<                           

























Mostrando postagens com marcador TARA. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador TARA. Mostrar todas as postagens

sábado, 16 de setembro de 2017

sábado, 2 de setembro de 2017

COMPLETUDES DE PRAZER PARA UM ENCONTRO



São tantas as coisas que me fascinam, que alistaria aqui uma infinidade de imagens para traduzir meus desejos, loucos ou não e ainda assim não saberia dizer se seria as únicas desejadas ou não...













Não sou dessas mulheres que se envaidecem com certas coisas. Eu sou simples. Cotidiana. Gosto de viver a vida singelamente. Nunca aspirei luxos inusitados. Carros anualmente trocados.  Comidas exoticamente caras. Gosto do que é bom. E como serva me desprovi de muitas “patricices”.
Eu gostava muito de usar unhas grandes, compridas, pintadas, mas o Mestre não gosta, então se estou com unhas grandes e surgir uma sessão imediatamente opto por usar unhas curtas.  E assim vou adaptando algumas coisas na minha vida para que melhor se adeque aos meus desejos bdsm.
Esse meu prazer me move de uma forma tal, que me sinto reavivada quando mensagens chegam, quando encontros acontecem...
Particularmente ainda não sei tudo de bdsm, claro, mas o pouco que aprendi nessa caminhada foram suficientes para me motivar a querer ir mais além. Me aprofundar, conhecer,  experimentar, viver...
Fui adquirindo elementos que somados aos domínios de meu Mestre tornam o momento mágico, enlouquecedor, delirantes. De verdade!
O toque de Sua mão (sempre desejável), suas amarras (com essas cordas cruas ou não), esses brinquedinhos... E agora a última aquisição o massageador vibratório (será que chega logo) que está me deixando ansiosa em tocá-lo, usá-lo. Há muitos desafios ainda não transpassados.
Tenho trabalhado alargamentos, sim, mas é incrível como tudo volta; se se passar 4 dias sem nada fazer é como se nada tivesse acontecido! Caramba! É como recomeçar do zero.
Há gostos para a região pubiana. Conheci certa vez uma pessoa que adorava pelos por toda parte. Já há quem não gosta... Pra mim tanto faz. Sabe a tal depilação a cera?  Isso é coisa de louco.  Nunca mais!  Buceta quente só de prazer!
Adoro anal. Desafio a mim mesma com momentos de ousadia total. É...  me assusta sim.  Quero sempre mais, mais...
O que uma serva poderia desejar, por exemplo, em um encontro, uma sessão com seu Mestre?
Primeiramente a presença do Mestre é um prêmio. O toque do Mestre é  um brinde. O uso de acessórios de prazer é a completude do momento. Tudo que se puder usar, estou sempre pronta a seguir em frente até onde der. E quando não der, dar uma relaxada, e vai se praticando até se aperfeiçoar ou melhorar.
Odeio as questões de limites!!! Mas infelizmente não é apenas a mente que pode conduzir tudo,  o pior mesmo é quando  o corpo “encrusta”, resiste ao novo ou semi novo. Mas  as calosidades da vida foram e são construídas com atos repetitivos. Com o prazer bdsm não seria diferente. O negócio mesmo é insistir, praticar, repetir, repetir até se acostumar, memorizar  e adormecer. Por falar em adormecer lembrei  daquela pomada adormecente. Vou já ali comprar uma. Hoje quero ousar, mas muito mesmo...

terça-feira, 22 de agosto de 2017

AQUELES PRENDEDORES...


você me pegou de jeito
me prendendo em prendedores
que não 'se desejam' libertar
Tu sabes acender 
esse fogo que jorra em mim...
vai entender!

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

domingo, 6 de agosto de 2017

VOCÊ É REAL


Simone




Nossa história começou de maneira original

Você leu meu coração e me fez cantar

Me leva em teu delírio, no teu sonho impossível

Que eu já ouço teu desejo em milhões de canais



Você sabe quem eu sou quando estou sentimental

Quando beijo tua flor nem me lembro mais

Dos sonhos, dos terríveis, do metal, dos insensíveis

Das batalhas pelas estrelas e nem dos heróis



Ah! onde você for eu vou te procurar

Quando a saudade chega no lençol

O pensamento vai longe demais



Vem, chega pelo vento vem na minha voz

Eu não aguento ver você me olhar

Com esse jeito de quem me quer mais, quer mais



Você sabe quem eu sou e eu já sei quem somos nós

Nossa chama de amor queima nossa voz

Me leva o paraíso, tudo é vasto em teu sorriso

E eu já posso ter certeza: você é real

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

SEM QUE ME PEDISTE



Carlos Drummond de Andrade 


Sem que eu pedisse,
fizeste-me a graça de magnificar meu membro.
Sem que eu esperasse,
ficaste de joelhos em posição devota.
O que passou não é passado morto.
Para sempre e um dia
o pênis recolhe a piedade osculante de tua boca.
Hoje não estás nem sei onde estarás,
na total impossibilidade de gesto ou comunicação.
Não te vejo, não te escuto, não te aperto
mas tua boca está presente, adorando.
Adorando.
Nunca pensei ter entre as coxas um deus.