Mostrando postagens com marcador MESTRE. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador MESTRE. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

domingo, 24 de dezembro de 2017

CAVALETES...

Enfim uma função mais prazerosa
 para os cavaletes...
Basta apenas usar a criatividade...

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

REFLEXÕES DE UMA SERVA!



Durante vários anos, há mais de uma década, aproximadamente, enveredei-me por este caminho que chamo de fascinante mundo do BDSM. E isso foi me rebatizando com uma nova roupagem, novos desejos, novas posturas. Os contatos com as pessoas deste meio me enriqueceram o conhecimento do que é este estilo. Entretanto, e obviamente, o contato mais especial e essencial foi com meu Mestre e Senhor, Dom Marka, a quem dediquei minha servidão. Com Ele aprendi o que é de fato bdsm. Foi algo crescente, que cada vez mais me moldava, me ensinava, me acondicionava dentro do caráter bdsm e de suas próprias vontades.
Fui me lambuzando, me envolvendo... E é impossível não se envolver com todas essas magias, feitiços e seduções que o BDSM desperta na mente da gente, na minha mente, em meus desejos... Traz uma agonia, uma inquietação que vem acoplada com aquela vontade de quero mais, de se aprofundar mais, de desejar mais... E sempre mais...  Com uma linguagem única, particular, que nem palavras  traduziriam o sentido real...
Fui tateando brechas, formando desejos,  criando momentos, esperando o tempo; até cruzar vários arco-íris, de forma que esses caminhos  me conduzissem ao Mestre... Só pelo prazer que Ele a mim causa. Especificamente se posso  provocar o  prazer Dele.
        Tive, também, a voz embargada, markada pelo refugo da mordaça invisível. Tantas cordas sem laços, sem amarras, fazendo companhia para um excêntrico desejo vermelho repleto de tantos sonhos: quantos sonhos, Dom Marka, foram realizados Contigo! E quantos ainda desejo que sejam realizados! E na minha mente ainda reside uma imagem viva de uma serva ajoelhada (e perfumada), de mãos postas, esperando seu Mestre e Senhor com todo seu gozo e prazer... Teus prazeres mais obscenos, loucos, desvairados, sensuais, ousados e imorais. Aqueles que elevam as carnes e faz delirar o espírito. Esta centelha de amor BDSM que ultrapassa todos os limites do entendimento humano. Que faz meu coração acelerar...
Quantas emoções senti, vivi, revivi...
Do medo à respiração ofegante, da espera, da dor, do chorar, do sorrir, do sonhar. Do toque... e quantos toques visíveis e invisíveis, com Tuas mãos, com meus pensamentos, com Tua voz, com Teus passos, com cada ação Tua... Quase impossível não pensar em Ti, como já repetidamente digo. De não desejar Teu cacete  me asfixiando a boca e garganta... Sentindo-o  crescer ali, como se fosse seu habitat natural e sentir sua pulsação explodindo...
Quem disse que esta serva quer pena?!
É quase um pedinte... Pode ser. Mas é uma serva suplicante para agradar seu Mestre adorado. E até naqueles momentos de falhas, queria poder não falhar. Queria apagar passados, queria refazer passados. Queria acertar presentes... Queria reviver tudo o que deu certo, sem fronteiras e de forma ilimítrofe!
Onde tentei escrever com muitas ou poucas palavras para somente Te expressar o tom desse meu imensurável amor bdsm. Um amor totalmente submisso a Ti. Que me faz ser...
Ser uma serva cheia de dor
Ser uma serva cheia de amor 
Ser uma serva cheia de olor...
Esse odor de servidão, que somente meu Mestre produz em mim. Eu sempre vou agradecer pelos ensinos. Obrigada, sempre, Mestre, porque minha saga de submissa só se completa CONTIGO, com Tuas ordens, com Tuas MARKAS. Sempre.

domingo, 3 de dezembro de 2017

O SABOR DO MESTRE



O sabor do Mestre
É aquele sabor 
de "quero sempre mais":
Mais da presença. 
Mais do sentir. 
Mais do próprio sabor.  
O sabor do Mestre 
tem um sabor de desejo. 
Não qualquer desejo; 
mas aquele desejo safado, 
recheado de fantasias, 
lascívias e muito tesão. 
O sabor do Mestre 
se revela em seu desejo, 
em seu membro enteso, 
digno de adoração, 
de predileção.  
Que se transforma 
num dogma de prazer; 
objeto de culto, 
de homenagem e paixão.
O sabor do meu Mestre 
ressoa entre minhas mãos, 
na boca ou não... 
Tempera minhas taras, 
irriga meu fogo ardente, 
ebuliza meus vulcões, 
efervesce  minhas depravações 
em senti-lo vivo, 
pulsante e em movimento...  
Esse movimento de alta voltagem 
que produz essa energia sinérgica 
em todas as luxúrias desta submissão. 
O sabor do meu Mestre, 
é esse sabor de servidão 
que Ele lavrou 
nos caminhos submissos desta serva
fruto da Sua criação.



sexta-feira, 9 de junho de 2017

SABORES E SENSAÇÕES





Todos os sabores 
e insinuações 
de Tua presença.
Presença desejada,
sempre!
Pois deixa markas irreversíveis!

quinta-feira, 8 de junho de 2017

DESEJOS DE UMA SERVA...








Em se tratando de BDSM a voz, a fala, a ordem e o comando do Mestre é sempre imperioso. É..., e como sempre costumo dizer: quando a ordem chega não tem o que pensar, nem o que questionar, só resta obedecer - simplesmente. E é assim que faço: da forma como estou, esteja onde estiver, deixo tudo o que estiver fazendo  e sigo estas markas que me inebriam... 
Aos poucos vamos acertando detalhes, limpando arestas, fechando frestas.

Ver o Mestre é sempre um banquete, é delicioso, é embriagante... Alimenta o ego, alimenta os desejos, revitaliza as paixões que se eternizaram neste coração altamente submisso aos desejos BDSM deste Mestre e Senhor.

Ele me assusta por sua impetuosidade e ousadia, e, concomitantemente, Ele me seduz e me incentiva a alcançar práticas desconhecidas ou pelo menos não praticadas.

A cada dia vou me embriagando com o que Dele recebo, seja qual for a forma. Vou me deliciando com sua imagem, com suas ousadias...

A devoção que devo e presto a Ele faz parte da minha essência subserviente. Cada dia passado mais amadurece este compromisso que minha entrega Lhe dedica.

Queria falar tantas coisas com o Mestre! Sem limites de nada, até porque limite se restringe somente ao tempo. Queria me derramar; quem sabe pedir opinião sobre determinado assunto. Enfim...

Mas confesso: o que quero mesmo, acima de tudo,  é estar em Tua presença; aos Teus pés;  me deliciando com Teus manjares, Teus sabores, Teus  oferecimentos...

segunda-feira, 8 de maio de 2017

DESEJOS SEMPRE VIVOS, POR TI!


 


Mestre
por Ti, 
os desejos 
são sempre vivos!

Adoro-Te!
Sempre disponível.



exceção à parte 02-05/06

DESEJOS VIVOS



Trago em meu corpo a marka sem marka
markada e desejada
essa mesma marka que me maltrata
que me traz alegria
que me enche de desejo
porque é a Tua Marka
marka que me chama
marka que me retrai 
marka que me faz avançar
marka que  toca
que me faz sonhar
me faz sofrer
me faz viver
mas que também faz morrer...
É assim essa tua marka ferrenha em mim
neste corpo de escrava
com coração de serva
em forma de fêmea que nasceu
e vive para TE servir.
Essa mulher cônscia disso
que não abre mão do prazer sofrido
por Ti oferecido
que nada exigido do Mestre
nada espera do Mestre
senão aquilo que Ele quer e/ou pode oferecer
E tudo é recebido com muito bom grato
alegria, gratidão e gozo 
Bem sabes que tudo depende apenas de uma ordem
apenas um chamado
apenas um mandado
Tua é a dominação dos mais singelos, obscenos e puros desejos
que se formam aqui dentro...
Basta apenas uma palavra Tua...
Não há distância
não há horário
não há dia...
a hora é a Tua
o horário Tu que fazes
o dia... quando Tu puderes e quiseres...
Estou aqui, sempre - Para Ti
E quem sabe ainda neste mês lindo
onde comemoro aniversário?!
Seria presente?
Não... seria uma transposição. 
Chegaria aos céus dos prazeres e desejos
se por Ti convocada for...
Eu diria que seria uma compensação por tanto, tanto, tanto tempo
de desejos adormecidos (?)
Quero arrumar a mala
quero Tua opinião em assuntos próprios...
Na verdade, Mestre: QUERO-TE!

quarta-feira, 26 de abril de 2017

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

CADA UM







Quem disse que o amor tem que ser manso e delicado?
Quem disse que o amor tem que ter regras?
Amar é amar...
De uma maneira única...
Às vezes esse amor é expresso em forma de baús
Cada um de nós temos nossos baús...
Seja de que forma ele se apresente...
Hoje desvendei meu baú BDSM
Meio desanimado...
Eu encontrei a pessoa certa, o dominador certo
Que é alvo desse meu amor sem regras
De um amor totalmente entregue...
Por isso faço coisas que eu duvido
Hoje me peguei beliscando as coxas...
Pela fascinação que a dor provoca em minha mente
Em meu corpo...
Que fazem lágrimas escoar,
regando a pele esperançosa...
Cada Marka, leve ou profunda
É um jeito diferente, é uma memória diferente
ODEIO O TEMPO
HOJE ODEIO TUDO!!!!!!!!!!