<                           

























Mostrando postagens com marcador SEDÚCEME. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador SEDÚCEME. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 19 de julho de 2017

quarta-feira, 5 de julho de 2017

DESPEJA TEU ESPUMANTE



 Edméa Barsotti

Despeja sobre meu corpo...
O mais doce espumante,
Licoroso, aromático dos amantes.
Entre abraços revele...
Teus delírios mais insanos.
No ato do nosso cio...
Sacia teus desejos selvagemente,
Na mais secreta passagem,
Pra descobrir o segredo da excitação.
No roçar dos corpos quentes...
Pelos arrepiados.
Coxas úmidas entrelaçadas...
Desabrochando na madrugada.
Vozes soltas e ritmadas...
Cheias de insinuações.
Gemidos e sussurros
Indecentes e picantes
De falas de amor.

domingo, 2 de julho de 2017

SEGUINDO O CAMINHO PRAZER...




De toque em toque
de prazer em prazer
não precisam de linhas retas
nem de curvas acentuadas
basta apenas seguir o caminho!

quinta-feira, 29 de junho de 2017

SENTIDOS E SENSAÇÕES




Quando de mim Te aproximas
provocas calafrios
ilumina meu rosto de desejos
e com volúpias me entrego ao Teu louco e fascinante prazer 
eruptas-me o corpo, a alma, o interior e exterior 
Com o calor de Tuas mãos
faz o gozo correr e escorrer buceta abaixo...
Não tem como não sentir;
Sinto Teu toque, sinto Teu gosto;
de portas escancaradas, no mais íntimo das entranhas;
sinto esse característico salgadinho sabor de prazer
que também de mim exala... 
com fragrâncias de tesões
destilando perfumes de taras
acelerando esse desejo erótico
de acoplamento entre macho e fêmea, senhor e escrava...
Mestre, Tu provocas em todos meus sentidos
as mais eruptantes sensações de prazer!





segunda-feira, 26 de junho de 2017

LIMITES DE UMA ESCRAVA



No mundo das relações Bdsmistas Senhor e serva ou escrava mantém vivo um código de conduta que deve ser respeitado, pelo menos no meio, por isso alguns firmam um Contrato de Relação BDSM. Eu e o meu Mestre Sr. DOM MARKA temos o nosso. Ali são descritos os limites de cada um, especificamente da escrava, pois querendo ou não o contrato de servidão é dela. É ela que declara o que quer, o que pode e o que não pode fazer. Claro que em comum acordo com seu Senhor.
Mas há sempre algumas cláusulas que são extremamente desafiadoras,  novas, desconhecidas...
Podem surgir situações em que a serva poderia não saber como se comportar, por isso é essencial a clareza da relação.
Vamos levantar aqui uma hipótese:
O Dono da escrava  "a empresta" a um outro dominador por uma sessão ou por um período de tempo, enfim... Até onde deve ir a entrega dessa serva nesse compartilhamento, com outro Mestre que não é o seu?
E se ele começar a fazer questionamentos de cunho pessoal, como: nome real, família, trabalho, estudo, relações - ela deveria ou não responder? Ou deveria, gentilmente, pedir-lhe que essas questões tratasse diretamente com seu Senhor que é quem tem a autonomia sobre seus comportamentos BDSM?
Por outro lado, quando o Senhor da escrava dar total acesso a outro dominador para uso de sua escrava poderia seu Senhor reivindicar da sua serva um comportamento diferente, com limites de entrega a outro?
Como deve ser  ser firmado o acordo?
Levanto estes questionamentos, por que já vi num blog, uma submissa participar de sessão com dois outros Mestres que não o seu Dono, e lá tudo era possível, dentro do prazer.
Entretanto, também vi (li) de outra submissa que  algumas práticas lhes eram vedadas por seu  Dono.
E agora?
Por conta de dúvidas como estas que tudo precisa ser muito bem esclarecido, tanto no contrato, quanto em conversas, até por que contratos podem ter falhas, omitir cláusulas que podem ser importantes e não lembradas no momento.
Quanto a mim, esta serva confia nos procedimentos de seu Mestre e se sente confortável em sua entrega.
O resto, o que importa é o prazer que Ele pode receber, seja de que forma for, porque isso também me dá prazer.



quarta-feira, 21 de junho de 2017

O DOM DE MARKAR



Há aqueles que passam pela nossa vida 
e nada deixam de bom
Mas, por outro lado, 
há aqueles que vão passando e deixando markas profundas,
em cada pegada uma marka diferenciada
Mestre, Tu me markas de uma forma única
Tu não passastes em minha vida
Tu fizestes foi morada em meu coração, 
em minha construção de serva
- Tua serva
Fui moldada pelas Tuas mãos de dominador artesão 
Mãos de aço, que num momento me eleva, me acarinha e noutro me corrige, me castiga
Tuas markas deixadas em mim são as markas da confiança, 
markas de um desejo particular,
markas de Tuas markas.
Obrigada por Tua integridade, 
Obrigada por Tua hombridade
Obrigada por Tua sinceridade,  
Obrigada por Tua verdade
Obrigada, meu Mestre por dedicar a esta simples serva nuances de Tua confiança.
Eu me sinto altamente confortável em entregar-Te meus desejos, meu corpo, minha submissão.
Não por conta de um contrato, porque eu sou Tua desde sempre - de verdade. 
Desde quando nossas vidas se cruzaram
Tu és minha completude BDSM - desde o meu nascimento
E hoje, mais do que nunca esta serva se sente Tua propriedade - por tantos desejos ratificados pelo tempo!
Quando Contigo estou o que ocorre ao redor são cenas coadjuvantes, paralelas - não as vejo
Porque fico absorta em Ti; em Te olhar, Te ouvir...
De tal forma que deixo passar alguns detalhes 
que espero reparar quando em Tua presença me ajoelhar.
Ah, meu Mestre e Senhor amado... são tantos sentimentos bons que  Tu plantastes nesta Tua serva!
Será que estou sendo  capaz de traduzi-los fielmente, meu Senhor?
Acho que combinamos, de alguma forma
E esse Teu nome? Quão apropriado!
Teu nome é Teu, mas poderia ter sido por mim escolhido. Porque tudo, absolutamente tudo em mim tem Tua marka...
Porque Tu tens o  Dom de me Markar!
Adoro-Te eternamente! 

Tua absolutamente
tua serva ylena

segunda-feira, 19 de junho de 2017

PORTA ABERTA





Meu Mestre e Senhor,
Tu abristes a porta do meu prazer
E eu entrei dona de mim
e agora estou perdida por TI!

segunda-feira, 29 de maio de 2017

APRENDI





  Mário Quintana

Aprendi....
que ninguém é perfeito enquanto não se apaixona.
Aprendi....
que a vida é dura mas eu sou mais que ela!!
Aprendi que...
as oportunidades nunca se perdem,
aquelas que desperdiças... alguém as aproveita

Aprendi que...
quando te importas com rancores e amarguras
a felicidade vai para outra parte.
Aprendi que...
devemos sempre dar palavras boas...
porque amanhã nunca se sabe as que temos que ouvir.
Aprendi que...
um sorriso é uma maneira econômica 
de melhorar teu aspecto.
Aprendi que...
não posso escolher como me sinto...
mas posso sempre fazer alguma coisa.
Aprendi que...
quando o teu filho recém-nascido 
segura o teu dedo na sua mão 
tenta prendê-lo para toda a vida
Aprendi que...
todos, todos querem viver no topo da montanha...
mas toda a felicidade está durante a subida.
Aprendi que...
temos que aproveitar da viagem 
e não apenas pensar na chegada.
Aprendi que...
o melhor é dar conselhos só em duas circunstâncias...
quando são pedidos e quando deles depende a vida.
Aprendi que...
quanto menos tempo se desperdiça...
mais coisas posso fazer.

sexta-feira, 12 de maio de 2017

TUA CONDIÇÃO...





6. Quando aceitas com submissão a dor que te provoco, sei que estás a sofrer por Mim, e não para teu próprio gozo. É uma dádiva que Me fazes, e Eu tenho perfeita consciência de quão grande ela é.

(Wandedecken)