Mostrando postagens com marcador SAUDADE. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador SAUDADE. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 19 de julho de 2018

O PIOR MOMENTO É TUA AUSÊNCIA...


Quando estamos com aquela vontade intensa de comer algo que nos é agradável e não conseguimos, ficamos com a sensação de vazio. Eu fico.
Ou então, quando entramos numa casa e esperamos encontrar alguma coisa ou alguém e não encontramos, ficamos também frustrados...
Assim fica esta serva quando adentra 'nesta casa' onde expressa seu prazer.
Quando não encontra a marka de seu adorado Mestre, por longa temporada, fica desapontada...
É tão imensamente delicioso ouvi apenas uma palavra, mesmo que seja: Azeitona...

sábado, 7 de julho de 2018

O QUE TU ME OFERECES




O que recebo de Ti são prazeres embebidos de tesão
Tu me ofereces guisos de felicidades
Partículas de desejos
Que forma todo um conjunto de seduções
Vou experimentando um pouco de tudo
De coisa que Tu me ofereces
Ofereces-me sempre um novo modelo de vida
Uma vida para Teu prazer.

Posso dizer-te que é tudo de bom!

quarta-feira, 13 de junho de 2018

LIBERDADE EM TI




Prisão de corpo
Prisão de alma
Em busca daquela liberdade
que somente TU podes trazer
Somente TUA presença pode desvendar
Somente TUA marka pode liberar...


terça-feira, 16 de janeiro de 2018

EM TODOS OS MUNDOS


De todas as distâncias -nunca existia distância
De todos os limites -as distâncias nunca foram limites
De onde a convocação chegava
fosse longe, fosse perto  - o traçado era o mesmo
o caminho a seguir era o mesmo - o Teu
Porque Tu bem sabes que é ilimítrofe
o espaço de Teu chamado.
em qualquer mundo, em qualquer tempo...
Se fosse um chamado à lua
tornar-me-ia uma astronauta para a Ti chegar
se fosse em alto mar
marinheira seria eu, mesmo sem saber nadar
e por falar em nadar...
desde aquele dia que foi subtendido de promessas,
que nunca mais entrei em lagoa, piscina, rio...
nem sei os porquês de Tuas ordens, 
mas sei que, se elas são dadas,
é porque, por mim, devem ser seguidas e obedecidas.
Mas, se ainda Tu me chamasses para além Estado
além Região, além País...
O jeitinho brasileiro estaria presente
apenas para contigo estar.
Veja só: de quatro... mas reverente,
pois Tu bem sabes que lá no fundo do fundo
jamais  Te desrespeitaria
Chegaria ao fim do mundo para Te encontrar 
Desceria ao inferno profundo 
Para poder subir aos céus dos Teus prazeres
iria de um a outro mundo
de ponta a ponta, 
de meio a meio...
tudo para poder sentir o calor de Tua marka

sábado, 23 de dezembro de 2017

VADIAGEM

 Esta vadiagem 
se tornou uma deliciosa viagem
onde a parada obrigatória do prazer era a acostagem
e dentro, o tesão, era a bagagem
e o corpo, o local da aterrissagem...

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

SONETO 57 DE SHAKESPEARE


Sendo teu escravo, o que fazer senão atender
Às horas e aos chamados de teu desejo?
Não tenho tempo algum para mim,
Nem serviços a fazer, até que me peças.
Nem ouso repreender a hora do mundo sem fim,
Enquanto eu, minha soberana, sigo tuas horas,
Nem penso que a solidão da ausência seja amarga,
Após dispensar teu servo de teu serviço;
Nem ouso questionar com meus ciúmes
Onde andarás, ou imaginar o que fazes,
Mas, como um triste escravo, sento-me e não penso,
Salvo, onde estás e quão feliz fazes a todos:
Então, que tolo é o amor, que, sob teu jugo
(Embora nada faças), nenhum mal o assombre.

tradução de Thereza Christina Rocque da Motta
(http://154sonetos.blogspot.com.br/2009/07/soneto-57-sendo-teu-escravo-o-que-fazer.html)

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

SONS MARKANTES





Eu quero ouvir o som da Tua excitação,

Eu quero ouvir o som do Teu prazer

Expressado em Teu olhar

Esse olhar furtivo, MARKANTE

Eu quero ouvir o tom de Tua voz

Eu quero ouvir o timbre de Tua vontade

Ouvir a sensibilidade de Tua pele

Sorver Tua língua, Teus desejos

Eu quero o despertar de Tua excitação

Eu quero ouvir o zunir do tempo parado

Eu quero ouvir a explosão do Teu tesão...