Mostrando postagens com marcador VIBRADOR. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador VIBRADOR. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 12 de abril de 2018

ENEMA E PRAZER...




Quando vi pela primeira vez esse nome achei diferente e estranho: ENEMA. No BDSM, nada mais é que um complemento do prazer; pois é uma forma de fazer uma higienização anal, intestinal. Algumas vezes é usado para tratamento e exame médicos. Usa-se um certo tipo de produto farmacêutico ou não (que pode ser água destilada, aquela ducha profunda, demorada e longa;  soro fisiológico, etc.) que introduzidos no ânus, deixa-se um tempinho até dar o ‘efeito’ e depois evacua e lava. Pronto! Igual a uma música brasileira que diz: lavou tá nova! Pode-se desfrutar dos prazeres não apenas bucetais, mas também ‘cuzais’.

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

APÓS UM NÓ

Apenas um nó
para desamarrar prazeres
para desamarrar fantasias
para atar desejos, fetiches
e loucuras sãs...



terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

O LOUCURA DOS PLUGS


Eu sempre gostei de viver intensamente os prazeres. Nada de limitar, de ''regrar' o tesão.
Eu já fiz loucuras que hoje as acho quase banal, ou comum, vamos assim dizer.
Mas uma das mais loucas foi encontrar o Mestre, totalmente nua, digo, sem calcinha, com dois plugs enfiados: um anal e outro na buceta. Hoje, posso dá-me o luxo de ri dessa insandice.
Preparei-me para um delicioso almoço na maravilhosa presença do Mestre. A depilação foi completa. Tudo lisinho, limpinho. E a fêmea se armou de sua sensualidade: saia, blusa solta, saltão, bolsa... e lá se foi ela.
Anteriormente passou o dia lendo aqueles maravilhosos contos BDSM, no site  contosbdsm, o que provocou uma deliciosa irrigação nos canais e fontes de prazer. Além disso com o auxilio de um milagroso tubinho de ky para completar o serviço. 
Tudo enfiado nos devidos buracos, lá se foi ela, em seu rebolado; a fricção das pernas, coxas e os próprios plugs iam lubrificando cada vez mais a buceta e começou o 'aperreio'. Totalmente encharcada, os amiguinhos começaram a ficar folgados e quer cair pelo meio da rua.  A solução foi caminhar apertando mais ainda coxa contra coxa, como forma de segurá-los. 
Foi um alívio entrar no restaurante e poder sentar e ficar quietinha, sem se mexer um milímetro. E desejando ansiosamente a presença do Mestre. E quando aquela imagem linda, maravilhosa, instigante me surge; para mim, de uma sensualidade exorbitante. Adorado.
Compromisso concluído. Olhei para os lados, poucos clientes, entrei num banheiro masculino - essa era a senha para o Mestre seguir. E ali (prendi a respiração), simplesmente 'arreganheia perna para o lado e ele pode retirar aqueles cacetes, me fazendo delirar e me segurar para não gritar de tesão.
Fiquei com os brinquedinhos na mão e ele se mandou.
E agora o que eu deveria fazer? Saí de ‘fininho’ para o banheiro feminino ao lado e os guardei na bolsa. Tremendo de vontade de tê-lo (o Mestre) a me invadir... Dei um tempo muito curto. Ri. E me mandei para o trabalho. Foi ou não foi os ‘máximus’ de loucura bdsm?

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

sábado, 3 de fevereiro de 2018

DEVER DE CASA

Fazendo o dever de casa para que no final de tudo a recompensa chegue de forma bem excitante e extremamente markante!
Sim, continuo a fazer meus deveres, não com a mesma assiduidade de quando estou com tempo bastante livre. Atualmente uma pequena correria, prevista na agenda, mas com certeza as atividades serão restabelecidas com mais afinco e profundidade. Deixa chegar um pouco de calmaria...

 
 


 


terça-feira, 23 de janeiro de 2018

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

TUA PRESENÇA



Tua presença aqui, 
é muito mais que tua presença
É um rastro de luz que pulsa, 
que acende desejos, 
que revitaliza esperanças.
Tua presença
é um cacho de desejos maduros
pronto a serem colhidos
me abre a boca de querer
embebidos
e lambuzados
produz salivação
e todo esse tesão
são seivas...
Venha sempre!
Volte sempre!


quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

CADEIRAS PARA O PRAZER...





Seria interessante adquirir uma cadeira. 
Então fui ao supermercado procurar uma cadeira específica. Mas não achei nada 
dentro das minhas expectativas de serva. 
Então resolvi compartilhar essas com vocês...

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

SONETO 58 DE SHAKESPEARE







Que Deus me perdoe, por me tornar teu escravo,
Que eu deva pensar em velar tuas horas de prazer,
Ou para ti contar os momentos de ansiedade,
Sendo teu vassalo disposto a estar à tua mercê.
Ó deixa-me sofrer, sob tua vista,
A ausência aprisionada de tua liberdade,
E domada pela paciência para sofrer a cada vez
Sem te acusar de me injuriares.
Estejas onde estiveres, teu jugo é tão forte,
Que podes privilegiar teu tempo
Para o que quiseres; a ti somente cabe
Perdoar-te por teus próprios crimes.
Devo aguardar, embora esperar seja o inferno,
Sem culpar teu prazer, seja ele o mal ou o bem.

tradução de Thereza Christina Rocque da Motta
(http://154sonetos.blogspot.com.br/2009/07/soneto-57-sendo-teu-escravo-o-que-fazer.html)


sábado, 23 de dezembro de 2017

MASSAGEANDO O PRAZER...

 Num momento um, noutro momento o outro, assim todos ganham, todos gozam, todos saem satisfeito
o prazer massageado com o toque bem tocado
com a marka do tesão

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

TUDO PRONTO!








Uma correria. As expectativas exacerbadas. A libido em alto grau. Tudo propício para uma sessão espetacular. Esta semana resolvi, então, passar no sex shop adquirir algumas coisinhas para incrementar um momento muito esperado. Algemas, vendas, óleos especiais e aromáticos. A mala - toda arrumadinha. Aproveitei para deixar meu vibrador cor de rosa, carregando no USB, enquanto deixava a buceta totalmente lisa, bem raspadinha - e babando de desejos pelo Mestre, literalmente.
Uma semana de restrições em certas alimentações para que tudo ficasse no ponto certo. Como já falei, costumo ficar pelo menos dois dias só em refeição líquida, de preferência água, um suco de laranja ou de melancia. Espero nunca mais estar num encontro inadequada. Intestino limpinho, cheiroso, gostoso. Se tem algo que irrita o Mestre é esse descuido nesse aspecto. Por isso todo esforço é necessário para que a serva esteja adequadamente servil.
Salão, unhas, secadores, escovas, cremes, maquiagens, perfumes – muitos, sandálias (pelo menos 3) uma nos pés, outras no carro. O lado feminino aflorando para que a serva pudesse está agradável (rs). Um vestidinho preto, discreto e adequado, sem precisar ser o centro das atenções, revestido de um leve casaco em voal azul,  e, claro, sem calcinha... Sentindo  aquela sensação de entrega, de invasão, de fêmea no cio pronta para o abate.
Como sempre a pontualidade fazendo parte da vida desta serva. Conforme combinado e sempre acertado.
Para isso, acordei 3 horas antes, para fazer o devido preparo. Até sair de casa, foi possível concretizar outros compromissos. E no trabalho, claro pedido de dispensa durante o dia ou quanto se fizesse necessário, pois tinha um ‘compromisso’ inadiável. 
O único receio era o aparelho telemóvel que estava com pouca carga, caso viesse precisar do mesmo, para receber algum recado, pois parece que nessa cidade os aparelhos telefônicos estão todos com problema.
O local escolhido era aquele. Lá cheguei e esperei, passeando um pouco pelo ambiente, dando um tempo, até a hora exata. E assim fiz. Procurei aquele rosto ou andar amados... E nada do Mestre. Meia hora, uma hora, duas horas... O tempo não era o problema até porque eu teria aquele período todo à disposição dele. Então seria pelo menos 6 horas de disponibilidade. Esperaria com certeza. Só que vem aquele misto de preocupação e ansiedade. Que foi arrefecida pela consulta ao blog. E tudo foi entendido. Poucas palavras. Mas uma atitude louvável.
O que ficou, foi a certeza de que eu posso esperar, estarei sempre disponível para ir, vir, ficar, etc. e sempre dentro da disponibilidade Dele.
Sensações de agradecimento e compreensão tomaram conta desta serva pela gentileza do amado Senhor em justificar a impossibilidade. Foi bom por não precisar ficar mais tempo esperando. E foi ruim, também, porque eu adoraria ficar esperando até mais tempo, desde que Ele estivesse presente, e não estava...
Obrigada, meu Senhor por Sua postura. Minhas saudações.
serva ylena

sábado, 14 de outubro de 2017

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

terça-feira, 3 de outubro de 2017

MESTRE, TU ÉS MINHA FANTASIA REAL!





Dom Marka
Tu és a minha fantasia real, que toca em sinfonia  esses persistentes desejos de fêmea-serva que minha alma nutre por Ti.
Tu és meu destino certo.
Vem entrando, vem chegando, vem markando, deixando aqui um fio, uma luz de esperança. Pois tua proximidade descompassa meus compassos.
A tua presença mexe com meus sentidos, acelera meu coração e me faz Te desejar presente, sempre mais perto... Estarei sempre à disposição para servir ao Mestre! Para mim não há distância para o prazer de a Ti servir.

DEIXA A FESTA ROLAR...




 o melhor momento para comemorar 
será sempre o momento  que Tu estás presente.
Por isso, deixe tudo rolar!