<                           

























Mostrando postagens com marcador SESSÃO. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador SESSÃO. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 24 de julho de 2017

MINHAS VERDADES





Elas estão em mim
em minha pele
em minhas taras
minhas verdades
são tangidas de paixões
são cheias de lucidez e loucura
são sem nexo e direta
são contrastes
são cores
minhas verdades
são corpos
são vulcões
são luas
sou eu
és Tu!
Adoro-Te!

sábado, 22 de julho de 2017

DO TEU CHEIRO – TEU SABOR



O gosto da Tua pele
impregna meus lábios
e me mata a sede
à beira da fonte dos Teus prazeres.
- Meus prazeres
O Teu gosto na minha boca...
hummmm....
mel que sacia meus desejos
em meio aos meus lençóis.
O Teu cheiro dominador impregnado
no meu corpo, em minha mente
em meus olhos.
é um perfume especial que
ninguém levará de mim...
.
.
.
.
Sinto  
Teu cheiro
Teu gosto
Teu sabor por inteiro
tal néctar em flor
Venhas!
embebedas-me com Teu tesão.

sexta-feira, 21 de julho de 2017

INSENSATEZ



insensato é o coração que não se apaixona
insensato é o homem que não se deixa emocionar
insensato é a fêmea que não luta, não ousa
insensato é não buscar o próprio prazer
insensatez é não viver as emoções de seus fetiches e desejos
venha ser insensato na lucidez de Teus sentimentos!
Quero Tua insensatez em meus desejos!

quinta-feira, 20 de julho de 2017

QUANTAS VEZES?....








Quantas vezes
eu te busquei em minha mente
te encontrei em meus fetiches
te beijei em meus pensamentos?!

Quantas vezes
preparei a ‘mala’
arrumei o corpo
me molhei por dentro
para te encontrar
para te ofertar-me... ?!

Quantas vezes
chorei tua ausência
imaginando tua presença
sentindo o teu olhar ?!

Quantas vezes...
quis matar essa desgraçada saudade
que não mede tempo-idade
apenas para te encontrar... ?!

quarta-feira, 19 de julho de 2017

DESEJO SECRETO






Sabe qual é meu desejo secreto?
- Raptar-Te em meus pensamentos e levá-lo a um local
- quem sabe numa cabana - onde somente nós dois pudéssemos estar,
sem tempo, sem hora, sem momento.
Perdidos em desejos e satisfações,
sentindo o tremor de nossos corações e corpos,
como acorde em perfeita harmonia de notas sinfonadas.
A minha boca entorpecida, asfixiada pelo prazer,
aquele prazer que vem de Ti e que sacia meus desejos,
com prisões de liberdades;
em desesperos de felicidades;
em provocações de acordes refinados
que como ondas num mar em calmaria,
suavemente sussurra ao ‘pé do ouvido’:  
- És a minha putinha.
No íntimo um largo sorriso aflora em meu coração
e externaliza nesses lábios  ardentes e sequiosos de Ti;
que como fogo em brasa toca Tua pele
ansiando pela recíproca,
ansiando pela Tua Marka do prazer
por Tua mão, por Teu toque.
Quantos pensamentos de Ti,
sem ao menos sair do lugar!
Como vê
Não há obstáculo, não há distância...
eu Te sinto aqui, sempre perto...
Quando ao mesmo tempo fico contando horas
Para retornar de onde sequer saí...

terça-feira, 18 de julho de 2017

VERTENTES DO BDSM


Não venham me dizer que vocês também não sentiram curiosidade em  assistir ao filme 50 Tons de Cinza, diga-se um sucesso mundial de cunho BDSM? Senão, pelo menos ler o livro ou as sinopses? 
Então por ali dá de ter uma ideia como é fascinante o mundo BDSM. Não é uma prática de pessoais consideradas 'anormais'. Esse fetiche não precisa necessariamente ser uma relação marcada pela violência.  Inclusive qualquer tipo de violência é repudiada pelos adeptos, pela comunidade bdsmista mundo afora. Também não é um sexo alternativo", picante. É um conjunto de comportamentos que reduzidamente chamamos de sadomasoquismo ou SM.
Viver BDSM é viver o prazer! Podem crer! E com muita segurança, ÓBVIO. Até porque tudo tem que ser absolutamente consensual, por isso, em geral, firmam-se até Contrato de Relação BDSM. Já publiquei um aqui neste blog, em 16/06/2017. Tudo tem que ser SSC (São, Seguro, ConSensual), com respeito; por que mesmo que na visão de alguns seja "um jogo", envolvem vidas, sentimentos, pessoas; e cada pessoa tem sua história, tem sua construção. E nenhuma parceiro tem o direito de colocar em risco a construção de vida de seu par.
Assim, também, mesmo que haja por parte de um dos envolvidos a total entrega, a total permissão para certas  cenas ou práticas, o bom senso e a lucidez ainda devem prevalecer.
Há inúmeros atos que não concordo e não estaria disposta a praticar. Por isso o 'contrato e a palavra de segurança (safe word), que é necessária quando numa 'sessão' houver algum problema, alguma discordância ou ainda a não completude da cena. Às vezes a submissa não está pronta para ir até o final, ou o Dominador não se sente seguro para continuar. Quaisquer que sejam os motivos tudo pode ser interrompido quando representar qualquer tipo de risco para as vidas. É necessário ter uma base sólida, boa.
Além de que ninguém sai praticando BDSM por ai à toa. Tem que ter confiança e conhecimento das partes envolvidas.  A saúde tem que está perfeita (de preferência), as condições mentais, emocionais, entre outros. Ou seja, é algo extremamente seguro, pois várias tangentes são observadas para poder prosseguir. E um dominador sério, leva também a coisa muito à serio. Não é apenas fetiche, é um praticante em seu estilo, em suas ações.
Cada um se 'especializa' naquilo que lhe agrada; há fetichista em chicote, outros em bondage, em velas, em podolatria, etc. 



É extremamente relevante que os pares sejam pessoas adultas.
Existem literaturas específicas sobre o assunto. Por exemplo, no livro Dicionário de Fetiches  e BDSM, de Agni Shakti, revela que "quem pratica o BDSM deseja obter prazer sexual através de trocas eróticas de poder, envolta em uma séria de desejos, que podem ou não significar submissão, punição física e/ou psicológica e outros meios".
Há incontáveis filmes com esta abordagem, como: Secretary, Instinto selvagem, 9 e meia semanas de amor,  Ata-me, 50 tons de cinzas, A bela da tarde, Juiz SM, O amor é uma grande fantasia, Maitresse, A pele de Vênus, etc. Além de filmes, há uma vasta literatura e músicas com a temática SM.
Mesmo com tanta gente escrevendo sobre o assunto, filmando o assunto, vivendo o assunto, ainda acho interessante as óticas que muitos ainda possuem sobre o BDSM. 
Desafio-os a entrar e se entregar, a conhecer,  indo bem de leve. Encontre seu parceiro. E veja depois  o que acontece. A extrema maioria quer continuar se aprofundando mais ainda. Poucos desistem. Porque é bom. É emoção. É vida!