Mostrando postagens com marcador SEDÚCEME.. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador SEDÚCEME.. Mostrar todas as postagens

sábado, 13 de janeiro de 2018

É O BICHO!

  
  


Este ano é o ano do bicho. Cheio de correrias e compromissos administrativos. Algumas datas imutáveis. Que chato! Enquanto se aumentam feriados, se diminui meus tempinhos. Mas tudo ajustável. Até porque meu compromisso principal é com este prazer desvairado que Tu tens e provocas...

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

MUNDO BAUNILHA x MUNDO BDSM


A vida é muito bela para não ser desfrutada. E em todas as suas extensões. Em todos os seus diversificados momentos, óbvio. 
Nessa minha vida, onde amadureci cedo, por conta de imposições de responsabilidades precoces, posso analisar de forma mais crítica suas várias tangentes.
Ainda lá na minha pacata cidade conheci homens ‘grandes’, como escritores nacionais, entre outros. Já na cidade grande, esse sex appeal que exalava de minha feminilidade também atraiu outros homens ‘grandes’, como meu inesquecível “Comandante”. Entre outros  que mexeram com minha imaginação de mulher. Aquela que queria um lar, uma família, uma vida socialmente correta. Viver grandes emoções que achava eu ser o ápice das sensações de prazer. Sempre me julguei provocante e completa em meus momentos relacionais ‘baunilhas’. Mas confesso que no meu inconsciente ou até mesmo consciente queria algo mais.
Minha vida baunilha foi completa, aquela completude cálida, certinha, equilibrada, de emoções controladas e resguardada por preceitos,  dogmas e regras de limitações em várias coisas, até nas emoções e desejos escondidos. Havia uma lacuna a ser preenchida que eu, ylena, não entendia exatamente do que se tratava.
Mas era uma vida boa!
Mas nem se compara com a avassaladora vida que em mim se revelou quando me deparei com o BDSM. Po*...!
Foi nessa impetuosa vida que realmente me sentir fêmea, pude de fato explorar meu lado perigoso de servir, de sentir sensações de espasmos que nunca antes havia sentido. Foi nesse 'outro lado da vida' que  descobri o que é de fato uma foda, o que é de fato está sob o domínio de alguém. Essas loucas sensações despertaram em mim desejos de conhecer os limites do corpo, de praticar coisas onde eu pudesse sentir na pele o sabor do desejo, o tremular do prazer.
Cada lado tem sua vantagem. Mas infinitamente o BDSM supera toda prática baunilha. Por isso não raro é que as pessoas que conheceram o BDSM se arraigaram e não querem mais deixá-lo...
E quando tudo isso vem acordado com a pessoa certa, aquela pessoa que conduz, que orienta, que participa direta ou indiretamente, o prazer fica completo, porque então, não será apenas o desejo de uma fêmea, mas o desejo de duas pessoas que decidiram viver e experimentar essas impressões de puro êxtase.
Podemos até tentar comparar, mas Não há como equiparar esses dois mundos. Tão semelhantes e tão distintos na sua intensidade de prazer provocado. Porque o mundo BDSM, para mim, suplanta o baunilha!

segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

domingo, 31 de dezembro de 2017

QUE VENHA O NOVO ANO!



 

Mais um ano chega ao final. E com ele tantas lembranças que se vão e quantas lembranças que também ficam! Todas imprescindivelmente markadas no memorial da história da vida desta serva. Quantos momentos  de lutas! Mas quantos momentos deliciosamente temperados com extremos prazeres. Foram muitas markas deixadas com pegadas bem 'pegadas'. Foram sonhos realizados, outros frustrados... Mas com uma indubitável certeza de que outras chances são possíveis, são  oportunizadas e com certeza tudo será no mínimo diferente.
No entanto, há coisas que nunca mudarão, passe o tempo que passar: Esse desejo fremente, essa tara ninfomaníaca, esse tesão exacerbado que meu venerado Mestre produz nesta simples serva. Este que foi um divisor de águas em tantos momentos. 
Inesquecivelmente markante. 
Que  o ano vindouro seja muito mais repleto de markas, daquelas que ficam na mente, no corpo, no coração, na memória. E que cada momento oportunizado seja ricamente e bdsmmente aproveitado. Que venha 2018!

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

TEMPEROS DA VIDA



Ai de nós 
se não soubéssemos aproveitar 
os temperos
que a vida nos oferece 
para saborear
nossos momentos!


quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

PRELÚDIO INICIADO


Um amor que se mede é um amor com resquícios de muita pobreza.  Por isso que meu amor bdsm é um plantel de riquezas imensuráveis; de uma construção cheia de preciosas pedras.  Daquelas que nem sempre as mãos podem apalpar. Aí eu vou com Shakespeare:

“O amor é uma fumaça formada pelo vapor dos suspiros. Alentado, é um fogo a brilhar nos olhos dos apaixonados. Revolto, é um mar nutrido pelas lágrimas dos amantes. Que mais será? O amor é uma loucura sensata, um fel que adoça, uma doçura que amarga.”

Meu adorado Mestre, Dom Marka, gravastes em minhas carnes, em minha pele, em meus desejos este Teu domínio acentuado, de cunho imensurável; completado através das 'viagens' de tesões que foram e são sempre proporcionadas. Essas viagens que sempre começam quando nos encontramos, ou não. E que estão sempre se renovando, se reinventando, com novos componentes, com novos acessórios, com novos ingredientes. Cada parada é uma descoberta.
Quantas loucuras lúcidas! Sem precisar conter impulsos, regrar desejos, coibir fantasias. Contigo, quero todas as viagens plausíveis e possíveis! Quero seguir todos os caminhos retos ou curvos! Quero levar todas as bagagens pesadas ou leves! Quero ser uma colmeia completa, sendo preenchida por ‘méis’ de Tuas taras, bem melados, lambuzados, untados; aferroada de prazeres carnais, naquela lascívia luxuriante que Tu provocas e transmites.
Tu és um incentivo particular em minha andança de fêmea. De serva. E em Tua homenagem esta semana brinquei demais. Uau, Mestre adorado! Treinando cada vez mais, abrindo cada vez mais... Será meu ‘presente’ a completude daquela invasão iniciada e ainda não concluída. Por isso este esforço particular em sentir...
Olhando aqui aquele gigante... Mil ideias, mil desejos. Nunca me sentir tão ‘vadia’ como esses dias... Poros exalando essa depravação, esse desejo que me deixa pulsando por Ti...
Noutro momento descrever-Lhe-ei o que vivenciei...

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

ESSE TOQUE ALUCINADO

É nesse Teu toque alucinado
que me transforma nessa puta desvariada
sem controle de si,
cheia de desejos combinados:
ora em Te ver... ora em Te sentir...

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

SONS MARKANTES





Eu quero ouvir o som da Tua excitação,

Eu quero ouvir o som do Teu prazer

Expressado em Teu olhar

Esse olhar furtivo, MARKANTE

Eu quero ouvir o tom de Tua voz

Eu quero ouvir o timbre de Tua vontade

Ouvir a sensibilidade de Tua pele

Sorver Tua língua, Teus desejos

Eu quero o despertar de Tua excitação

Eu quero ouvir o zunir do tempo parado

Eu quero ouvir a explosão do Teu tesão...