Mostrando postagens com marcador FETICHE. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador FETICHE. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 12 de julho de 2018

PRINCESA DE ÂMBAR




 
 

Princesa de pele morena âmbar
De rosto lascivo e lábios pecaminosos,
essa tua boca fala de desejos
envolva-me nesse teu olhar imaculado
com a delicadeza do teu andar
e ferocidade do teu pulsar
acende o fogo em mim
arde-me com fogueiras obscenas
abre-me a janela do tesão
jogue fogo na fogueira do meu coração
e deixe jorrar meu cio quente-ardente
por entre teus lábios...

terça-feira, 10 de julho de 2018

QUE SEJA LONGO...



Levas-me a desejar-Te mais que tudo
Levas-me a desejar que os dias correm
Que as horas passem
Que o tempo voe para que o momento
de estar ante Tua presença
aconteça...
E quando ali estiver
Quero que o mundo pare
Que o instante se prolongue
Que o momento congele
Que o dia não mais termine
Para que tudo seja eterno
Assim como meus desejos por Ti...

sexta-feira, 29 de junho de 2018

SILÊNCIO ANSIOSO


Antonio Kleber

quero sentir teu corpo e a tua essência
vamos, entrega a boca ao meu desejo
no sublime voejar dos meus ensejos
como a abelha se entrega à florescência.

TUA BOCA



Antonio Kleber

tua boca é verbo forte, belo e intenso


é verso sem medida, é canto nu


é abismo projetando à imensidão


o gemido apertado em línguas tensas


tua boca se transforma em precipício


quando tomo teu rosto em minhas mãos


e mergulho nas chamas dos teus olhos


tua boca é a fonte, o inicio dos sonetos


onde deflaro a ânsia da libido


em busca do tremor dos lábios teus.

quarta-feira, 13 de junho de 2018

LIBERDADE EM TI




Prisão de corpo
Prisão de alma
Em busca daquela liberdade
que somente TU podes trazer
Somente TUA presença pode desvendar
Somente TUA marka pode liberar...


terça-feira, 12 de junho de 2018

RESPONSABILIDADE DE UM DOM SOBRE A SUA SUB NO BDSM


 (http://www.gladiusbdsm.com/2011/07/responsabilidade-de-um-dom-sobre-sua.html)

Li este texto do Dominador Gladius Maximus e achei interessante compartilhar com aqui neste espaço.




Existem várias maneiras de se explicar uma relação BDSM, mas costumo vê-las da seguinte forma: Dominador/dominado e Possuidor/posse. No primeiro caso, a prática é o foco, sendo a mais indicada para a maioria.  No segundo, é necessário se percorrer um longo caminho, para se entender o que realmente significa possuir e ser possuído.
Por outro lado, a responsabilidade de um Dominante sobre o seu parceiro, seja este uma posse completa, play partner fixo ou até mesmo eventual, é basicamente a mesma. Total.
Na verdade, quando possuímos algo, seja lá o que for, precisamos ter consciência das necessidades que cada coisa tem para se manter em bom estado ao longo do tempo. Se isso é válido para objetos inanimados, é algo muito mais sério quando o objeto é um ser humano.
Nas relações do Universo BDSM sempre existe uma parte no comando e outra sendo controlada.  E a pessoa que está ali, amarrada, amordaçada e vendada, depositou sobre seu parceiro uma confiança tal que entregou a ele sua integridade física ou mesmo sua vida... Portanto, o Dominante nunca deve perder a perspectiva de que é um ser humano e merece todo o respeito.
É bom ter em mente também que uma das premissas mais elementares do BDSM é que nunca se deve danificar o brinquedo.
Seres humanos são brinquedos especiais. E o seu valor real é medido de forma diretamente  proporcional à sua entrega e confiança. Não os compramos... Nós os conquistamos e já li em algum lugar que somos responsáveis por aquilo que conquistamos.
 
Na verdade é:
"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas."

Uma frase do livro Pequeno Príncipe, de  Antoine Saint-Exupéry