<                           

























Mostrando postagens com marcador MULHER. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador MULHER. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 19 de julho de 2017

SILÊNCIO



Eu pensei que palavras
Sentimentos traduziam
Mas foi no silêncio do meu amor
Que revelei tudo o que por Ti sentia.
Pois sempre Te ouvi com meus olhos
Sempre Te apoiei com meu sorriso.
Minhas mãos falavam de amor
Quando em Teu corpo tocavam
Não precisei emitir som
Para dizer-te: EU TE AMO, MESTRE!
Meu silêncio sempre falou mais que a minha voz...
O Teu olhar me conduzia,
servia de alento para minha vida.
Do Teu querer tornei-me cativa,
E sem palavras,
fomos traçando nossos destinos...
juntos... ou mesmo longe...
em silêncio... ou com o som da presença...
eternamente...
calada, mas cheia de sentimentos...




UMA FÊMEA – UMA SERVA



Eu me preparei para Ti
eu me tornei mulher 
para ser fêmea
eu me tornei fêmea 
para ser serva
E em forma de serva,
torno-me Tua escrava
Totalmente submissa
ao Teu markante prazer
sou Teu cântaro 
sou Tua cama
sou Teu descanso
sou Tua fêmea!
Tu me fascinas,
me excitas e me enches de desejos para Te servir
Eu sou Tua serva, meu Amo!

sábado, 15 de julho de 2017

TANTAS LÁGRIMAS CHOREI

Thais S Francisco

Tanto já chorei longe de ti,
Que me fundi, às águas do rio
para com ele, seguir mundo afora
a procura deste teu olhar que me fascina,
do teu perfume que me inebria,
de teus abraços, que me acalentam,
dos teus beijos, que os meus adocicam,
do teu mel, que me lambuza,
do teu gozo, que me enlouquece
e me envolve no prazer deste louco Amor!...
Em qual margem estás?
Roça tuas mãos nas águas deste rio,
fazes arrepiar minha pele,
tal qual, encrespas as águas correntes,
com o toque de tuas mãos.
Aumenta o volume destas águas,
mistura teu mel ao meu,
vamos juntos, chegar ao mar,
onde o rio, suas águas descansa,
e que, em lençóis espumantes,
aconchegará nossos corpos,
para o repouso dos amantes!...

segunda-feira, 10 de julho de 2017

PENSO EM TI, MESTRE!




Sabe aquela sensação de toque, sem tocar,
de presença, sem ver?
É assim que hoje estou. Te sentindo perto, sem tocar.
Será que faço parte nalgum momento de Teu pensamento?
Queria que Tu  sentisse a intensidade da minha presença mesmo sem me ver... Mesmo sem me tocar...
Ocupando Teus pensamentos, alimentando Teus desejos...
Penso em Ti, Mestre adorado!

sexta-feira, 7 de julho de 2017

quarta-feira, 5 de julho de 2017

DESPEJA TEU ESPUMANTE



 Edméa Barsotti

Despeja sobre meu corpo...
O mais doce espumante,
Licoroso, aromático dos amantes.
Entre abraços revele...
Teus delírios mais insanos.
No ato do nosso cio...
Sacia teus desejos selvagemente,
Na mais secreta passagem,
Pra descobrir o segredo da excitação.
No roçar dos corpos quentes...
Pelos arrepiados.
Coxas úmidas entrelaçadas...
Desabrochando na madrugada.
Vozes soltas e ritmadas...
Cheias de insinuações.
Gemidos e sussurros
Indecentes e picantes
De falas de amor.

domingo, 25 de junho de 2017

DESEJOS E DELÍRIOS




A verdade é que essa vontade excelsa 
que tenho em estar Contigo, Mestre, é intensa demais;
mas tão intensa que se torna impossível
reter meus pensamentos e desejos de Ti... por Ti...
Por isso não culpes a esta serva se nalgum momento
eu estiver ante Tua presença,
mesmo que seja por meio de meus sonhos
mesmo que seja por meio de meus desejos e  delírios... 
por meio desse insensato amor submisso 
que por Tua pessoa esta serva nutre.

quinta-feira, 22 de junho de 2017

TU TE FOSTES...




E Tu Te fostes...

me deixando só...

com apenas minhas fantasias

e perdida em meus desejos de Ti...

Com essa vontade louca de Te sentir novamente

incendiando meu corpo com larvas de prazer... 

segunda-feira, 19 de junho de 2017

PORTA ABERTA





Meu Mestre e Senhor,
Tu abristes a porta do meu prazer
E eu entrei dona de mim
e agora estou perdida por TI!

sábado, 17 de junho de 2017

sexta-feira, 16 de junho de 2017

DESEJEI-TE!






Hoje - como sempre
Desejei-TE!
Intensamente
pulsantemente
com o coração delirante
com a buceta latente
Desejei-Te!

Fico horas e horas a olhar Tua imagem
Vou me embriagando com cada detalhe Teu
Cada traço
cada marka
Essa marka que me marka

Hoje mais do que nunca, mestre: 
Desejei-Te!