assim também não sei
Se vou me perdendo ou me encontrando
Só sei que em sonhos eu Te busco
nessa loucura da minha lucidez.

QUEM DOMINA E QUEM É DOMINADO?



Neste jogo 
confunde-se quem domina 
e quem é dominado...
o que vale mesmo é o prazer.

sábado, 26 de agosto de 2017

HUMMM.. COMEMORAÇÃO - UM BRINDE AO PRAZER!

Quem não aceitaria 
uma comemoração com estilo?
o estilo do prazer
da ousadia
e do sabor...
um brinde ao prazer do prazer!

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

AVASSALADORA


Gonzaguinha

Avassaladora
Senta no meu colo
Lambe meu pescoço
Morde a orelha
Enfia a língua
Por entre meus dentes
Tomando toda a sua boca
Ela louca muito louca
E ele adora a sua mão
Apertando o que deseja
Com calor e com carinho
Ensinando o caminho
Da loucura e acabando
Com seu medo de não poder
E o macho
Se solta se larga
Se acaba na mão da rainha
Com todo prazer
E o macho
Explode num grito de gozo
Na mão da rainha
E desmaia de tanto prazer