<                           

























Mostrando postagens com marcador FRUTA. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador FRUTA. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

domingo, 14 de dezembro de 2014

É PRA COMEMORAR!


 


 


Todo dia é dia de comemorar a vida!
Dezembro mais ainda! 
 E o fim de ano mais especial fica!
dezembro é tempo de festa.
Um brinde ao vermelho,
um brinde a um novo momento,
um brinde  a uma nova vida,
um brinde  a um novo ano!


segunda-feira, 4 de novembro de 2013

POEMA DE PRIMAVERA



 Alice Poltronieri

 Metamorfose dos encantos
Encaixe dos sentimentos
Delicadezas se ondulam em flores
Nas asas da imaginação
Seu sorriso, meu disfarce
Me perco no equinócio do seu florescer
Num canto bem adubado do meu coração
Outra semente germina
Pulula em vida pós-inverno
De begônias e hortênsias
Ornando meu caminhar.
Quem hibernou, involuntário
Ao saltar para a primavera
Encontra suave brisa
A refrescar a tez acalorada febrilmente.
Enfim vitória de uma semente
É primavera chegando
A esperança renascendo
O colorido tingindo
O caminho do passante
Desencasula... para a vida
Desacrisola... para a maturidade
As forças da natureza me deixam e êxtase
Momento de recomeçar
Floresça em mim a primavera de minh'alma
As lágrimas transformem-se em suave brisa
Ou num orvalho manso a regar meu coração...
Estação das flores dentro de mim,
Reaja ao inverno sequioso dos sonhos meus
E brotem novos sonhos
Novas forças,
Nova vontade de sonhar.
Caminho lentamente, mas com firmeza
Esqueço o que doeu
Apago o traço da dor
Aborto a palavra saudade
Construo ruas de felicidade
Onde dançarei a dança da paz
Com o arco-iris a brincar
Ao vento vão os pensamentos
Novos sonhos, novos alentos
O tempo... ah, o tempo! Meu íntimo confidente,
A primavera me trouxe.
Um dia novo está surgindo
Um sonho novo me envolve
Vida nova...
Saúde...
Paz...
Enfim, a primavera me beija a face.

terça-feira, 5 de abril de 2011

O PÉ DE MARACUJÁ


ACONTECEU NO MARANHÃO

Na cidade de São José de Ribamar, pertinho de São Luis-Maranhão, aconteceu um fato inusitado,  onde um pé de maracujá-melão  deu frutos com um formato, no mínimo, curioso. Forma de pênis. Cacete. Pau. Pica. Falo. Rola, etc.  ah.. sei lá..
 
Esse não é o maracujá amarelinho tradicional. “Se trata de outra espécie, cuja polpa é utilizada, sobretudo, em saladas”, ressaltou o agrônomo Francisco Saraiva.

Dona Maria não tinha percebido essa novidade até que um filho foi até ela correndo e gritando:  “Mamãe, está nascendo um pé de p.*.. no nosso quintal!”, contou. 

Tudo indica que a planta desenvolveu-se assim devida a dedicação da vizinha, que diariamente regava o maracujazeiro. “Eu sempre regava o pé, mas nunca imaginei que fosse ficar nesse formato. É muito estranho e engraçado. Parece muito com aquilo”. Dona Maria.

A curiosidade sobre o fruto exótico, tem levado dezenas e dezenas de pessoas à casa da dona Maria, além de jornais, emissoras de TV e rádio.  

 Já imaginou se esse maracujazeiro continuar dando frutos desse formato? Logo, logo muita gente vai querer ter semente para plantar um pé de maracujá em sua casa.

Ainda mais que agora virou moda enfiar tantas coisas  rabo acentro... Já vi de tudo, de cenoura, abobrinha, pepino, varingela... agora maracujá deve ser  algo diferente, ainda mais nesse forato.
Seria engraçado: ei meino, vai ali na feira comprar um pé de maracujá em forma de p*!"

O maracujazeiro é tão surpreendente que um professor da UFMA, José Cláudio Pavão Santana, fez versos bem humorados e postou em seu blog (claudiopavao.blogspot.com) intitulado “O pé de maracujá (Em Ribamar)”.

Durante a visita, o diretor de Defesa Vegetal da Aged, Luís Carlos Sousa, comentou a possibilidade de os frutos da próxima geração apresentarem a mesma forma. “Os descendentes desses frutos podem herdar as mesmas características, inclusive o mesmo formato. Comunicaremos a Embrapa, para que seja realizada a pesquisa de acompanhamento e posteriormente tenhamos os resultados”, acrescentou.

Após atingirem o período de maturação, os técnicos devem recolher as sementes e levá-las para laboratórios da Embrapa. Os estudos pretendem avaliar se a anomalia afetará novos frutos, constituindo-se um fator hereditário.


segunda-feira, 4 de abril de 2011

VEGETAIS E SUAS 1001 UTILIDADES







A mulher sempre inovando, inventando e  ousando
quando não tem um  cacete ela substitui por...
frutas
brinquedos
vegatais.

Olha só, os vegetais possuem outras utilidades...